28 de fev de 2011

   Inacreditavelmente, o primeiro pecado do querubim Lúcifer, que Deus criou, aconteceu num ambiente perfeitamente sagrado: o Céu. Isso pareceria incompreensível, tendo em vista o que nos diz a Escritura sobre o Céu, o local da habitação de Deus.
   Também igualmente espantoso é que Adão e Eva, os quais se encontravam num ambiente perfeitamente sagrado e nem haviam conhecido o pecado, tivessem sido seduzidos pelo mesmo Lúcifer (portador da luz), mais tarde chamado satanás (adversário) e "aquela antiga serpente" (Apocalipse 12:9 e 20:2).
   A Escritura não nos conta, especificamente, o que se encontrava no coração e na mente de Lúcifer e de Adão que os tenha preparado para pecar mas, com relação a Eva, temos um pouco mais de insight:
   “E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.” (Gênesis 3:6)
   Uma coisa fica óbvia com relação aos três seres criados: eles colocaram o seu EGO acima de Deus. Isto é o que determina todo pecado.

25 de fev de 2011

peter_wagner_new_apostolic_reformation
Falsidade, engodo, apostasia, todas estas são palavras que descrevem o que o cristão pode esperar das “igrejas” e do governo, nos tempos finais. Não é preciso procurar qualquer coisa óbvia, má ou pecaminosa, mas algo apelativo, bom e recheado de termos bíblicos.
Tudo vai ser apresentado por confiáveis eruditos, até mesmo pelos apóstolos de liderança. Existe atualmente um movimento na Igreja destinado a restaurar os ofícios de apóstolo e profeta dentro da mesma.
Alguns acham que o problema com a Igreja é falta de liderança apostólica e profética. O laicato precisa ser mantido numa prestação de contas maior. A Igreja está tropeçando por falta de liderança, visão e autoridade.
Então, a fim de preencher essa necessidade, apóstolos e profetas estão brotando através do mundo e para coordenar o esforço, o “Apostolic Council of Prophetic Elders” (Concílio Apostólico de Anciãos e Profetas) foi estabelecido em Palm Springs, em 1999, com C. Peter Wagner como o “apóstolo principal”: é tempo de nos organizarmos conforme os verdadeiros princípios bíblicos e eles vão nos ajudar a fazê-lo!

23 de fev de 2011

   Não podemos pensar na origem dos “sabatistas” sem recordar os conflitos entre o apóstolo Paulo e os judaizantes. A luta entre o legalismo e o evangelho da graça de Deus é muito antiga. Continua em tempos modernos no vigoroso programa dos adventistas do Sétimo Dia.
   O sabatismo não é uma seita como, muita gente pensa: “uma denominação igual às outras, com a única diferença de guardar o Sábado”. É uma seita perigosa que mistura muitas verdades bíblicas com erros tremendos no que se refere as doutrinas cristãs ou interpretações de profecias.
   No princípio do século dezenove houve um despertamento de interesse pela Segunda vinda de Cristo entre os cristãos. Guilherme Miller, pastor batista no Estado de Nova Iorque, dedicou-se ao estudo detalhado das escrituras proféticas. Convenceu-se de que Daniel 8:14 se referia à vinda de Cristo para “purificar o santuário”.
   Calculando que cada um dos 2.300 dias representava um ano, tomou como ponto de partida a carta de regresso de Esdras e seus compatriotas a Jerusalém e 457 a.C., e chegou à conclusão de que Cristo voltaria à terra em 1843. Isto foi em 1818…

21 de fev de 2011


   A citação seguinte, da obra "The Christian Counselor’s Manual", do Dr. Jay E. Adams (pg. 82-83), descreve melhor o "sistema" de educação infantil de Dobson:

   … Dobson… recomenda estritamente os métodos behavioristas na educação infantil, com o nome de Cristianismo… Sua íntima e absoluta capitulação ao behaviorismo é embalada em termos cristãos, mas, de fato, ele introduz um sistema igualmente ímpio dentro do lar cristão, conquanto pressupondo ser uma reação cristã à permissividade…
   Recompensa e castigo são importantes (especialmente o primeiro), com ênfase na necessidade de estrutura.
   Contudo, a proposta de Dobson é FRIA E ÍMPIA: ela está centralizada na manipulação e nada menciona sobre a confrontação bíblica. Conspicuamente ausente nessa disciplina infantil é o uso das Escrituras, da conversão, do arrependimento, da obra do Espírito Santo e da santificação… a persuasão bíblica, a convicção (de pecado) e o compromisso pessoal são ignorados.

19 de fev de 2011

   Acompanhando o trabalho de alguns irmãos através de seus blogs, algumas vezes me deparo com informações tão valiosas que não podem ser deixadas de lado.
   Este é o caso do trabalho realizado pelo irmão Adail Campelo de Abreu, cujas pesquisas e publicações são dignas de atenção por seu objetivo de edificar o corpo de Cristo aqui na terra.
   Já haviam outros textos interessantíssimos em seu blog, porém esta série, “Heresias”, vem de encontro a algumas solicitações recebidas acerca das mais diversas seitas e correntes religiosas que superabundam em nossos dias: apenas fazer links para os textos seria muito pouco, por isso decidi convidar este valioso guerreiro para colaborar aqui em meu blog, unindo forças em defesa da fé genuína.
   Saibam que também estou me informando com o conteúdo de tais publicações, aprendendo a discernir ainda melhor dentre tantas coisas das quais nem mesmo havia ouvido falar. Sem mais delongas, vamos ao primeiro estudo da série:

   FUNDADOR: O carioca Manoel Jacintho Coelho(1903-1991).
   FUNDAÇÃO: No antigo Distrito Federal, Rio de Janeiro - Brasil,em 1935, no Méier, na rua Lopes da Cruz, n. 89, na "Tenda Espírita Francisco de Assis".
   FONTE DE AUTORIDADE: A coleção de livros, de 21 volumes básicos, chamada "Universo em Desencanto".
   OBJETIVO DO MOVIMENTO: Ligar o ser humano ao "Mundo Racional", pelo desenvolvimento "Racional", que é obtido no ler e reler os livros "Universo em Desencanto".
   A IMPORTÂNCIA DE MANOEL JACINTHO COELHO
   O fundador da Cultura Racional tem importância fundamental para a mesma, a ponto de endeusa-lo:
   "Quando nos propomos a falar sobre Cultura Racional (CR) não podemos nos esquecer de que Manoel Jacintho Coelho é Cultura Racional e Cultura Racional é Manoel Jacintho Coelho. Ambos se confundem, se entrelaçam, fazem parte do uno e indivisível."
Jornal Racional 9/85

17 de fev de 2011

Desabafo   Esse já é o segundo verão em que o calor não me permite sequer cogitar ligar o computador para escrever: um termômetro que deixo no cantinho que chamo de “escritório” já registrou incríveis 40º!!
   Acho que essa ausência foi motivo para que um querido irmão me enviasse a seguinte mensagem:
   Meu amado irmão,
   Como tens estado? Espero, em nosso Senhor, que bem. Saudades de ti.
   Um grande abraço!
   Aproveitando que hoje amanheceu um maravilhoso dia nublado, decidi responder a ele com toda a sinceridade e sei que essa resposta também pode servir para saciar a curiosidade de algumas outras pessoas: vou abrir meu coração e posso antecipar que, por seu cunho totalmente ligado à minha vida cotidiana, essa postagem corre o risco de desagradar a muitos, assim como servir de munição para os críticos e detratores de plantão.

1 de fev de 2011

Diaconisa
   Nunca me ufanei em mim mesmo: sempre soube que sou um ser humano miserável e indigno de qualquer coisa, principalmente da graça d’O Senhor meu Deus!
   Minha única certeza e meu único orgulho é da veracidade que posso encontrar na Palavra que me foi deixada por Ele e é para manejar melhor esta verdadeira arma que treino sem cessar, praticando a cada dia e sempre buscando o aperfeiçoamento, mesmo sabendo que, em minha condição carnal, estou fadado a nunca atingir a perfeição…
   Faz algum tempo que venho me esforçando para ser o mais “docinho” possível, tentando moderar meu ímpeto ao responder a verborragia de algumas pessoas, mas mal acabei de escrever sobre a ausência de legítimo “recheio” bíblico nos pretensos cristãos da atualidade e me chega uma mensagem como esta, intitulada “Resposta”, mesmo eu nunca tendo me comunicado diretamente com esta senhora:
   Prezado Senhor Teophilo,
   Lendo aqui seus relatos fiquei impressionada com tamanha capacidade de julgar tudo e a todos que o Senhor tem. Como o Senhor se julga santo! Conforme a Bíblia somente DEUS é Santo.
   O Senhor fala (de maneira desprezível) sobre a Terra que DEUS criou, pois, a Terra e tudo que ele criou (de forma tremenda) pertencem a Ele, porém, o pecado do homem, infundido por satanás, tem destruído a criação de DEUS.