3 de jan de 2011

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
professor-rivaldo   Sei muito bem que há gente que me odeia… e não é pouca gente não!
   Uma das acusações preferidas por estes é a forma como respondo algumas das “carinhosas” mensagens que recebo: alegam que não demonstro amor, que sou arrogante, que “mato na unha”…
   Mas, particularmente, vejo que “falta de amor” seria deixar um suposto cristão seguir vivendo na ignorância… não que me julgue o dono da verdade, mas o pouco de Bíblia que muito me esforcei para aprender e compreender tem que servir para alguma coisa e, através deste blog, tento emprega-lo na edificação do corpo de Cristo através da exortação.
   E exortação é ação de mão dupla, ou seja, quem exorta obviamente também pode ser exortado.
   Aqueles que se relacionam comigo nas várias redes sociais existentes sabem que meu orgulho não é fundamentado em mim mesmo, mas na descoberta das verdades e confirmação das profecias registradas na Bíblia: se há gente que torce e se emocione ao assistir um filme, mesmo sendo pura ficção, porque eu não posso me emocionar ao ver as profecias bíblicas se cumprindo? É errado ter orgulho de ver o Pai Celeste cumprindo Sua Palavra?
   Nesta primeiríssima postagem de 2011 vamos nos deparar com um morto-vivo particularmente pernóstico, cujas primeiras acusações decidi publicar como comentário na postagem anterior e a leitura, tanto da manifestação inicial quanto da resposta que ofereci, é importante para que se possa compreender o ponto de onde é iniciado o presente discurso:
   Se ele lhe dá esta capacidade apareça e se mostre rapaz! Fica na toca só vendo erros dos outros…
   Você irá ser uma grande voz no Brasil. Você está se perdendo tendo tanto potencial!
   Apareça se você tem o tal discernimento que tanto acha que tem!
   Quanto ao sem vergonha do Malafaia, eu deixo para você o que fez Davi em relação a Saul:
   "Então disse Abisai a Davi: Deus te entregou hoje nas mãos o teu inimigo; deixa-me, pois, agora encrava-lo na terra, com a lança, de um só golpe; não o ferirei segunda vez. Mas Davi respondeu a Abisai: Não o mates; pois quem pode estender a mão contra o ungido do Senhor, e ficar inocente? Disse mais Davi: Como vive o Senhor, ou o Senhor o ferirá, ou chegará o seu dia e morrerá, ou descerá para a batalha e perecerá; o Senhor, porém, me guarde de que eu estenda a mão contra o ungido do Senhor. Agora, pois, toma a lança que está à sua cabeceira, e a bilha d`água, e vamo-nos.” (1 Samuel 26:812).
   Eu sou livre. Tanto sou que vivo em paz e sei distinguir o que é bom e o que é ruim! Por isto não tenho nada contigo, afinal… seu Pastor sabe o que você anda fazendo de errado????
   Para “você x Silas” e “você x Valdomiro Santiago”,  Romanos 13:1-2, toda autoridade é constituída por Deus:
   “Toda pessoa esteja sujeira às autoridades superiores, pois não há autoridade que não venha de Deus. As autoridades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus, e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.”
   Quer dizer então que não pode ser Pastor para não roubar os fiéis. Então quer dizer que todo Pastor Rouba, é isto?
   Rivaldo
   Eu mereço…
   Me perdoem pelo desabafo, mas receber esse tipo de mensagem justamente logo após ter escrito acerca de como o cristão genuíno deve se comportar em relação às autoridades… é muito frustrante! Parece que estou escrevendo para analfabetos ou, neste caso, um perfeito ANALFABÍBLICO!
   Já disse e repito que não me julgo nenhum “supra-sumo” e estou sempre disposto a ser exortado, mas não dá para aceitar convite para me tornar mais um no “mundo dos mortos-vivos”, seja ele embrulhado em “amor” ou, como neste caso, em arrogância e ameaças.
   Para começo de conversa, tive que pesquisar a misteriosa citação bíblica que ele fez e descobri que utilizou a ARA, porém, na realidade, a passagem encontra-se em 1 Samuel 26:8-10 (e não o provável verso 12 do misterioso “812” originalmente indicado por ele, mas isso pode acontecer com qualquer um…).
