21 de mar de 2013

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
desafioprofetico
Profetas patéticos ou patetas proféticos?
Eis o retrato de nossos dias…
A cada manhã vejo as redes sociais sendo inundadas por “profecias” aparentemente bem intencionadas: alegria, saúde, felicidade, riqueza…
Eventualmente, por não engolir as mentiras gospel, também sofro com as terríveis “maldições proféticas”: descerás a sepultura, a “mão do sinhô” vai pesar…
Em ambos os casos, infelizmente, fica exposta a ignorância bíblica dos que deixam tais PALAVRAS ESTÚPIDAS saírem de suas bocas, pois não sabem DIFERENCIAR o desejo de seus corações da verdadeira palavra profética, que só pode vir quando é dada pelo Senhor Deus!
PASSAGENS BÍBLICAS
“Quando profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, E suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los; Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova, para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma.” (Deuteronômio 13:1-3)
“Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele.” (Deuteronômio 18:20-22)
“Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo.” (Efésios 4:10-12)
“E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.” (Apocalipse 1:5-6)
CITAÇÃO
A unção de pessoas era feita, quando com propósitos espirituais, com o objetivo de separar-se esta pessoa para uma tarefa específica, seja enquanto rei, sacerdote ou profeta. É importante também notar que todas estas tarefas eram realizadas em conjunto com o objetivo de guiar o povo de Deus tanto espiritualmente quanto secularmente.
Também é importante ver que estas tarefas foram todas assumidas por Jesus Cristo, o ungido de Deus. Assim, Cristo é Sacerdote, Profeta e Rei.
Como vimos, fica, em nossos dias, descartado o uso da unção com óleo para objetos, de modo a torná-los sagrados ou santificados, já que nada mais pode ser considerado objeto sagrado, uma vez que o templo de Deus na Nova Aliança é o corpo daquele que teve seu coração transformado pelo sangue do Cordeiro de Deus.
Também não há mais qualquer necessidade de unção para sacerdotes, reis ou profetas. Ocorrendo no caso daqueles que se dispõem a servir como oficiais da Igreja, o ato da imposição de mãos, figura substituta da unção, mas, com significação distinta.
DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO
Apocalipse 1:5-6
TODOS os que creem foram feitos REIS e SACERDOTES… não profetas!
Efésios 4:10-12
UNS (os primeiros) foram dados para o APOSTOLADO, OUTROS (quais além do AT e de João?) para PROFETAS… seria esta uma referência em ordem sequencial cronológica? Ou estaria Paulo se referindo à raridade do número de ocorrências: UNS apóstolos (os poucos iniciais, atualmente extintos), OUTROS profetas (em maior quantidade, mas também raros)... e a partir daí evangelistas, pastores e doutores, mais comuns em termos de ocorrência, porém na atualidade também bastante raros de encontrar em plena fidelidade com a Palavra.
Deuteronômio
Ora se o profeta cuja fala não se cumpre não deve ser temido… aquele cujas falas se cumprem, em raciocínio oposto, DEVE SER TEMIDO? Está registrado desde o AT: o profeta que NÃO DEVE SER TEMIDO por falar sandices e induzir ao afastamento de Deus também é enviado de Deus… e isso confirma 2 Tessalonicenses 2:1-12!!
  1. Ora, sendo dessa forma, esse bando de profecia gospel que estamos acostumados a ver não passa de total e completo LIXO... principalmente quando algum estúpido, geralmente do alto de um palco, diz “levanta a mão e profetiza…”: profecia de quem NÃO É profeta só pode ser classificada como isso… LIXO!!!
  2. Ainda para piorar o quadro da apostasia, legítimos reis e sacerdotes deveriam saber seus papéis e não achar que devem ficar se metendo em áreas para as quais NÃO FORAM FEITOS – nesse caso, a profecia. Isso tanto os desqualifica como reis quanto como sacerdotes…
  3. O profeta, ciente de seu ministério, respeita os reis e sacerdotes. Dada a passagem de Apocalipse acima, todo aquele que crê é feito rei e sacerdote… mas NÃO profeta! O atual profeta é também rei e sacerdote.
Desse modo, os atuais profetas devem falar somente o que REALMENTE for a Palavra de Deus, ou seja, a Bíblia… e, se me permito aplicar tal raciocícinio a minha própria vida e testemunho: será esse o motivo para que todo esse meu “plágio” bíblico cause tantas críticas e acusações… na verdade estaria eu causando MEDO?
Caverna, deserto… os profetas não são lá muito gregários. Seria esse um método que Deus usa para preservá-los da corrupção que pode ocorrer por conta das influências?
Caverna, deserto… os profetas não são lá muito gregários. Seria esse um método que Deus usa para preservá-los da corrupção que pode ocorrer por conta das influências?
