26 de mai de 2011

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.

   Não acreditei quando recebi um comentário insólito na postagem acerca da herética “Cultura Racional” e, óbvio, não perderia a chance de apresentá-lo e respondê-lo perante todos os leitores, pois assim como pode colaborar para a edificação de alguns, sem dúvida será esclarecedor sobre alguns dos porquês de crer na Bíblia como Palavra de Deus e, mediante disso, compreender porque ser cristão.
   Vejamos as palavras suaves e “lógicas” que recebi:

   Caro amigo,

   A Bíblia foi uma criação dos homens e estas escrituras já passaram por muitas mãos, as quais colocavam seus desejos para que pudessem exercer autoridade sobre os seres boçais, sempre com “castigo disso”, “castigo daquilo outro”…
   Que ideia é essa, tão orgulhosa, de que somente existimos nós neste universo tão imenso?
   Já parou pra imaginar, se pertencêssemos a este mundo, a natureza não nos poupava a vida. Ela nos dá a vida e nos tira sem pena!
   Realmente Jesus Cristo existiu, mas ele era um ser com extraordinários poderes aos quais pertenciam a uma classe de seres totalmente evoluídos, tanto espiritualmente quanto na matéria. Veio a este mundo sacrificar sua vida e ensinar o amor ao próximo.
   Estamos passando por uma mudança total no planeta terra e os extraterrestres, que você cita que não existem, são nossos irmãos também, que fazem suas aparições para avisar que a nova era está próxima!
   Não sou blasfemador, mas onde está este Deus da bíblia que nunca veio dar satisfação de tanto sofrimento nesta terra?
   Existe sim um ser superior, o pai de todos, um ser de luz, amor e fraternidade e não o Deus criado nestas escrituras, que maltrata e pune.
   Temos que trabalhar nossa luz interior, amar todos sem distinção.
   Já viu quantas catástrofes estão acontecendo?
   A própria natureza se virando contra seus habitantes. Você acha que uma mãe gosta de maltratar seus próprios filhos? Pense nisso: será mesmo que fazemos parte desta natureza… ou somos parasitas dela?
   Somos todos dependentes da natureza, mas ela não precisa de nós.
   É hora de mudar! Vamos nos desenvolver espiritualmente e estudar nossas energias, pois nosso corpo funciona apenas pela influências dos fluídos energéticos existentes.
   Todo o sofrimento que nos acerca, faz parte do livre arbítrio que todos nós escolhemos.
   Reflitam!!!

