25 de abr de 2010

Cannabis, Marijuana, Maconha, Erva do Capiroto...   Tive que ler e reler o comentário abaixo, pois (apesar de parecer chacota) ele acaba sendo bastante sério e pertinente. Vejam:
   Olá,
   Sou usuária de cannabis e a alguns dias atrás, lendo a Bíblia no livro de Gênesis (capítulo 1, verso 29) vi que lá diz que “toda a erva que desse sementes e frutos de arvores que também tivessem sementes me serviriam para o consumo”.
   Procurei ajuda com uns amigos que frequentam igrejas evangélicas, mas ninguém soube me responder… então: por que a maconha é tão discriminada pela igreja?
   Não consigo entender porque as pessoas teimam em ir contra a palavra de Deus. queria uma explicação sua e com bases bíblicas de porque a cannabis não é aceita pela igreja ou se a igreja tem vivido debaixo de leis e normas de homens poderosos que visam somente o seu eu, se esquecendo dos irmãos.
   Obs.: não sigo nenhuma religião, creio apenas que Deus existe e que ele é o autor de toda a espécie e é em quem deposito a minha fé e gratidão.
   Desde já agradeço pelo esclarecimento.

23 de abr de 2010

calaboca[1]    Passei muitos dias completamente envolvido em um “bico” secular onde não conseguia me concentrar para escrever com a correção e atenção que procuro empregar em cada texto relacionado à obra do Senhor Deus. O cansaço (físico e mental) me manteve fora do cenário “internético” praticamente este mês de abril inteiro, mas não foi por isso que o Senhor deixou de falar em meu coração e muito menos tirou a Palavra de meus pensamentos!
   As chuvas aqui no Rio de Janeiro não me prejudicaram tanto (mas mostraram algumas falhas na construção da casa… uns vazamentos horríveis!) e agradeço àqueles que se preocuparam com minha pessoa.
   Aliás, esse foi um mês bastante interessante no quesito “cumprimento profético”: virtudes dos céus abaladas provocando catástrofes, fora os terremotos, os vulcões e as pragas… tudo seguindo exatamente conforme o previsto.
   Por incrível que pareça, o que mais me chamou a atenção foi (mais um) comentário aparentemente bíblico e feito por uma jovem em relação ao (já consagrado e polêmico) tópico “Até Hoje Rebecca me Persegue”:
   Senhor Teófilo:
   “Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?” (Eclesiastes 7:16)
   Quero ter o prazer de desmitificar esse texto que, fora de seu contexto, se torna tão ameaçador a qualquer um que esteja buscando conhecer e servir ao Senhor Deus.

1 de abr de 2010

Abrupta Mensagem Pascal

christ-passion
E é nesta época que encontramos dezenas de encenações sobre os eventos relativos à morte e ressurreição de Jesus Cristo: multidões vão assistir um personagem apanhar até morrer!
As pessoas ficam com pena do sofrimento intenso pelo qual passou o filho de Deus… tem gente que até chega a chorar! Isso porque desde sexta-feira já estão se preparando para assistir a este sacrifício: nem mesmo se arriscam a comer carne para não tocar em sangue!
Todos tão santos… santos INÚTEIS, isso sim!