20 de jan de 2011

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
   É agora que vão passar mesmo a me chamar de maluco, mas… não tenho alternativa: normalmente relato fatos publicados na mídia e evito expor subjetividades como base do que escrevo, mas dessa vez aconteceu algo bastante estranho que mudou (ou ampliou) a forma como interpreto os eventos climáticos.
   Antes de apresentar minhas considerações, é justo que lhes relate o episódio que ocorreu comigo no dia 09 de janeiro passado:
   Era tarde de domingo e o calor incomodava muito: aproveitei para tomar um “banho de borracha” (ou “de mangueira” ou “de bica” ou conforme a região do país onde o leitor se encontrar…) enquanto lavava o quintal.
   A água, morna por causa do sol forte, estava bastante agradável e, com tudo bem limpinho, deitar no chão e olhar para o céu era a melhor opção diante do verdadeiro forno em que se transforma minha casa nesses dias.
   Muitas pipas no céu, aviões na rota de aproximação para pouso no Galeão… e, de repente, um susto: em um nível extremamente mais alto do que qualquer rota de aviação que já tenha visto consegui enxergar um pequeníssimo objeto!
   Não posso garantir por causa da distância, mas seu formato era aparentemente lenticular, com um dos lados refletindo a luz solar e o outro na sombra. Isso me permitiu concluir que era sólido e sua cor era algo entre o branco e o cinza claro.
   Conheço muito bem balões (meteorológicos ou não) e corpos celestes… decidi ficar observando aquela legítima anomalia por algum tempo e chamei minha esposa para testificar se eu poderia estar alucinando. Não estava, pois, ainda que com dificuldade, ela acabou conseguindo visualizar o mesmo ponto após algum tempo: balões, por menos vento que haja, apresentam algum movimento em pouco tempo. A maioria dos corpos celestes circula na abóbada celeste na mesma direção que o sol… seria aquilo algum satélite?
   Após uns 30 minutos pude concluir que, em relação a alguns pontos de referência que estabeleci (antena, telhado…) o objeto não havia efetuado nenhuma variação, ou seja, se fosse um satélite estava em órbita geoestacionária.
   Tentei filmar com o celular, mas o ponto era tão pequeno que seriam necessárias lentes especializadas para realizar tal registro com sucesso… menos um ponto para mim…
   Com quase uma hora de observação, notei a formação do que seria um pequeno cumulus, mas… isso é impossível de ocorrer naquela altitude, pois, pelo que consegui perceber, seria superior até mesmo à altitude dos cirrus!
   (Peço perdão pela aplicação de palavras não tão comuns, mas ressalto que não sou ignorante no assunto por ter exercido função ligada à meteorologia e observação de fenômenos no céu por mais de vinte anos…)
   Esta “fumaça” acabou ocultando o objeto e permaneceu naquele setor entre cinco a dez minutos e, quando se desfez… o objeto havia sumido!
   Tudo acabaria assim, pois esse nosso lindo país não tem sistema de monitoramento que patrulhe aquela altitude. Fora alguns poucos malucos como eu, tenho certeza que ninguém perde tempo olhando para o céu… o problema é que, pouquíssimo tempo após essa visão incomum, tiveram início as tragédias na região serrana!
   Ano passado dediquei uma postagem às trilhas químicas, mas, mesmo diante das evidências, tenho resistido a entrar na onda dos teóricos da conspiração e começar a pesquisar sobre algumas coisas como, por exemplo, o tal projeto HAARP. Depois de um episódio como este fica difícil de, pelo menos, não tecer algumas considerações complementares ao que já está exposto no texto d’A Espada do Espírito acima mencionado.
   1ª - Lembrem sempre do que profetizou o Senhor Jesus Cristo:
   “E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória.” (Lucas 21:25-27)
   Gente! Quem falou isso não foi um desses profetas de meia tigela que estão por aí hoje em dia… foi o próprio Criador de todo esse sistema chamado universo! Isso significa que a coisa é 100% certa e sem a menor probabilidade de haver escape: as virtudes (ou seja: qualidades benéficas) do céu serão ABALADAS (ou seja: danificadas de modo que ainda haja alguma utilidade, caso contrário seria dito “destruídas”!).
   2ª - Qual a extensão dos poderes malignos?
   “E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão. E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada. E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens.” (Apocalipse 13:11-13)
   Se nessa época ele será capaz de fazer descer fogo do céu, o que impede esse sistema de já não estar em fase de teste desde agora?!
   Qualquer micro-ondas faz a água ferver sem que para isso precisemos ver fogo ou raios… e muita gente tem um desses em suas próprias casas! O que impede que os servos de satanás, ricos como são, não sejam proprietários de uma tecnologia análoga a essa, capaz de evaporar grandes quantidades de água dos mares e criar, através do aquecimento do ar, correntes que conduzam essas verdadeiras “bombas aquáticas” até seu alvo?