OS PRÓXIMOS GRANDES E VERDADEIROS PROFETAS
“E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco. Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da terra. E, se alguém lhes quiser fazer mal, fogo sairá da sua boca, e devorará os seus inimigos; e, se alguém lhes quiser fazer mal, importa que assim seja morto. Estes têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, todas quantas vezes quiserem. E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará.” (Apocalipse 11:3-7)
Essa passagem enquadra com perfeição a condição profética das testemunhas, pois elas causarão bastante medo… a ponto de que TODA a terra festejará suas mortes:
“E jazerão os seus corpos mortos na praça da grande cidade que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde o nosso Senhor também foi crucificado. E homens de vários povos, e tribos, e línguas, e nações verão seus corpos mortos por três dias e meio, e não permitirão que os seus corpos mortos sejam postos em sepulcros. E os que habitam na terra se regozijarão sobre eles, e se alegrarão, e mandarão presentes uns aos outros; porquanto estes dois profetas tinham atormentado os que habitam sobre a terra.” (Apocalipse 11:8-10)
É estranho aceitar o papel de profeta em nossos “amorosos” dias apóstatas atuais: quem assumiria, em sã consciência, o papel de “atormentar os que habitam sobre a terra” ao invés de (fala gospel) abençoar, curar e prometer riquezas? Quem estaria disposto a morrer?!? Quem aceitaria pagar o preço de ser odiado por todos... mais odiado até mesmo que a maioria dos cristãos autênticos, reis e sacerdotes capazes de cumprir a profecia:
“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” (Mateus 24:9)
CONCLUSÃO
É lamentável que a imagem do verdadeiro profeta esteja sendo ridicularizada dessa forma – por gente que quer soar mais sábia, mais importante ou mais poderosa do que realmente é – ao enfiar um “eu profetizo” onde simplesmente seria mais sincero e válido um mero “eu te desejo”.
Posso afirmar sem medo que o Senhor Deus não está nem um pouco preocupado em fazer sinais para atrair os malditos que não O conhecem através do simples “ouvir a Palavra de Deus”:
“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram.” (João 20:29)
“De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Romanos 10:17)
Ora, se quem NÃO VÊ e CRÊ é bem-aventurado, quem precisa ver para crer, logicamente é mal-aventurado ou, simplificando, maldito… e é exatamente desse tipo de malditos que estão repletas as empresas eclesiásticas místicas e cheias de boas intenções (fora rapar a grana dos trouxas) de nossos dias!
Felizmente a vontade do Senhor não depende de nossos desejos para se cumprir: mesmo sabendo que o Senhor é bom, há um plano maior a ser concretizado e isto, mesmo não parecendo tão "bonzinho", vai ocorrer de modo inexorável.
“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” (Mateus 24:21-22)
Já passei por várias experiências com profetas patetas, mas a maior foi quando (segundo a organização do evento) uns 30.000 profetas estenderam as mãos em minha direção para “repreender o demônio”… e o resultado pode ser conferido em meu texto sobre a marcha em BH.
Hoje tenho certeza absoluta que a cada pastor sem-vergonha que ordena a seus fiéis o típico “levanta a mão e profetiza”, não sendo nenhum deles verdadeiramente profeta, o próprio satanás se regozija, pois ali sua filha, a mentira, ocupou seu trono!
Se você tem verdadeiramente temor ao Senhor Deus, por favor, aprenda esta lição e pare de confundir os auspícios de seu coração com a verdadeira profecia que vem do Senhor. Assuma o “eu te abençôo” ou o “que Deus te abençoe” ao invés do dramático “eu profetizo bênçãos…”
Assim como os canalhas safados que dizem “eu profetizo que morrerás” deveriam ter a coragem de assumir toda a sua imundície e dizer abertamente “eu quero te matar”… ao menos isso revelaria de uma vez por todas quem é o verdadeiro senhor de suas vidas.
Em ambos os casos, o destino desses falsos profetas já está profetizado:
“Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mateus 7:22-23)
Diante do raciocínio biblicamente respaldado aqui transcrito, fica  registrado – perante O próprio Senhor Deus – meu desafio a todos os muitos servos do diabo que se denominam “profetas” e, entupindo as empresas eclesiásticas modernas com suas palavras vazias, conduzem outros cegos para o mesmo abismo ao qual estão destinados: provem que estou errado… ou morram tentando!
Que o Senhor Deus proteja e abençoe aos que lerem e aprenderem, pois estas são VERDADEIRAMENTE palavras proféticas que somente poderão ser compreendidas por aqueles que foram escolhidos para ser verdadeiros reis, sacerdotes... e profetas!
LINK CURTO PARA ESTA POSTAGEM
http://bit.ly/desafioprofetico

Related Posts with Thumbnails