20/10/2011

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
   Esta postagem é um puxão de orelhas amplo e irrestrito, de modo que, se a carapuça couber em você, saiba que não deve tomá-lo a nível pessoal.
   Estive envolvido, nos últimos três dias, em um trabalho praticamente ininterrupto e, por conta disso, distante de computadores e sem acesso sequer à alguma rede wifi, tendo que depender exclusivamente do serviço TIM que, falemos a verdade, tem deixado muito a desejar em termos de velocidade.
   Nos poucos momentos em que pude olhar para meus e-mails, tive o legítimo desprazer de constatar que perdi tempo e dados descarregando spam inútil e maligno… a despeito das boas intenções de seus remetentes.
   O que pode ser feito em relação a esse problema?
   “Apenas envie! Pelo amor de Deus não exclua” o pobre Cleto, da Colômbia!!! Se Ashley Flores fosse da sua família… você excluiria esse e-mail?!?
   São sempre chamadas desconcertantes e pungentes como essas que abrem esse tipo de armadilha emocional, provando que tão grande quanto o coração do grande público… é a sua preguiça mental!
   A seleção de fotos que exponho apresenta ainda as imagens de “Maria Cecília” e “Bia”, mas a fonte das histórias de crianças desaparecidas parece ser infinita e enquanto houverem mães (principalmente aqueles que se sentem culpadas por não dedicar a devida atenção a seus filhos!), haverá este tipo de spam.
   Ora, meu blog não tem por foco este tipo de assunto, mas como meu objetivo é a edificação do Corpo de Cristo, creio que alertá-los para os enganos é parte de minha missão. O que passo a informar são procedimentos simples que não exigem grandes esforços e nem conhecimento técnico elevado:
1. PESQUISE NO GOOGLE
   Chegou um e-mail desses? Porque não copia um trecho do texto e cola no Google?
   Há algum tempo eu realizava esse processo com grande frequência e a taxa de podridão girava entre 80 e 90% das mensagens recebidas, ou seja, minha caixa ficava entulhada de mensagens enviadas por gente boa falando inutilidade…
   Atualmente já conheço bastante essas figurinhas do mal e descarto sem dó nem pena, porém muitas vezes o tema do e-mail não revela seu conteúdo, obrigando-nos a abrir para ver se é alguma coisa que preste…
   Pensem em quem, como eu durante esses dias, tem apenas um dispositivo celular e uma conexão lenta: perder um tempo para dar de cara com o Cleto da Colômbia pela milésima vez?!?! É frustrante e, não posso mentir, dá raiva!
2. UTILIZE CCO
   Antes de mais nada, vamos acabar com a ingênua infantilidade de que alguma empresa vai pagar alguma coisa por e-mail enviado por alguém: essa é uma das mentiras mais ridículas já inventadas no mundo eletrônico! Talvez só perca em estupidez para aquela outra em que basta enviar um e-mail para ganhar, em caráter experimental, um celular, um notebook ou uma cesta de produtos consumíveis…
   A questão é simples: enviar um e-mail expondo os endereços das pessoas com quem você mantém contato vai, simplesmente, alimentar o banco de dados de gente suja que fica enviando e-mails de ofertas “imperdíveis”, planos de saúde, pornografia generalizada (quem quer ter seu órgão sexual aumentado?! Só se for para um encontro com “Hot Latina”… ou outras ofertas ainda mais imaginativas e igualmente inúteis.
   O fato é: você não precisa e nem deve expor os e-mails de seus contatos nem entre eles próprios, quanto mais ao público amplo! Para isso foi implementado o recurso CCO (Cópia Carbono Oculta, do inglês, é BCC - Blind Carbon Copy), cujo link indicado explica muito bem sobre as vantagens e os fins aos quais se destina.
   Ah! Ainda em relação aos spammers, sugiro que tomem cuidado com alguns blogs, pois fui informado que um leitor passou a receber e-mails com propaganda não solicitada logo após ter virado “seguidor” de um desses “blogs sarcásticos” que tentam se passar por cristãos…
   Dessa forma, ainda bastante cansado (foram quase 72 horas ininterruptas de trabalho!), investi um tempo (onde poderia estar respondendo dúvidas bastante mais pertinentes) para esclarecer sobre algo que, além de trivial, espero ver extinto ou, ao menos, com menos frequência em minha caixa de mensagens.
   No mais, espero poder, a partir de agora, me concentrar na conclusão do artigo em relação à lamentável “marcha para Gezuz” da qual fui testemunha em Belo Horizonte e me preparar para o verão que se aproxima… explico esta preocupação melhor em breve.
   Agora, para descansar o corpo e a mentem, vou dormir e alienar um pouco.
   Que o Senhor Deus proteja e sustente sempre àqueles que O amam e servem!

Categories: ,
Related Posts with Thumbnails