28 de fev de 2010

   Os grupos controladores da indústria cinematográfica declaram guerra contra Deus e a sua Igreja. O Dia está próximo.

27 de fev de 2010

chileterremoto[1]    O mundo vai me achar algum tipo de louco ou perverso, mas estava aguardando um evento exatamente como esse para poder questionar algumas pessoas levianas que quiseram criar algum tipo de relação entre o terremoto que a pouco tempo atingiu o Haiti e a prática de Vodu, ou seja, fatores religiosos.
   Quero ver o que irão inventar para justificar essa catástrofe, já que no Chile o quadro religioso é quase semelhante ao do Brasil: aproximadamente 70% de sua população se afirma católica e os protestantes são quase 16%.
   Antes de mais nada: NÃO! Não estou contente pela morte de (até o momento) 234 pessoas e muito menos estou querendo tripudiar sobre o sofrimento alheio, mas não posso deixar de, nesse momento em que o ser humano é sensibilizado e consegue enxergar sua própria fragilidade, mostrar o único caminho que pode garantir a vida não apenas em caso de terremotos, mas contra qualquer tipo de catástrofe.

25 de fev de 2010

medieval[1]    Lembram daquele jovem ao qual pude apresentar uma perspectiva bíblica das atitudes a serem tomadas quando um cristão genuíno se descobre envolvido com uma instituição contaminada pela metodologia G-12?
   Pois ele tem me escrito regularmente, relatando alguns momentos da verdadeira batalha que tem travado para manter sua vida cristã biblicamente autêntica, seu culto racional e, porque não dizer, sua sanidade mental.
   Realmente me surpreendo, principalmente diante das manifestações contrárias, com a postura correta que esse jovem vem tomando: não saberia explicar o motivo de, naquela ocasião, eu tê-lo aconselhado a permanecer e “lutar” enquanto conseguisse e até ser “ejetado”, mas agora… agora começo a compreender! Vejam só:
   (E-mail recebido em  22 de fevereiro) Caríssimo Teóphilo,

23 de fev de 2010

Valdemiro Santiago E Seu Lixo Teológico

vald[1]    Não consigo mais ficar calado a respeito desse assunto e preciso abordá-lo de uma forma mais direta… não que tenha alguma esperança de resolver a situação ou criar um súbito movimento que cale a boca desse descendente direto do Mago Simão (vide Atos 8:9-24) ou remova suas obscenidades da TV: o deus ao qual ele serve se chama Mamom e já o proveu das condiçõe$ necessárias para que seu ministério (de engano) perdure até o final dos tempos.
   Seu nome é Valdemiro Santiago, cria da não menos sórdida IURD e que, conforme vou provar, quer anular a graça obtida através do sacrifício do Senhor Jesus Cristo e manter uma multidão de almas sob os aspectos e necessidades da lei veterotestamentária… sinceramente não sei como a Nani conseguiu passar uma tarde inteira em uma igreja desta seita!
   A poucos dias fiz uma postagem acerca da cruz que apliquei como logotipo de meus trabalhos na internet, seu significado e objetivo. Mas mesmo com tantos esclarecimentos, tem gente que prefere acreditar em fábulas profanas e desmerecer o sacrifício redentor feito pelo Senhor Jesus Cristo. O vídeo abaixo apresenta isso:

