31 de mai de 2011

   A igreja Maçônica é uma sociedade secreta de fins filantrópicos e humanitários, com uma filosofia religiosa semelhante ao deísmo inglês do começo do século 18.
   Atualmente, ela já se dividiu de tal forma que não existe um padrão maçom que possa ser aplicado a todas suas divisões.
   A definição de Maçonaria depende exclusivamente do país no qual é praticada, no entanto, trata-se de uma religião prática e contrária à vontade revelada por Deus ao longo dos séculos.
   Rituais, consagrações, iniciação, simbolismo e propósito: todos esses elementos do culto maçônico não combinam em nenhum aspecto com o que reconhecemos na Bíblia por adoração e culto racional ao Senhor (Romanos 12:1-3).
   Analisando esta seita à luz das Sagradas Escrituras, chega-se à conclusão que é anticristã, deísta e racionalista, se enquadrando perfeitamente no rol das seitas e religiões falsas.

27 de mai de 2011


   As obras assistenciais da LBV fazem com que ela tenha um enorme prestígio perante a sociedade, principalmente diante dos “intelectuais” e artistas da mídia televisiva, mas, por trás do cuidado com o corpo está um doutrinamento severo do espírito e da mente.
   O nome “Legião da Boa Vontade” tem origem em uma tradução errada do texto bíblico “Glória a Deus nas alturas, paz na terra para os homens de boa vontade”.
   A tradução correta, no entanto, não deixa dúvidas de que a Boa Vontade é de Deus e não dos homens.
   LÍDER FUNDADOR
   Alziro Zarur (25/12/1914 - 21/10/1979).
   Zarur era filho de um casal de católicos ortodoxos que viera da Síria. Em 1926, Zarur, aos doze anos de idade, inicia sua carreira de locutor. Neste ano, diz ter recebido uma revelação de Jesus, dando-lhe a missão de revelar e pregar o Novo Testamento no sentido oculto e prático.

26 de mai de 2011


   Não acreditei quando recebi um comentário insólito na postagem acerca da herética “Cultura Racional” e, óbvio, não perderia a chance de apresentá-lo e respondê-lo perante todos os leitores, pois assim como pode colaborar para a edificação de alguns, sem dúvida será esclarecedor sobre alguns dos porquês de crer na Bíblia como Palavra de Deus e, mediante disso, compreender porque ser cristão.
   Vejamos as palavras suaves e “lógicas” que recebi:

   Caro amigo,

   A Bíblia foi uma criação dos homens e estas escrituras já passaram por muitas mãos, as quais colocavam seus desejos para que pudessem exercer autoridade sobre os seres boçais, sempre com “castigo disso”, “castigo daquilo outro”…
   Que ideia é essa, tão orgulhosa, de que somente existimos nós neste universo tão imenso?
   Já parou pra imaginar, se pertencêssemos a este mundo, a natureza não nos poupava a vida. Ela nos dá a vida e nos tira sem pena!

24 de mai de 2011


   Esta postagem é complementar a uma anterior, sobre Espiritismo.
   Os doutrinadores espíritas, muitas vezes, durante as suas enganosas argumentações, numa linguagem “mansa” e “reverente”, citam os textos bíblicos que, aparentemente, apoiam seus errôneos ensinamentos, mas são capazes de desconhecer imediatamente a Bíblia como livro infalível, autêntico e divinamente inspirado; de rotulá-la como velha e ultrapassada; e de negar, furiosos, que ela seja a Palavra de Deus… basta que um cristão genuíno e conhecedor da Bíblia cite um ou alguns dos muitos versículos ou passagens bíblicas que condenam as práticas e as doutrinas espíritas.
   Veja bem: estamos falando aqui estas palavras, talvez duras, mas verdadeiras, visando esclarecer particularmente aos espíritas sinceros, que, entregues às suas práticas, supõem estar obedecendo a vontade de Deus e observando os ensinamentos de Jesus.
   Por não terem sidos ainda alcançados pela luz do Evangelho de Jesus Cristo, desconhecem o quanto o espiritismo é contrário às doutrinas bíblicas, e ao que Jesus ensinou.

22 de mai de 2011

enterprise
   Há algum tempo vi dois filmes de ficção científica, gênero que gosto muito por conta da fantasia, imaginação e aventura.
   Primeiro vi o remake (ou seria reboot?) de “Star Trek – Jornada Nas Estrelas”, que conta o início das aventuras do Capitão Kirk, do Sr. Spock e companhia. Depois fui ver o último capítulo – pelo menos até agora – de “O Exterminador Do Futuro”, ou "Terminator 4: Salvation".
   Achei interessante que ambos retratam visões de futuro que poderão vir a acontecer de fato… “Star Trek”, muito, mas pelo menos parte de “Terminator” ilustra o que vou tentar explicar.