   Esse é, sem sombra de dúvida, o comentário mais “fora de tudo” que já recebi… isso em relação a tudo o que publico, pois a lógica doentia apresentada por essa pessoa é o “conceito comum” que está dominando as mentes dos homens pelo mundo afora e, infelizmente, até mesmo dentro de algumas igrejas.
   Vamos respondê-la analiticamente?
   Senhor “Amigo”, imagino que tenha escrito este comentário sem nunca haver lido nenhum de meus outros textos, ou seja, surgiu caído de paraquedas em um “campo de batalha” meio diferente da maioria em que possa estar acostumado a disseminar suas ideias embaladas em palavras suaves e aparente lógica.
   Vou tentar não ser ácido em minha resposta para ver se, no amor, há alguma esperança para essa alma que jaz nas trevas. Vamos começar falando sobre…
   A Bíblia
   Sou forçado a admitir que sua ideia sobre a manipulação da Bíblia no decorrer da história poderia até fazer sentido e, nos dias de hoje, com tantas versões “modernas” (e proporcionalmente espúrias) sendo lançadas para públicos “específicos”… fica cada vez mais fácil deturpar o conteúdo original.
   Existem alguns bons textos na internet que apresentam estudos que comprovam a veracidade do texto bíblico que foi preservada em algumas versões, expõem as diferenças mais gritantes… mas compreendo que, para um descrente como você, isso não seja importante e não será essa a linha de raciocínio que vou seguir contigo!
   Você não é obrigado a conhecer minha história, mas devo informá-lo que não sou nenhum religioso hipócrita preocupado em lotar os prédios de alguma empresa eclesiástica: a história de minha vida me levou a estudar esse livro que despreza com extremo cuidado e descobrir, nele, a Verdade que combate não apenas a seita da qual faz parte, mas muitas das falsas religiões cristãs que se travestem de “Igreja”, mas que não passam de organizações manipuladoras!
   Note que não foi necessário descobrir nenhum “segredo”, mas apenas aprender a ler um texto dentro de seu contexto original, sem mistificar e nem extrapolar nas interpretações… é claro que foi necessário um mínimo de senso cronológico, mas nada que seja de difícil compreensão até mesmo para os jovens.
   O resultado é que fica impossível do texto bíblico ter sido manipulado para beneficiar algum grupo em especial porque ele aponta, SEM ALIVIAR, os erros dos judeus, assim como as práticas condenáveis dos católicos e as modernas aberrações que pululam entre os protestantes!
   A manipulação à qual se refere não aconteceu no conteúdo preservado, mas ocorre “ao vivo”, quando pessoas incapazes de exercitar seu próprio entendimento até alcançara fé genuína vão ouvir pregadores sujos, que utilizam textos fora de contexto para manipular qualquer um que queira comprar ou se sacrificar para obter um “ingresso para o céu”.
   Se você se der ao trabalho de ler alguns de meus textos, principalmente aqueles em que respondo comentários e e-mails, verá que não costumo me desviar desse livro, assim como não minto e nem “alivio” para os que se dizem irmãos, mas praticam o engano. Ela própria se define:
   “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.” (Hebreus 4:12-13)
   Em suma: essa teoria de que o conteúdo da Bíblia foi manipulada por homens no decorrer da história não se comprova quando vemos que ela própria pode ser utilizada para combater TODAS AS FALSAS RELIGIÕES que existem, portanto a premissa de sua comunicação não se sustenta…
   Aí você vem com um papo ainda mais insustentável acerca
   Da Imensidão do Universo e da Natureza
   Que por maiores e poderosos que possam parecer, não passam de criações do mesmo Deus que inspirou a Bíblia!
   Foi exatamente Ele quem apontou as práticas pecaminosas que você menciona como se fossem apenas castigos ridículos e não se dá conta que, na Bíblia, há apenas um castigo: a morte!
   Se formos levar em conta que Deus não nasceu na terra… aliás, Ele é eterno (um conceito inconcebível pela mente humana em sua finitude) e nunca precisou “nascer”, podemos até dizer que, de certa forma, Ele é um “extraterrestre” (ou seja, que não é desta terra), mas não da forma que a ficção científica apresenta, mas como Ele próprio se define:
   “Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças; Para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou o Senhor, e não há outro.” (Isaías 45:5-6)
   “Porque assim diz o Senhor que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o Senhor e não há outro.” (Isaías 45:18)
   “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Isaías 55:8-9)
   Davi esclarece isso em definitivo:
   “Portanto, grandioso és, ó Senhor Deus, porque não há semelhante a ti, e não há outro Deus senão tu só, segundo tudo o que temos ouvido com os nossos ouvidos.” (2 Samuel 7:22)
