28 de abr de 2011


   Nascido em 1947, este controverso evangelista filipino chamado Eliseo Soriano é presidente da “Igreja de Deus Internacional”.
   Mais conhecido como “irmão Eli”, nos seus programas de rádio e TV (O Caminho Antigo) ele procura sempre criticar outras religiões e denominações que considera serem contra as doutrinas bíblicas.
   ELISEO SORIANO TORCE O EVANGELHO
   Diz Soriano:
   “A Bíblia ensina que há somente uma igreja a qual devemos nos ajuntar, para sermos salvos por Jesus Cristo. De fato, a igreja na Bíblia torna-se instrumento de Deus em fazer os gentios, herança para a promessa de vida eterna.”
   Biblicamente falando, não temos que nos juntar a qualquer igreja visível organizada para sermos salvos. Salvação é pela fé somente na pessoa do Senhor Jesus Cristo (Romanos 10:13; Atos 4:12).

26 de abr de 2011


   O hinduísmo, religião popular da Índia, Paquistão, Ceilão, Birmânia, e em pequenas partes da Indonésia, possui mais de 500 milhões de adeptos. Suas raízes são muito remotas e pode-se considerá-la como um produto de duas outras religiões: vedismo e bramanismo.
   Da mistura do vedismo com a mitologia popular, começou a aparecer uma forma de religião que denominou-se bramanismo e que permaneceu como religião da Índia até cerca de 250 a.C.
   O hinduísmo não tem um corpo de doutrinas definido; os seus ensinamentos, de um modo geral, vêm do vedismo-bramanismo, onde está a base das suas escolas filosóficas. Abaixo descrevemos alguns dos ensinamentos que mais se destacam no hinduísmo:

25 de abr de 2011

pascoalouca
Fui acordado, por volta das 5 da manhã do sábado (23/04), por artilharia pesada! Não eram traficantes contra policiais e, acabei descobrindo, nem eram tiros de verdade: eram fogos de artifício em saudação ao tal “são Jorge”…
Quem leu minha mensagem pascal anterior tem noção de que a coisa já não andava muito bem, mas parece que esse ano, pela intensidade do foguetório, houve uma multiplicação de idólatras!
E daí vem minha perplexidade, pois não sei definir quais adjetivos aplicar: povo com simpatia irracional extrema, covardia entranhada, estupidez profunda, idolatria declarada… como poderia ser qualificado um povo que em um dia comemora barulhenta e honrosamente o demônio e, no dia seguinte, te encontra no meio da rua e tem a cara de pau de desejar uma “feliz páscoa”?!?
De qualquer forma, fiquei curioso e decidi saber um pouco mais sobre a história desse personagem tão celebrado e acabei me surpreendendo com um trecho de sua história / lenda que, de tão interessante, vou transcrever da Wikipédia:

22 de abr de 2011

Me perdoem os leitores, mas minha paciência tem limite: há muito tempo venho comprovando biblicamente que o VERDADEIRO CRISTÃO tem o DEVER DE JULGAR TUDO aquilo que lhe é apresentado e já nem sei mais em quantos textos tirei a prova real de tal obrigação!
Ainda assim, de vez em quando aparece algum “ser iluminado” com máximas semelhantes a essa:
Deixo para reflexão a recomendação do divino Mestre e "único Guia, Cristo Jesus" no Sermão do Monte: “Não julgueis…”
E o pior que não são apenas espíritas, católicos e membros de seitas que dizem isso! Aparecem centenas, senão milhares de evangélicos professando a mesma ladainha biblicamente incoerente!
Esta postagem foi preparada na intenção de esclarecer DEFINITIVAMENTE que esse procedimento, senão estúpido, é completamente maligno e quem age dessa forma, sem julgar, corre o risco de a qualquer momento descobrir que está consumindo coisas muito estranhas e ainda assim, “sábia e amorosamente”, sorrindo para isso!
A estes, peço ardorosamente que não deixem de cumprir o desafio proposto no final da postagem!