21 de fev de 2010

Forçando As Correntes 2010

elton
Se obstinação fosse qualidade única para a salvação, o pessoal do movimento homossexual já estava com seu lugar no céu garantido, pois sua persistência em querer converter o cristianismo à suas convicções seria digna de elogios…
Depois de ler as declarações do Elton John a respeito do Senhor Jesus Cristo e uma peculiar reportagem na revista Época, acabei conversando com um casal de irmãos sobre o tema e recebi informações que poderiam atemorizar um cristão mais fraco e carente da Palavra. Segundo eles, há um “profundo conhecedor da Palavra” que se revelou homossexual e defende sabiamente sua posição dizendo, inclusive, que o Senhor Jesus Cristo nunca falou nada contra o homossexualismo!
Para começo de conversa, o próprio satanás sabe tanto da Bíblia que deve tê-la decorado minuciosamente do início ao fim: ele foi capaz de, através de citações bíblicas, ir tentar ao próprio Senhor Jesus Cristo no deserto!
Alguém que simplesmente sabe da Bíblia pode não estar aplicando tais conhecimentos de forma correta, dentro do contexto e da cronologia, porém usando de textos fora de contexto e de palavras sábias para humilhar àqueles que, mesmo na trilha do acerto, não têm base para defender suas convicções.
Não estou falando contra ninguém em particular e muito menos levantando uma bandeira de ataque aos homossexuais: quero que vivam o melhor que puderem e sejam bastante felizes nesta terra, porque… se a Bíblia for verdadeira (isso é hipótese apenas para eles, pois para mim é certeza!), os problemas de quem escolheu esse caminho só estarão começando na hora da morte.

19 de fev de 2010

Trilhas Químicas (Chemtrails)

chemtrail[1]    Meu amado irmão Jeremias, do site e do grupo “A Espada do Espírito”, havia me questionado desde o ano passado sobre o que eu, como ex-controlador de tráfego aéreo, poderia acrescentar ao assunto e até agora não havia tido tempo para responder.
   O Senhor é bom e atende às súplicas dos aflitos: hoje a tarde foi maravilhosamente chuvosa no Rio de Janeiro e a temperatura, agradavelmente amena, me permitiu ligar o computador e dedicar algum tempo à escrita sem que os já costumeiros (porém sempre desagradáveis) rios de suor brotassem de meus poros…
   Se calor fosse tão bom quanto dizem por aí, os amigos do profeta Daniel teriam sido enviados para uma geleira!!!
   Brincadeiras à parte, na última postagem deixei bem claro que revelar a “teoria da conspiração” sem prover o devido “escape” bíblico é tão inútil quanto a maioria dos atuais filmes de Hollywood: acaba servindo mais de propaganda do príncipe que virá que para alerta e salvação dos que crerão no Deus Verdadeiro.
   Como o assunto abordado hoje é relativamente novo até mesmo para mim, desde já aviso que essa postagem é bastante especulativa e nem mesmo se refere a nenhum cumprimento de profecia em especial, já que as “chemtrails” seriam uma invenção humana na intenção de dominar sobre seus semelhantes, ou seja, nada muito diferente do que temos testemunhado no decorrer da história, só que essa arma tem seus perigos elevados exponencialmente pelos recursos tecnológicos terríveis empregados em sua concepção e aplicação.
   Se você não quer mais um motivo para se preocupar, saiba que este mundo já é bastante ruim sem os terríveis morgellons para nos assombrar: entregue sua vida nas mãos do Senhor Deus e vá tomar um sorvete e se divertir com aqueles que ama!
   Agora… se quer saber de algo tão sórdido e que você já pode, inclusive, ter testemunhado nos céus de onde quer que esteja, então continue lendo.

17 de fev de 2010

Carnavalesco

unhappy-face[1]   É calor, é samba, é funk, é computador apitando, é modem superaquecendo e derrubando a conexão, são as dívidas e são mais algumas coisas que vou mostrar no decorrer desta postagem: definitivamente reconheço que não tenho sido uma pessoa muito bem-humorada e, pior ainda, estou um poço de mau-humor que só o fim do mundo para ajeitar! Enumerando:
   1. Tivemos que parcelar as dívidas da conclusão da obra nos cartões de crédito e a administradora, para nos consolar, transforma nossos pagamentos em pontos que podem ser trocados por diversos tipos de “presentes”. Só por causa disso é que temos ingressos de cinema, senão de forma alguma eu poderia gastar dinheiro com esse tipo de luxo!
   Querendo fugir um pouco do mau-humor, imaginei que o cinema estaria vazio nesta “terça-feira gorda” e decidi assistir um filme que não fosse estar relacionado a nada que costumeiramente me alerta. Optei por um título que, supostamente, apresentaria um personagem que usa a mente para desvendar crimes: Sherlock Holmes…
   Daqui em diante, se pretende ver o filme, não leia!