20 de mai de 2011


   Sem dúvida: na internet, quanto maior a quantidade e a regularidade do material produzido, maior a probabilidade de que o interesse do público seja atraído e, em consequência, seja aumentado o número de pessoas acessando e, eventualmente, passando a acompanhar suas publicações.
   Isso é bom?
   Para quem se importa apenas com números e possibilidades de lucro, sem dúvida!
   Para um cristão centrado apenas na Palavra de Deus… há considerações a serem feitas.
   A verdadeira criatividade cristã não ressalta e nem cultua a mente do próprio autor, antes inventa novas formas de repetir a velha mensagem da cruz: estamos com falta da criatividade inspirada pelo Espírito Santo para conhecer e aplicar corretamente a Palavra de Deus, pois a criatividade que abunda é usada principalmente para inventar macaquices, criar novos ídolos, rejudaizar e, sempre que possível, tirar dinheiro dos trouxas.

18 de mai de 2011


   O Islã surgiu com Muhammad bin Abdallah, mais conhecido por Maomé, um pastor de ovelhas e comerciante nascido no ano 570, na cidade de Meca, hoje Arábia Saudita.
   Aos 40 anos de idade Maomé teve uma visão onde o anjo Gabriel lhe revelou o Alcorão, livro sagrado do Islã: Maomé seria o novo e último profeta de Alá, o nome árabe para o mesmo Deus de Abraão e Jesus.
   Islã significa submissão. O seguidor do Islã é chamado de muçulmano, que significa “aquele que se submete a Deus”.
   Maomé faz sua pregação num ambiente de religiões politeístas, mas logo consegue adeptos para a fé no Deus Único.
   Mais tarde é perseguido e ameaçado de morte, e foge de Meca, refugiando-se em Medina, onde fundaria a primeira cidade islâmica.
   Essa fuga ou migração, chamada de Hégira, ocorre a 24 de setembro de 622, data celebrada no Islã como o início de uma nova era, o ano 1 do calendário árabe.
   Maomé morre em 632, quando toda a Península Arábica já é Islamita.

17 de mai de 2011

Evil Inside
Sinceramente não gostaria de estar redigindo esta postagem, mas certas informações me são enviadas em primeira mão e, ao mesmo tempo que me entristeço, sinto-me na obrigação de alertar aos irmãos, especialmente às irmãs, acerca de um homem que está se aproveitando de sua posição de relativo destaque no meio gospel virtual para arrumar encontros sexuais por todo o Brasil.
Não estou falando de nenhum adolescente: é um homem de meia idade, divorciado, bem apessoado… e, dessa vez, não vou citar o nome, pois as possíveis vítimas poderão identificá-lo durante o desenvolvimento do texto.
O mais incrível é que muitas mulheres, supostas “irmãs”, ficam deslumbradas pela latente (mas não real) “fama” do indivíduo e seus supostos contatos com grandes nomes do meio gospel e, literalmente, se entregam a ele… mesmo que “de raspão”, durante alguma de suas viagens aos mais diversos locais do Brasil.
Sem dúvida ele atua bem no estilo dos marinheiros: uma mulher em cada porto!

16 de mai de 2011


   Não são poucos os cristãos que confundem com uma Igreja Messiânica Mundial (IMM) com uma igreja evangélica das muitas que existem nenhuma Brasil em razão do nome “Messiânica” ser derivado do nome Messias.
   Isso se tornou mais notório quando o signatário ministrava um estudo bíblico domiciliar: entre os participantes havia uma senhora que, indagada sobre a sua filiação religiosa, sem reservas, declarou “sou filha de pastor, neta de pastor, ex-organista de uma igreja evangélica e hoje sou membro da Igreja Messiânica Mundial”.
   Naturalmente, isso chocou-me profundamente.
   É possível que isso ainda esteja ocorrendo com muitos cristãos, pouco informados sobre a IMM, admitindo que ela seja uma Entidade evangélica, quando na verdade, não é.

14 de mai de 2011


   Voltando a falar sobre tatuagens (Ainda?! De novo?!), dia desses recebi um e-mail (cuja autora tenta disfarçar sua malcriação) que pacientemente revisei e transcreverei, na íntegra, a seguir:

   “Estou escrevendo para dizer que li um artigo que você escreveu a um tempo atrás sobre tatuagens, e quero dizer que não achei legal você chamar as pessoas que tem tatuagem de tolas.
   Você pode ter base bíblica e isso é muito bom, mas tenho certeza que Deus não gostaria de ler o que você escreveu, somente pelo motivo que tratou seu irmão.
   Concordo que as palavras tem que ser ditas e muitas vezes não devemos passar a mão na cabeça de ninguém.
   É bíblico? É sim, mas quem é você para falar dessa forma com alguém?
   Você se ajoelhou? Orou? Perguntou para Deus o que ele queria em relação a esse assunto? Pediu a direção Dele para escrever? Abriu a Bíblia para ver o que a palavra te responderia?

10 de mai de 2011

41QsUas-B1L._SL500_AA300_
   Quando se pergunta a um membro da Igreja Local qual o nome da sua “denominação”, a resposta que se obtém é a de que a Igreja Local não é uma denominação.
   E tão ofensivo indagar o nome da Igreja Local como se esse fosse o da sua denominação, que chegam a afirmar:

   “As igrejas locais não têm nome. O único nome que ostentamos e honramos é o nome do Senhor Jesus.
   (…)
   O termo ‘igreja local’ não é um nome.
   (…)
   Imprimir as palavras ‘igreja local’ com letras maiúsculas é um erro sério, pois isto dá a impressão de que o nome é ‘igreja local’.”

   Embora se esforcem para dar a impressão de que Igreja Local não é um nome denominacional e afirmem que “a igreja local é um grupo de crentes que são os membros vivos de Cristo”, que não pertencem a nenhuma denominação, não podem negar que possuem registro de pessoa jurídica, como qualquer denominação ou Instituição religiosa; tanto é que declaram: “no que diz respeito às questões financeiras, as igrejas locais estão legalmente registradas com relação ao governo”.

6 de mai de 2011


   A Igreja de Satanás (Church of Satan) foi a primeira organização religiosa abertamente satânica, fundada por Anton Szandor LaVey, intitulado pelos seus seguidores como “the Black Pope” (O Papa Negro).
   Grupos satanistas já existiam nos Estados Unidos e no Reino Unido em 1950, mas foi em 30 de abril de 1966 (ano satânico), quando LaVey anunciou a criação da Igreja, que foi reconhecida como a primeira organização religiosa dedicada às filosofias satânicas.
   É provável que o nome “Igreja de Satã” tenha sido adotado como forma de causar impacto e chamar a atenção da imprensa, bem como a realização das Missas Satânicas, que eram paródias das missas cristãs e voltadas à sociedade de Hollywood.
   Também há a crença de que, além da provocação, o nome tenha sido escolhido por representar o não-espiritual, a carne e também o homem deus (auto-realizado). O Satanismo de LaVey é, em sua essência, uma filosofia humanista e anti-cristã, principalmente em relação à repressão sexual e ao sentimento de culpa cristão.

5 de mai de 2011

Mensagem recebida mês passado:
Boa noite, amigo!
Visitei seu site e achei muito interessante os temas abordados e os materiais para estudo.
Sou um pastor de uma igreja “neopentecostal”, mas estou aqui para, primeiro, parabenizá-lo pela sua postura firme e direta. Sei que sua opinião a respeito “dessa classe” de igrejas não é favorável.
Saiba que respeito sua opinião e até concordo com muito do seu ponto de vista. Não estou aqui para criticá-lo, mas eu gostaria que me respondesse uma pergunta, se isso não for incômodo. Percebo que você não é um néscio manipulado pelo sistema pseudo-eclesiástico desta era e é por isso que me dirijo à sua pessoa para que me exponha sua ótica espiritual.
Bem, vamos ao que interessa. Me corrija se eu entendi errado; o irmão mencionou que não frequenta nenhuma igreja, não pertence a nenhuma denominação. Se é assim, como você interpreta o texto a seguir?
“Não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.” (Hebreus 10:25)
Por favor, não me interprete mal. Estou sendo sincero, minha intenção é apenas conhecer sua opinião, pois achei interessante ver as coisas por um novo ponto de vista.
Obrigado, Paz.

4 de mai de 2011

   Há quem diga que rodar alguns discos de trás para frente pode revelar mensagens satânicas subliminares. Muitos ridicularizam e chamam tudo isso de “paranoia”…
   Veja no vídeo abaixo como o governo americano parece levar muito a sério essas práticas.

   Também conhecida como A Igreja de Cristo de Boston, Multiplicando Ministérios, O Movimento de Discipulado, Igreja de Cristo, etc.
   DOUTRINAS E PRÁTICAS
  1. Acredita na Bíblia como a única e infalível Palavra de Deus;
  2. Trinitariana, acredita na ressurreição de Jesus, e na reconciliação sacrificial de Cristo;
  3. Acredita ser a única verdadeira Igreja de Deus na Terra;
  4. Prega a Regeneração batismal:
    • O Batismo é necessário para a salvação;
    • O Batismo nesta Igreja é o único batismo verdadeiro e válido.
  5. Discipulado intensivo
  6. A autoridade de seus líderes, portanto, é inquestionável e absoluta.
  7. A Igreja de Cristo Internacional não constrói templos, fazendo suas reuniões em galpões, cinemas, clubes e até mesmo em templos alugados de outras igrejas.