21 de abr de 2011


   Fundada em Nova Iorque, em 1966, pelo guru indiano Prabhupada, hoje quase adorado como “Sua Divina Graça”.
   Seu ciclo de funcionamento é: sedução (com ênfase nos jovens), depois 6 meses de serviço no templo, depois iniciação, depois cerimônia Harer-nama, finalmente verdadeiro escravo de Krishna.
   Confrontação Bíblica
   Os Hare-Krishna dizem:
   “O DEUS é Krishna (o ‘completamente atrativo’)” / “Krishna tem 4 DEUSES AUXILIARES”
   A Bíblia diz:
   “Eu sou o SENHOR, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças; para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou o SENHOR, e não há outro” (Isaías 45:5-6)

19 de abr de 2011


   Apesar de crerem os espíritas que a lei do Carma determina as vidas sucessivas, e que ninguém prestará contas a Deus pelas faltas cometidas, os espíritas não negam a existência do castigo após a morte.
   Mas eles acreditam que o espírito só poderá ser castigado de duas maneiras: ou reencarnando para sofrer em uma nova existência, ou sofrendo como espírito errante, no espaço.
   Esses, segundo eles, são os espíritos que “precisarão de luz” e de praticar caridade através do corpo dos médiuns, que enganosamente se entregam à possessão desses seres astutos, que não passam de demônios.
   Ora, admitindo esse sistema de castigo, todos os doutrinadores do espiritismo se veem diante da necessidade de negar a existência do inferno, jamais aceitando que será para lá que irão aqueles que morrerem em seus delitos e pecados. Eis como se posiciona Allan Kardec diante desse assunto:

14 de abr de 2011


   Em 16 de julho de 1821, no Estado de New Hampshire, E.U.A., nasceu Mary Baker Eddy, que mais tarde se tornaria a profetisa da Ciência Cristã.
   Quando jovem, Mary Baker Eddy pertenceu à Igreja Congregacional de Tilton e, naquela igreja, praticava a sua fé com tranquilidade, até que veio a conhecer um relojoeiro chamado Sr. Quimby, que era muito dado a práticas de ocultismo, espiritualismo, etc.
   Esse Sr. Quimby era conhecido, pelas suas práticas espiritualistas de curas, como “doutor” entre as pessoas menos esclarecidas, e exercia grande influência na vida daqueles que com ele tinham contato. Eddy se interessou pelas suas práticas e resolveu fazer com ele alguns estudos.
   Esses estudos levaram-na a tirar suas próprias conclusões.

13 de abr de 2011

robbers
“Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso”
Bertold Brecht
"Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais." (1 Coríntios 5:11)
   Essa semana uma leitora, mesmo admitindo que “não leu meus argumentos”, me perguntou: “afinal, me diz uma pessoa conhecida publicamente que você acredita seguir a Bíblia corretamente… ou não há?”.
   Como estava na rua, fiz uma rápida lista e enviei pelo celular: Paulo Romeiro, Mary Schultze, Mário Persona, Júlio Severo… acho que o Paul Washer, mas como não assisti nem meia dúzia de seus vídeos por falta de tempo, preferi deixá-lo de lado.
   Não satisfeita, ela foi mais objetiva em sua questão: “Você deve estar na rua. Gostaria que depois me dissesse, de forma mais detalhada, sua opinião sobre o Marco Feliciano. Aguardo!”
   Refleti bastante sobre o assunto e decidi transformar a resposta em postagem:

12 de abr de 2011


   Em 1988, o grupo “Creciendo en Gracia” foi fundado na cidade de Miami, Flórida, EUA., pelo portorriquenho José Luis de Jesús Miranda.
   Em 1993, em Porto Rico, durante a terceira convenção anual, José Luis de Jesús foi proclamado "Apóstolo" por seus seguidores.
   Anos depois, ele mesmo se declararia "Jesús" em carne e adotaria como símbolo do seu ministério o número 666.
   Creciendo en Gracia é uma organização que se caracteriza por negar a existência do pecado e, por conseguinte, do inferno.
   O grupo instiga seus seguidores a tatuarem o número 666 porque, de acordo com sua fé, não é um número satânico, mas de sabedoria. Também tatuam no corpo as iniciais da frase “Salvo, Sempre Salvo” (SSS) como sinal de que, ainda que cometam erros, não são pecadores, mas sempre serão abençoados, pois Cristo levou seus pecados na Cruz.
   Deste modo, pregam que o seguidor da seita pode viver uma vida totalmente entregue ao pecado, o qual para eles não é real.