16 de fev de 2010

Cismaram com A Cruz…

t[1]    Essa vai ser uma postagem curtinha… pelo menos em relação às outras! Os motivos para isso estão lá no final.
   Não é só o governo que quer exterminar símbolos religiosos, principalmente os que possam remeter ao cristianismo (principalmente a cruz), de seus órgãos e repartições!
   Depois de tantos anos pesquisando e escrevendo, de um mês para cá parece que eu virei o objeto de análise: a cruz ao lado, que tem todo um significado imaginado por mim, de repente virou objeto causador de questionamentos para alguns. Conheça o que as pessoas têm dito:
   Para um mais perfeito legitimar de tudo o que foi dito, não use símbolos, principalmente a cruz que é nada mais do que a arma do crime, um instrumento de tortura.
   Não farás para ti nenhuma imagem nem acima no céu nem embaixo na terra!
   Usar a imagem da cruz é a mesma coisa que utilizar imagens em escultura de supostos “santos” católicos.
   E outra... essa uma acusação mais pesada:
   Olá,
   Estou lendo alguns textos do seu site, em alguns estudos você fala sobre o crucifixo vergado. Gostaria que você atentasse sobre a cruz da sua logomarca, pois a mesma se encontra com os braços vergados também.
   E você? Sabe o significado e o porquê da utilização dessa cruz? Então é bom saber tudo antes que ela seja retirada do ar!

12 de fev de 2010

A Conversa Mais Franca Que Já Publiquei

acrossroad[1]    O carnaval está aí e já estou quase completamente abastecido para poder ficar quietinho dentro de casa, tanto que hoje cedo pude até conectar com o trillian (MSN e Google Talk em um mesmo programa), fato que acabou permitindo este peculiar diálogo com o jovem ao qual dediquei “A Vida, A Morte e O Senhor Deus”.
   Não vou me estender no prólogo, pois a conversa é ao mesmo tempo interessante e triste, vejam:

Teóphilo, Paz! Gostei do seu artigo sobre o batismo, mas sobre vida fora da terra… tema que abordei em meu Orkut pessoal) gostaria de conversar mais com você sobre isso.
   Bom dia! Vida fora da terra? Hein?
Sim, tipo… o Universo é infinitamente grande e pode existir sim vida fora da terra! Comecei a acreditar nisso faz um bom tempo!

11 de fev de 2010

Aconselhamento: Batismo

   Chegou mais um e-mail com um tema interessante, válido e que não posso deixar de abordar. Vejamos:
   Meu nome é E.P. e você, através de seu site, tem sido uma benção nas minhas leituras: muito edificante!
   Sou uma cristã “desigrejada” há 8 anos e, como vejo que o amado tem um discernimento da Palavra, gostaria que me desse um parecer:
   Tenho cogitado congregar em duas comunidades que me chamam atenção: a presbiteriana da reforma (ou do Brasil) e a Igreja Batista Regular, ambas por serem de linhas fundamentalistas e/ou tradicionais.
   A dúvida é o Batismo Infantil… é uma heresia? É bíblico?
baptism[1]    Tenho dois bebês gêmeos e gostaria de criá-los segundo a palavra de Deus, mas os "ventos de doutrinas são muitos"!
   Acho a liturgia do culto presbiteriano muito racional e maravilhosa, assim como na batista regular onde o culto é muito semelhante e, inclusive, temos a liturgia escrita e organizada ante a entrada das pessoas.
   Ambas são muito semelhantes na forma de cultuar ao Senhor embora ocorram divergências quanto ao batismo: aspersão ou imersão? infantil ou adulto?
   Seria interessante que o amado escrevesse algo a respeito, porque hoje mesmo não sei irei ao culto batista ou presbiteriano, pois meus meninos perguntam ultimamente: “Mãe, qual é nossa igreja?”
   Eles já têm 6 anos e precisam (pelo menos acredito) de uma identidade congregacional, dada a ausência de maturidade.
   Que o Senhor continue te iluminando com a sua Graça,amém.
   Que situação delicada a dessa irmã, não? Vamos ver o que podemos decidir em relação a isso?

