4 de dez de 2011

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
uncaodocapeta 
O fim do ano se aproxima e o que sinto é a terrível sensação de que ficar me repetindo (e ouvindo coisas repetidas) é algo de que nunca vou conseguir me livrar!
O pior é de tudo é que muitas pessoas que requisitam informações sobre determinado assunto, ao invés de ler os links que indico, têm a cara de pau de se assumirem como preguiçosas e pedem para que eu “resuma” o conteúdo, ou seja, praticamente redigite tudo naquele espaço ínfimo que é um bate-papo do facebook ou do MSN!!!
Fica aqui o primeiro registro dessa postagem: por mais próximo que seja seu acesso à minha pessoa e por mais íntimos que possamos ser… NÃO TENHO MENSAGEM DIFERENCIADA E NEM REVELAÇÃO PARTICULAR para dar a ninguém! O que prego é a Palavra de Deus e nela está escrito:
“Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.” (2 Pedro 1:20-21)
Ou seja, em relação à Palavra de Deus: PEGOU UM, PEGOU GERAL!
Pegou em você? Paciência: atirei sem ter mirado em ninguém…
Quem quiser continuar lendo, vai acompanhar mais uma tentativa de encerrar a necessidade de me repetir em temas como “ventinho do cai cai”, “unção” e “filhos do demônio”… argumente se tiver base bíblica, mas não reclame se doer!
Ah! Se você não percebeu: as palavras e termos em azul são links para os textos de referência… é bom ler para poder compreender ainda melhor a argumentação!
O VENTINHO DO SILAS
ventoEm 17 de setembro tentei usar um pouco de humor ao falar sobre o 1º round do confronto “Malafaia x Macedo”, mas a parte em que me concentro a explicar a deturpação utilizada pelo Silas para justificar o cai-cai é muito séria! (Ainda mais sério é saber que ele é capaz de citar o necromante Benny Hinn como exemplo de demonstração de poder… só se for o de satanás!)
Mas agora decidi que vou tentar abordar o tema sob uma nova perspectiva… tentar facilitar a compreensão sobre o assunto: você já sentiu o vento?
“Que pergunta mais tonta!” — dirão alguns — “é ÓBVIO que já sentimos o vento!”
Quem não gosta, principalmente no verão, quando uma deliciosa brisa vem refrescar nosso corpo? Quem não se alegra, quando em um ambiente fechado, o movimento do vento renova o ar já viciado por nosso próprio fôlego?
Pois bem, agora se imagine em algum local aberto, com muita natureza ao redor… e, de repente, um agradável vento chega e passa por você.
Você sentiu a variação de temperatura: se estava calor, refrescou… se a temperatura local estava agradável, pode ter dado até um friozinho! Guarde essa informação.
Você percebeu de que lado o vento veio? Você viu as folhas ou a grama de curvando com a passagem de ar? Isso foi a prova de que o vento, mesmo invisível passou por ali.
Pronto. Com essas duas informações temos dados o suficiente para afirmar que o vento NÃO TRANSFORMA NINGUÉM EM PEDRA DE GELO e muito menos CARREGA NINGUÉM com sua força… isso porque:
VENTO NÃO É NEM NUNCA FOI FURACÃO!!!
Para que a passagem do vento possa causar efeito em um ser humano, observando a escala de Beaufort, sua velocidade deve ser próxima a 90 Km/h, ou seja… algo não tão suave quanto indicado na passagem:
“O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.” (João 3:8)
Devemos lembrar que a Palavra de Deus NUNCA se contradiz e, por isso, vejo a necessidade de acrescentar ainda:
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mateus 11:28-30)
“E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas.” (1 Coríntios 14:32)
“Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.” (Apocalipse 3:20)
Resumindo: o Senhor só vai entrar se Lhe abrirem a porta: NUNCA por força… NUNCA DERRUBANDO COMO UM FURACÃO e muito menos POSSUINDO COMO UM DEMÔNIO!!!
Infelizmente o comportamento padrão dos que caem é exatamente o mesmo daqueles que são possessos por demônios e, como na Bíblia não se encontra uma passagem sequer que justifique esse costume (principalmente entre os santos!), fica patente que temos nesse movimento a gritante construção de uma verdadeira LEGIÃO DE ENERGÚMENOS.