   Da mesma forma, ao criar tragédias como essa, eles pretendem fazer a humanidade questionar e se esquecer completamente da aliança que o próprio Senhor Deus firmou com a humanidade em Gênesis 9:11-17, transformando o arco-íris em mero símbolo do movimento gay…
   3ª - Presidente nova no país, ideias socialistas… o que impede os detentores de tal tecnologia de fazer uma “pressão” de forma a garantir seu domínio? Observem o vídeo abaixo:
   Tem um símbolo estranho em alguns objetos que vem junto com a barraca, mas… qual o objetivo de embutir “material escolar” nesse kit? Aliás, além de janeiro e fevereiro serem meses (historicamente) de férias no Brasil… qual será o conteúdo didático desse material? Seria algo no estilo de “Encontrando Bianca”?
   Posso estar exagerando nessa desconfiança, mas, de um jeito ou de outro, não vi nenhuma manifestação direta por parte dos poderosos EUA em relação a esta tragédia… alguém viu?
   4ª -  Eu ainda considero a possibilidade de que o atentado às torres gêmeas tenha sido uma espécie de ritual satânico cujo objetivo seria libertar alguns demônios que até então não teriam acesso a este mundo, mas agora também acho que as ligações entre tecnologia e satanismo estão se estreitando a ponto de estarmos testemunhando a implantação do sistema biométrico e, agora, possíveis atividades de controle climático…
   Seria aquele sacrifício uma forma não de libertar algum demônio, mas de regozija-los de modo que fornecessem novos conhecimentos àqueles que os servem?
   Desconfio disso também pelo fato de estarem ocorrendo diversos fenômenos até então inéditos em algumas regiões como, por exemplo, algo impressionante que ocorreu ontem a tarde em Nova Iguaçu:
   Não fui eu quem gravou o vídeo e a linguagem não é tão adequada, mas as imagens ilustram perfeitamente o que quero dizer: inicialmente poderia pensar que é algum tipo de ação espiritual demoníaca, mas depois daquele domingo já passei a considerar um “apoio” através da manipulação tecnológica…
   De um jeito ou de outro, vejam o que o Senhor Jesus Cristo fez diante de uma tempestade:
   “E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo. E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos! que perecemos. E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança. E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?” (Mateus 8:24-27)
   E ainda ensinou:
   “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Tende fé em Deus; Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.” (Marcos 11:22-23)
   Diante disso surge mais uma questão: porque vemos tantos líderes gospel expulsando demônios e não apareceu NENHUM para repreender a tempestade na região serrana do Rio de Janeiro? Será que não tem igreja universal lá? Será que não tem Mundial do Poder de Deus?
   … ou será que isto serve para provar a farsa que eles propagam?
   A verdadeira fé em Deus só é atingida quando O conhecemos e isso só pode ocorrer através do conhecimento de Sua Palavra, pois foi a única coisa confiável que Ele nos deixou! Logo, aquele que conhece a Palavra sabe muito bem o plano de Deus para este mundo e nunca vai orar “contra” tais desígnios: só queria saber se algum dia houve algum ato profético nas cidades da região serrana… isso ia acabar de vez com esta baboseira dos infernos!
   5ª e última - Há algumas reportagens e entrevistas que, por serem quase ao vivo, são exibidas sem cortes e acabam revelando muita coisa sobre a mentira que querem fazer-nos todos engolir: em uma delas, logo após a grande chuva que caiu em Friburgo no sábado, a repórter fala que realmente já se sabia da possibilidade de novas chuvas, mas… que não foi dito para “não alarmar” a população que já estaria “bastante nervosa”! Se isso não prova a manipulação do conhecimento, não sei o que mais poderia…
   Numa outra aparece um (acho que médico) voluntário que veio de Minas Gerais dizendo que esse papo de “área preservada” é a maior mentira, pois quando foi efetuar resgates em áreas mais distantes a bordo de um helicóptero ele constatou que ocorreram deslizamentos até mesmo em áreas completamente arborizadas e sem construção alguma, ou seja, uma prova de que esse papo de “construções irregulares”, nesse caso pelo menos, não passa de uma forma de “dividir” a culpa das instituições com a própria população… diminuir a grande revolta popular atribuindo-lhes, mesmo que passivamente, uma parcela da culpa!
   De qualquer modo já espero as costumeiras críticas e, dessa vez, nem tenho do que reclamar: falei do que vi e, sabendo que nada acontece sem a permissão do Senhor, ainda nem sei porque tal visão me foi permitida: se tais fatos pudessem ser comprovados, sem dúvida poderiam gerar conflito entre as nações… ou provar o acovardamento e a submissão brasileira ante o deus deste século e seus “senhores da guerra”, que vão criando o caos para, a partir dele, impor sua nova ordem!
   A saber: estive pessoalmente em Nova Friburgo e, por questões de necessidade familiar, não pude realizar pela população um milésimo do que gostaria… é absolutamente frustrante não dispor de recursos nesses momentos!
   Encerro explicando que o motivo de eu tanto olhar para o céu não é apenas o hábito da antiga profissão, mas há uma passagem bíblica (complementar à primeira citada nesta postagem) da qual frequentemente me recordo:
   “Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima.” (Lucas 21:28)
   Eu, mesmo correndo o risco de ser chamado de louco, acabo sempre fazendo isso… e vocês?
   O Senhor tenha piedade de cada um de nós!

Related Posts with Thumbnails