10 de abr de 2011

Recentemente falei sobre futebol e hoje, por pura coincidência dos fatos, voltarei a tocar no assunto.
Desde já peço perdão porque será necessária a utilização de termos vulgares e xingamentos que não estão de acordo com o meu proceder nem com nada que tenha sido escrito por mim até agora… mas, infelizmente, é algo necessário para o desenvolvimento do raciocínio.
Postei, no dia 06 de abril, em minha página no facebook, uma notícia acerca da manifestação de alguns torcedores durante um jogo de Vôlei. Porém a questão persistiu além daquela simples menção e, após assistir o vídeo abaixo, fiquei ainda mais confuso sobre o que pode vir a ocorrer em um futuro não muito distante. Assista:

7 de abr de 2011


   O fundador do confucionismo e o mais notável mestre e filósofo da China chamava-se K'ong Fu-tse, em chinês, daí o nome Confúcio.
   Nasceu no Estado de Lu em 551 a.C., e diz que, para obter a graça celeste de uma gravidez, sua mãe teria realizado uma peregrinação à montanha Ni-Kieou. Lá, a vegetação abriu-se à sua passagem e ela encontrou cinco personagens e um unicórnio, animal benfazejo: as cinco personagens eram representativas da madeira, fogo, terra, metal e água. Foi-lhe então revelado o nascimento de um filho, futuro “rei sem coroa”.
   O relato da infância de Confúcio apresenta-o como uma criança exemplar, desde cedo interessada nos ritos e tradições.
   Ainda bem jovem, conquistou discípulos até mesmo entre os senhores de Lu, tendo também exercido cargos importantes no Estado; intransigente, porém, aos seus princípios, Confúcio abandonou diversas vezes funções de importância, trocando-as pelo estudo e comentários dos livros sagrados.
   Passou quase toda a sua vida à procura de um “príncipe sábio” que o tomasse por conselheiro e realizasse um governo de acordo com suas orientações.

5 de abr de 2011

   As revistas Época e Veja publicaram, no ano de 2005, artigos sobre a Igreja da Cientologia, um grupo religioso de auto-ajuda que tem atraído vários famosos de Hollywood, entre eles Tom Cruise, John Travolta e Juliette Lewis, o cantor de soul Isaac Hayes e Lisa Marie Presley, filha de Elvis Presley. As reportagens de Época e Veja são oportunas, pois se trata de um grupo que já exportou suas doutrinas para 150 países do mundo.
   As informações apresentadas aqui são, em sua maioria, retiradas das revistas Época e Veja.
   Além de informar os leitores da AGIR (Agência de Informações Religiosas) sobre o grupo, este artigo pretende demonstrar em que a Cientologia difere das doutrinas básicas do cristianismo e oferecer uma alternativa, com base na fé cristã, aos que estão em busca de salvação, esperança e paz.
   A Cientologia foi fundada por Lafayette Ron Hubbard, nascido em 1911 e falecido em 1986. Hubbard foi escritor de livros baratos de ficção científica e de aconselhamentos que promovem os poderes da mente humana.
   Em 1950, publicou seu livro mais conhecido intitulado “A Dianética: Ciência Moderna da Saúde Mental”, o qual se tornou o texto principal do seu movimento religioso, iniciado em 1955. Hubbard pregava que o ser humano é imortal, mas precisa “limpar sua mente” dos traumas que viveu nesta e em outras encarnações se quiser se desenvolver mentalmente.

1 de abr de 2011

   Estamos vivendo um tempo em que o mundo está saturado de heresias. Centenas de religiões e seitas apresentam-se à humanidade com os mais variados preceitos, prometendo-lhe uma nova dimensão de vida ou dizendo-se portadoras de uma nova revelação. Entre elas estão inclusive as que têm aparência cristã e procuram base na Bíblia.
   Com a grande expansão do pentecostalismo, que dá ênfase aos dons espirituais, têm surgido, principalmente no Brasil, seitas que se dizem levantadas pelo Espírito Santo para essa ou aquela tarefa.
   Tais seitas, quando sob a bandeira evangélica, são fanáticas, extremistas e têm doutrinas e práticas em comum, como, por exemplo o lava-pés; uso de véu; ceia com pão ázimo; batismo só em rio; ósculo santo e batismo somente no nome de Jesus.
   Dentre as tais seitas, queremos destacar aqui, uma das mais conhecidas: a CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO BRASIL (CCB).