Se formos levar em conta que o nome “Gezuz” (ou qualquer coisa foneticamente parecida) pode ser vinculado até mesmo à marchas diabólicas, devemos alertar àqueles que dizem que, por essas coisas ocorrerem no mesmo nome, seriam “de Deus”… isso é se deixar guiar por uma suposição bastante leviana, já que, a respeito dos últimos dias, está escrito:
“Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.” (Mateus 24:24)
O que mais tenho testemunhado em nossos dias são milagres que, ao invés de libertar o ser humano para conhecer a Verdade, escravizam cada vez mais sob o jugo de homens inescrupulosos: cuidado você, que anda caindo por conta desses ventinhos… qualquer dia desses sua queda vai te levar a um lugar inesperadamente profundo e provavelmente, conforme se discute, bem abaixo no nível do chão!
Silas já deu provas mais do que suficientes de que perdeu seu equilíbrio e se tornou apenas mais um desses que, para encerrar este tópico, dedico uma última passagem de alerta:
“Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar: Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho.” (1 Pedro 5:1-3)
UNÇÃO
uncaoinutil Já escrevi sobre o óleo de unção e nada tenho a modificar, porém certas reflexões podem ser acrescidas na presente oportunidade.
Vale a pena relembrar então que, para os gentios convertidos ao evangelho:
A UNÇÃO É O PRÓPRIO ESPÍRITO SANTO
que passa a habitar, como PENHOR DA SALVAÇÃO, TODO AQUELE QUE CRÊ.
Tal processo ocorre de modo totalmente livre de óleos e gorduras e a cada um pode conferir diferentes DONS:
“Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; Um só SENHOR, uma só fé, um só batismo; Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós. Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.” (Efésios 4:4-7)
“Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus.” (1 Pedro 4:10)
Plenamente cientes disso, assim como de que não mais devemos nos utilizar dos métodos ritualísticos característicos da lei judaica, vamos analisar alguns termos e práticas comuns no meio da confusa podridão evangélica brasileira e mundial:
A unção tem sido, não sei há quanto tempo,  totalmente confundida com DOM e, ainda assim, na Bíblia, não existem referências a improváveis dons como latir, ganir, rastejar, sibilar… é triste, mas também simples afirmar que toda essa palhaçada é obra de satanás na vida de quem não conhece a solidez das Escrituras.
O cristão autêntico recebe sua unção (o Espírito Santo) UMA ÚNICA VEZ, a saber, no momento em que se arrepende de seus pecados, crê no Senhor Jesus Cristo através do conhecimento do evangelho autêntico e passa a tê-lO como único Senhor de sua vida.
“Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.” (1 Coríntios 12:4-6)
Diante das passagens apresentadas, podemos passar a ter por anátemas quem emprega os seguintes termos:
“NOVA” UNÇÃO — Há referência bíblica sobre algum OUTRO Espírito Santo? Quem sabe… algum “modelo mais novo”?!
“DUPLA” UNÇÃO — Porventura existem um segundo Espírito Santo?
“OUTRA” UNÇÃO — Aí fica tudo mais perigoso! Veja a seguinte passagem:
“E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade.” (2 Tessalonicenses 2:11-12)
Estamos em um tempo em que O PRÓPRIO DEUS vai enviar a operação de erro para todos os ignorantes da Verdade, ou seja, por exemplo, esse bando de gente que prega mentiras baseadas em textos fora do contexto!
Diante disso, nada me tira da cabeça que quando algum desses tontos que nunca se converteu realmente (e portanto NÃO TEM o verdadeiro Espírito Santo, ou seja, a verdadeira unção!) pede por uma “outra unção” (ou seja, diferente da original) não custa nada deduzir que o Senhor pode muito bem enviar um espírito demoníaco para habitar naquela casa vazia… isso, inclusive, reforça o caráter de revelação que posso ter tido ao escrever “legião de energúmenos”.
Vou me restringir a estes três termos, mas que isso já é indicativo mais do que suficiente de que convivemos com milhares de evangélicos possessos por legiões de demônios… é por isso que passei a querer ser reconhecido apenas como cristão!