   Ora, podemos concluir que quem lê e cita o capítulo 26 deve também ter atentado ao que está escrito no capítulo 24 do mesmo livro:
   “Depois também Davi se levantou, e saiu da caverna, e gritou por detrás de Saul, dizendo: Rei, meu senhor! E, olhando Saul para trás, Davi se inclinou com o rosto em terra, e se prostrou. E disse Davi a Saul: Por que dás tu ouvidos às palavras dos homens que dizem: Eis que Davi procura o teu mal? Eis que este dia os teus olhos viram, que o SENHOR hoje te pôs em minhas mãos nesta caverna, e alguns disseram que te matasse; porém a minha mão te poupou; porque disse: Não estenderei a minha mão contra o meu senhor, pois é o ungido do SENHOR. Olha, pois, meu pai, vê aqui a orla do teu manto na minha mão; porque cortando-te eu a orla do manto, não te matei. Sabe, pois, e vê que não há na minha mão nem mal nem rebeldia alguma, e não pequei contra ti; porém tu andas à caça da minha vida, para ma tirares. Julgue o SENHOR entre mim e ti, e vingue-me o SENHOR de ti; porém a minha mão não será contra ti. Como diz o provérbio dos antigos: Dos ímpios procede a impiedade; porém a minha mão não será contra ti. Após quem saiu o rei de Israel? A quem persegues? A um cão morto? A uma pulga? O SENHOR, porém, será juiz, e julgará entre mim e ti, e verá, e advogará a minha causa, e me defenderá da tua mão. E sucedeu que, acabando Davi de falar a Saul todas estas palavras, disse Saul: É esta a tua voz, meu filho Davi? Então Saul levantou a sua voz e chorou." (1 Samuel 24:8-16)
   O que claramente faz Davi nesse episódio?!?
   EXORTA! Fala a realidade dos fatos na intenção de que Saul possa despertar da ilusão em que está vivendo!
   O problema é que energúmenos intelectualmente possessos definitivamente não são capazes de diferenciar entre exortação e ataque!
   Gostaria muito que todos esses que tanto reclamam de meus “ataques” provassem em que momento eu ameacei algum desses grandes “líderes” de alguma agressão física? Ou, pelo menos, quando não me utilizei de fatos devida e oficialmente registrados para apontar o momento em que estão se desviando da legitimidade da Palavra de Deus…
   A resposta, por enquanto, é: NUNCA!!! (e sinceramente pretendo que assim permaneça!)
   Aliada a aparente imperícia bíblica, este elemento utiliza das mesmas técnicas que satanás empregou na tentativa de desvirtuar o Senhor Jesus Cristo após Seu jejum no deserto: é notório seu sarcasmo ao dizer “você será uma grande voz no Brasil” ou “você está se perdendo com tanto potencial” ou ainda “apareça se você tem tal discernimento”, mas ainda assim ele acaba tocando na complexa questão que há muito me incomoda: eu realmente gostaria muito de poder fazer mais em defesa do genuíno evangelho!
   Mas o Senhor me tranquiliza e me guia com segurança: não há razão para almejar multidões e devo continuar este ministério de atenção individual ao maior número de pessoas que conseguir: respondendo, edificando, exortando…
   Se, com a atual abrangência mínima, a mensagem que prego foi capaz de causar revolta a ponto de fazer um energúmeno como ele se manifestar, o que poderia ocorrer se alcançasse uma multidão?
   Ainda há outros pontos a observar nessa mensagem: o fato do autor só escrever pastor com “P” maiúsculo; o contraste entre a afirmação de que é livre e o quase escravizado “seu pastor sabe o que você anda fazendo de errado”; o próprio fato de me acusar de estar errado sem apresentar nem fatos nem textos bíblicos pertinentes para isso… tudo isso só prova o nível de irracionalidade ao qual estão dispostos a se submeter os evangélicos brasileiros!
   Infelizmente existe uma multidão de pessoas pensando que o preço da salvação é a imbecilidade e a submissão irracional: o autor da mensagem acima é apenas uma gota nesse oceano… e o mais triste disso é que o destino dessas pessoas está claramente descrito na Bíblia:
   “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.” (Mateus 7:21-23)
   Alguém ainda acha que tenho algum prazer em constatar e registrar fatos como esses?!
   Admito que gasto algum tempo pensando em métodos para chamar a atenção daqueles que passariam por aqui sem prestar muita atenção, um termo curioso, uma imagem chocante… mas é muito triste constatar que exista de verdade gente como o Rivaldo, que além de ter engolido o anzol da apostasia com isca e tudo, se revolta e condena qualquer um que (mesmo mediante a utilização de fatos e da Palavra de Deus) tente desperta-lo da fábula em que está aprisionado.
   “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” (2 Timóteo 4:3-4)
   Amados, essa é a mais perfeita descrição dos tempos que estamos vivendo e, como deixei registrado em “Mixagens”, de Laodicéia nunca mais retornaremos à Filadélfia! Então:
   “Sede pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.” (Tiago 5:7-8)̀
   Que a graça e a paz do Senhor Jesus Cristo sejam com todos aqueles que O amam!
LINK CURTO PARA ESTA POSTAGEM
http://bit.ly/analfabiblico

Related Posts with Thumbnails