   E, apenas para definirmos melhor a incomum classificação que ousei atribuir ao Senhor Deus anteriormente, além de não ser desta terra, Ele também não é de nenhum outro planeta ou local imaginável, pois:
   “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” (João 4:24)
    E, além disso, devemos ressaltar que Ele é o criador da natureza e do universo, portanto até essas suas ideias acerca da natureza e do universo já estavam previstas no livro que você despreza… e não foi por sua causa, veja:
   “Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.” (Romanos 1:19-25)
   As Coisas Ruins
   Aí chega um ponto onde você acha que Deus deveria vir “dar satisfação” sobre as coisas ruins que acontecem nessa terra, mas isso conflita com o que registra no final acerca do “livre arbítrio que todos nós escolhemos”!
   Ora bolas! No Antigo Testamento Deus intervinha e atuava e o povo vivia fazendo besteira, achando que sabia o que seria melhor para suas vidas… e olha que a Lei não era coisa fácil de cumprir (você mesmo menciona os “castigos”)!
   Aí Deus dá prosseguimento a seu plano inicial e, através do sacrifício de Jesus Cristo (que você também menciona e, aparentemente, reconhece) chega uma era de “graça” para a humanidade, ou seja, o tal “livre arbítrio” nos foi outorgado, mas Deus continuou o mesmo: quem quiser ficar do lado d’Ele tem apenas de permanecer fiel à Sua Palavra… e olha Ele facilitou, pois extinguiu as exigências da velha lei!
   Posso até estar enganado, mas as últimas pessoas que sofreram punição direta de Deus foram Ananias e Safira (Atos 5:1-11). A partir daí foi dada tamanha liberdade ao ser humano que, nesses quase dois mil anos, encontramos não apenas gente se aproveitando da Palavra de Deus para lucrar, mas vemos até alguns que dizem abertamente servir a satanás… e Deus é tão bom que não envia raios na cabeça desse povo!
   Para completar, Ele ainda nos deu um manual (que você afirma ser “manipulado”) de tudo o que viria acontecer nesse planeta, vejamos alguns exemplos:
   “Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.” (Mateus 24:21)
   “E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas.” (Lucas 21:25-26)
   Fico imaginando que tipo de ser humano seria capaz de registrar tais fatos acerca do futuro, fazê-los se cumprir e, ainda por cima, conseguir tirar alguma vantagem disso…
   Aliás, não posso deixar de citar, até pessoas como você estavam previstas na Bíblia! Sério! Veja:
   “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.” (2 Timóteo 3:1-7)
   Como se diz: guerra avisada não mata o aleijado!
   Quem é seu Deus?
   Deus inspira homens a registrar até fatos futuros e você ainda tem coragem de reclamar e se rebelar contra Ele? Por mais que se engane e não queira admitir, você é sim um blasfemador e isso se torna ainda mais gritante quando afirma que Deus foi “criado nestas escrituras” e culpa a Ele (que, segundo sua lógica falha, “maltrata e pune”) pelas consequências dos atos humanos!
   Esse “ser de luz", amor e fraternidade” ao qual se refere ou é o papai noel ou, agora a verdade, é Lúcifer, o eterno “bonzinho” do pedaço: que, desde o início, só oferece “coisas boas” à humanidade (você não quer ser “igual a Deus”?)!
   O peso de suas afirmações aumenta quando quer tornar seus “irmãos” alienígenas que, no máximo, são manifestações físicas dos mesmos “espíritos de luz” que se comunicam com os espíritas ou dos mesmos “orixás” que canalizam os macumbeiros… em suma, você está querendo se irmanar a alguns dos que estavam dentre a terça parte dos anjos que caíram junto com satanás por sua rebelião!
   A partir daí fica claro que todo esse papo de “desenvolver energias” e “influência dos fluídos” se caracteriza como simples e direta submissão aos espíritos dos demônios que tanto admira e aos quais, por suas palavras, posso afirmar que se submete.
   “Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.” (2 Coríntios 4:3-4)
   Diante disso, meu “amigo”, a mudança a qual você se refere não é a mesma que trará verdadeiros benefícios à vida das pessoas, apenas as fará cativas de um mal ainda maior!
   Mas a Bíblia tem uma palavra para você e para todos os que pensam da mesma maneira:
   “Mas vós negastes o Santo e o Justo (…) eu sei que o fizestes por ignorância, como também os vossos príncipes. Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor.” (Atos 3:14a, 17-19)
   Diante de tudo isso, caro “amigo”, suas palavra amistosas e polidas se revelam como venenosas e mortais e você, por mais que não queira, não passa de uma cobra sorridente, que, sabendo ou não, prega a mentira e distribui a perdição.
   Eu é que digo: Reflitam!

Related Posts with Thumbnails