Também recomendo que tomem muito cuidado com essas musiquinhas gospel que tanto falam de unção: sem medo de errar, a grande maioria delas é PURO LIXO, principalmente pelo emprego dos três termos acima e de outros ainda mais esdrúxulos — coisas muito bonitas de se falar e ouvir, mas inúteis e sem aplicação na vida de um cristão genuíno (habitado pelo Espírito Santo) pleno da única unção aceitável.
Apenas para ilustrar vou apresentar o vídeo de uma cantora a quem algum louco ofereceu o “título de nobreza” para que passasse a ser chamada de “pastora” e que, pelo registrado, estava tentando ou temperar uma salada ou fritar bolinhos tipicamente brasileiros em algum templo de Londres e aproveitou o excesso de óleo para lambrecar uns otários que, pelo comportamento, desconhecem completamente a Palavra de Deus:
Para arrematar a questão, apenas mais dois esclarecimentos:
  • Como o Espírito Santo HABITA todo aquele que crê, podemos deduzir que nem o lenço, nem a rosa, nem o sabonete, nem a vassoura, nem o templo de tijolo e cimento (e nem nenhum outro objeto ou criatura fora o ser humano)… possa ser habitado por Ele!
    A Bíblia não mostra o apóstolo Paulo orando seus lenços para que curassem as pessoas… muito menos indica que os vendesse! Isso desqualifica qualquer um que defenda ou lide com mercadorias desse quilate, sem deixar de fora Valdemiro, Edir e companhia.
  • Se você não se reconhece como um “ungido do Senhor”, então você não tem o Espírito Santo habitando em você… não me venha com a frase feita sobre “tocar nos untados do sinhô” que esse tipo de mentalidade pode apenas ser lamentada e revela a subserviência ignorante imposta sob o manto de “obediência” ou “cobertura” no seio da comunidade evangélica.
    Veja Apocalipse 1:5-6 rapidinho e aprenda que, se você não é rei E sacerdote através de Jesus Cristo, seu destino está reservado… no INFERNO!
DIVERGÊNCIAS E SERVOS DE SATANÁS
Algumas pessoas ficam melindradas ou assustadas pelo simples fato de que eu seja capaz de expor abertamente, como fiz em minhas duas últimas postagens, as discordâncias que tenho com outros cristãos.
Ora bolas: melhor discordar de pessoas que procedem como irmãos em Cristo, como o Júlio Severo ou o Enoque Lima,  do que ter a tristeza de descobrir quem não passa de um legítimo servo de satanás, como o Danilo Silvestre! Desse diabo repudio até quem dele se aproxima… e aplico a recomendação deixada pelo apóstolo João:
“Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras.” (2 João 1:9-11)
Parece que tem gente não entendendo o motivo de eu haver bloqueado de meus perfis algumas pessoas que foram lá naquele lixo congraçar, agradecer ou se tornar colaboradoras… e creio que nem preciso explicar o motivo e nem devo citar nomes, pois dos “inocentes úteis” ainda sou tolo o suficiente para esperar alguma retratação.
O mais absurdo é ver que há pessoas dentre esses que criticam a Lagoinha por sua parceria com a satânica Rede Globo, mas não veem que estão fazendo exatamente a mesma coisa ao se associar com um servo do diabo… será que vale mesmo “qualquer coisa” em troca de divulgação?!
Tenho certeza que não, mas… de qualquer forma, sigo o que a Palavra recomenda:
“Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão.” (Filipenses 3:2)
CONCLUSÃO
Espero que, doravante, não me seja necessário retornar a estes temas tão repetidos, podendo prosseguir estudando novos assuntos e desmascarando novos enganos… pois isso é o tipo de coisa que não para de surgir!
Esta, muito provavelmente, é minha antepenúltima postagem do ano de 2011 e, não havendo nenhum evento extraordinário, já entro em um relativo recesso (que aproveitarei para me dedicar ao trabalho autobiográfico), aguardando ainda e ansiosamente para editar e adaptar as novas publicações dos colaboradores.
Estou considerando convidar mais um ou dois cristãos com capacidade autoral e com discernimento para colaborar por aqui no próximo ano, mas isso é coisa que apenas o tempo e a vontade do Senhor hão de revelar.
Um fraternal abraço àqueles que forem verdadeiramente irmãos em Cristo!
LINK CURTO PARA ESTA POSTAGEM
http://bit.ly/ventoeuncao

Related Posts with Thumbnails