5 de fev de 2010

Aconselhamento: G12

questionmarks[1]    Não sei se ocorreu o mesmo com vocês, amados leitores, mas todo o falatório repetitivo, confuso e ameaçador da série “Vã PhiloSophya” me deixou com um tipo de cansaço mental… quase uma tristeza. Será que isso é mais um dos efeitos desejados por aqueles que preparam essas verdadeiras “bombas psíquicas”?
   Não posso negar que foram duas postagens maçantes, mas não me arrependo da minha decisão de apresentá-las porque essa é, verdadeiramente, uma das formas de ataque do inimigo e meu papel aqui é preparar cristãos conscientes, sóbrios e capazes de reconhecer todo os tipos de ataque.
   Pensando nesse treinamento, decidi inaugurar mais uma “seção” aqui no blog: “Aconselhamento”, onde espero poder responder questões pertinentes e cuja resposta esteja ao alcance das coisas que sei. Vejam o exemplo de “Vã PhiloSophya”: apesar de questionado por duas ou três vezes, eu definitivamente não sei muito bem quem é Augusto Cury! Não me sinto apto a emitir nenhum parecer sobre suas obras e, por isso, ignorei a questão… se bem que tudo tem muita aparência de auto-ajuda, psicologia… deve ser mais um “The Secret” versão gospel.
   Mas existem cristãos que estão enviando dúvidas sinceras e, por incrível que pareça, muitos casos são bastante parecidos. Então, querendo ser um elemento que contribui principalmente para a edificação do verdadeiro Corpo de Cristo aqui na terra, vou passar a responder as questões enviadas por algumas pessoas como, por exemplo, a mensagem abaixo:

4 de fev de 2010

DuvalierFlag[1]    Ex-padre católico, o então presidente do Haiti Jean Bertrand Aristide declarou, em abril de 2003, o vodu como religião oficial do Haiti. Com essa posição do governo, os casamentos realizados no vodu passaram a ser aceitos e considerados oficiais, tendo valor religioso, como ocorre com as demais religiões ao redor do mundo. Aristide acabou expulso do país por tropas francesas e norte-americanas em 29 de fevereiro de 2004, mas o vodu ficou.

3 de fev de 2010

Vã FiloSophya (Conclusão)

angry-womanface[1]   O calor voltou a castigar e o tempo que consigo ficar no escritório tenho buscado um meio de ganhar algum sustento. O grande problema nisso é que nesse mundo tudo tem seu preço: em qualquer novo nicho que tentemos atuar existem os custos para se adquirir o conhecimento.
   No meu caso foi um pouco mais frustrante, pois adquirir conhecimento me fez, inicialmente, questionar a correção dos procedimentos tomados pelos desenvolvedores do negócio.
   Em seguida acabei confirmando que naquele ambiente de aparente inocência havia apenas o interesse no lucro e nenhuma preocupação com a satisfação e o bem-estar do publico consumidor.
   Depois quiseram fingir que solucionaram as questões que levantei, mas deixaram intactos todos os que se beneficiaram imoralmente de um grave erro no sistema… me revoltei e, não suportando viver uma mentira, abandonei o projeto que parecia tão simples e promissor em um primeiro momento.
    Ao ler isso parece que estou novamente relatando minha decepção com as instituições eclesiásticas, mas, acreditem, isso ocorreu em uma área tão inusitada da informática que é melhor até esquecer esse episódio ridículo e aplicar minha força na continuação da postagem anterior, que é LEITURA OBRIGATÓRIA para qualquer um que queira compreender o motivo das mensagens abaixo.
   Diante da resposta que destroçava seus argumentos, o ser maquiavélico enviou uma nova mensagem cujo título era “Apenas Um Conselho”, a qual transcrevo a seguir: