18 de jun de 2010

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
Tem gente que come crua... e ainda toma banho com o sangue!   Quem já escreveu para mim sabe que, às vezes, as respostas podem demorar…
   Mas podem ter certeza de que todas as mensagens são lidas e, de acordo com suas relevâncias e (é claro) meu conhecimento sobre o tema envolvido, vou respondendo dentro do possível e com o maior cuidado para não falar bobagens.
   Sei muito bem que não sou tão agradável e “bonzinho” quanto alguns idealizam, mas ser cristão não é sinônimo de ser estúpido ou mentiroso ou leniente com os enganos… aliás, ao contrário de uma maioria preenchida por “boas intenções” inúteis, não faltam exemplos de que prefiro confrontar diretamente as pessoas com a Verdade do que iludí-las de que suas concupiscências podem vir a ser compatíveis com uma vida cristã genuína.
   Recentemente recebi três mensagens eletrônicas bastante interessantes cujo conteúdo e as respostas gostaria de compartilhar com meus leitores: seus conteúdos apresentam níveis diferentes de conhecimento e relacionamento com o Senhor Deus, mas que, na verdade, por suas características distintas e “pegadinhas”, acabei considerando como verdadeiros testes pessoais.
   Esta será uma série de três partes e a primeira, pelos termos empregados, pode ser a mensagem mais chocante de todas. Decidi transcrevê-la na íntegra (aplicando uma formatação compreensível, pois o texto original sequer está dividido em parágrafos…) para que outros cristãos possam compreender o nível dos raciocínios com os quais podemos ser confrontados. Desde já peço perdão, mas esta é a primeira mensagem:
   Segundo seu site você só dará atenção ao que tiver base biblica: eu não tenho base bíblica, mas tenho um desabafo. Leia por favor.
   Olá senhor "Teo" (como alguns o chamam carinhosamente),
   Eu conheci seu site há um ano e pouco.
   O que posso dizer pra você: o que eu faço pra me salvar? O que eu faço pra conhecer o Senhor Jesus Cristo de verdade?
   Devo me arrepender.
   Me arrepender do que?
   Dos meus pecados? De me prostituir? De roubar? De passar calote nos outros? Da minha merda de vida?
   Pois eu peco, peco e peco sem parar! Eu só faço é pecar!
   Pra mim você é apenas mais um: mais um no meio de milhões de interpretações diferentes da biblia.
   Você diz que está certo, que o que você prega e admoesta aí no seu site é provido de Deus… mas será que é mesmo? Os mórmons dizem que são eles, os adventistas dizem que são eles, os modalistas (unicistas) dizem que são eles, os unitários dizem que são eles… os pentecostais dizem que são eles!
   Eu estou doente, Teophilo: doente de alma e da mente! Você sabe o que é isso: você querer lutar contra uma vontade imensa de se prostituir e não conseguir?
   Você sabe o que é satanismo, macumba, batuque, sarava? Você sabe o que é beber sangue quente saindo das entranhas de uma galinha, e se banhar nesse sangue? Você sabe o que é receber SETE espiritos guias e o tormento que isso lhe causa no coraçao e na alma?
   Você sabe o que é se libertar disso? Se você é predestinado a ser salvo e eu predestinado a morrer no inferno… queria saber porque? Porque um mórmon (ou qualquer outra merda ai) deve morrer no inferno e você não? Porque Deus e Jesus querem isso de mim e deles todos?
   Você sabe muito bem que o heavy metal é do diabo (eu sei que você sabe, pois já li em algum artigo seu você admoestando sobre isso!). Eu sei que é do diabo: eu bebi do heavy, death, simphony, gotic e do black metal por muito tempo! Bandas como Therion, Dimmu Borgir, Cradle of Filth, Epica, King Diamond e muitas outras do underground do heavy metal.
   Minha mãe e eu frequentávamos macumba. Ela ia se tornar mãe de santo. Nós odiávamos Jesus Cristo!
   Sabe que eu sempre sonhei em ser cantor de metal? Eu tinha um sonho nessa época: de formar a banda mais satânica e diabólica que se pudesse imaginar! Tinha uma cruz invertida que eu mesmo havia feito em meu peito e um pentagrama que é um símbolo de um demônio… não do diabo, mas de um demônio. Nessa banda eu iria rasgar várias bíblias, cuspir nelas, pisá-las… e até queimar, urinar e fazer outras coisas nelas.
   Esse era o meu sonho até que minha mãe foi a praia para fazer seus rituais anuais e voltou muito enferma. Ficou de cama por vários dias e eu descobri uma radio evangélica aqui de Porto Alegre (RS): a rádio mensagem, do Pastor Isaias Figueiro. Eu peguei e comecei a ouvir… e dei pra minha mãe ouvir o radio também! Ela chorava muito e pedia perdão na hora das orações por nunca ter dado atenção a Jesus e a sua Palavra.
   Nós fomos lá nessa igreja, mas saímos 5 minutos depois: passamos muito mal lá dentro.
   Eu, revoltado, disse a ela que esse negócio de Jesus e Jeová (estava me referindo aos dizeres em placas dentro da igreja) era tudo besteira e que nós sempre fomos do diabo… o què nós estávamos querendo lá naquela droga? Fomos embora, mas acabamos voltando lá na igreja de novo…
   Durante o culto minha mãe chorava e, no final, ela foi receber a oração: houveram manifestaçoes demoniacas naquela hora e levaram ela pra um lugar reservado onde oraram por ela.
   Depois disso ela se manifestou só mais uma vez na igreja e nunca mais se manifestou!
   Então minha me disse: filho, eu nunca senti uma paz tão grande dentro do meu coração! Não sinto mais tristeza nem agonia nenhuma! Estou livre e sou uma nova criatura!
   No outro dia ela queimou as roupas e as guias na igreja mesmo. Pra mim não foi bem assim…
   Você sabe, Teophilo, o que é você não controlar sua mente? Pensar o que não quer pensar? É como se uma voz ecoasse na sua mente blasfemando e xingando Jesus, Deus e o Espirito Santo e você, desesperado, fica até com vontade de bater a cabeça na parede!?
   Eu sei o que é isso e Jesus sabe que eu sei o que é isso. Ele sabe que eu O queria tanto, mas eu não podia e ainda não posso! Não posso porque Deus quis que eu nascesse na época da apostasia… Deus quer que eu seja assim e eu serei: um não predestinado a ver Jesus na eternidade!
   Isso é para mim e para minha familia, mas não para você, Teophilo! Você tem a Palavra entendida e revelada, a verdadeira!
   Que bom pra você, que não se agonia e nem se desespera por saber que milhões de pessoas no Brasil irão para o inferno!
   Isso é porque elas querem… ou estão predestinadas a isso? Deus quer?
   A minha alma já se agoniou por isso. Eu disse: “Deus porque tem que ser assim?” e Ele não me respondeu e eu já esperava isso mesmo…
   Talvez você me ache um louco ou doente que precise de tratamento psicológico, afinal já tentei suicídio duas vezes há alguns anos e, no fundo, estou vendo o meu final.
   No futuro eu sei que isso pode acontecer, mas… e dai?! Vou ser só mais um a queimar no fogo do inferno!
   E tem mais: eu não creio em psicologia! Se Freud era um drogado que receitava cocaína pra quem sofria de depressão, eu que não quero saber nada de psicologia!
   Agora, que estou em casa esperando o tempo passar… talvez até mesmo pela morte… eu não sei: só queria JESUS, Teo! Jesus que é um nome doce! Eu não quero mais blasfemar sobre ele! Respeito esse Nome agora e eu sei que ele é Deus, mas… onde eu vou? Conheci Jesus no meio pentecostal e na minha cidade não tem igrejas tradicionais.
   Coloca uma foto sua ai no blog, cara! Se mostra aí e não se esconde atrás dessa máscara virtual que é a internet! Paga o preço de ser um predestinado perseguido!
   Não é assim que funciona a roda da salvação?
   Você é apenas mais um que grita pra mim, Teophilo… grita e acaba não me ajudando em nada: quando penso em voltar a Cristo, me lembro de você.
   E se o que você fala é verdade? E se não é?
   Cria outro blog dizendo assim: “todos os drogados que foram libertos pelo meio pentecostal voltem a usar drogas! Vocês estão no inferno mesmo!” ou “todos os macumbeiros que deixaram de fazer oferendas e beber sangue, voltem pra macumba! Vocês estão na mesma mesmo… isso é o que o pentecostalismo faz: te leva ao inferno com o diabo e seus demônios… é assim que é… aceite!”
   Pode ter certeza: eu sou perturbado mentalmente… pela apostasia!
   Não quero que você se sinta comovido comigo: me escarneça e deboche exatamente como faz com tantos aí! É assim que tem que ser e será assim, pois é Deus que manda em tudo!
   A paz do Senhor Jesus Cristo!
   P.S.: E minhas Palavras testemunharão contra mim no dia do Juízo Final. Amém e amém… assim seja feito.
   Digamos que não me senti comovido, mas também não me senti ofendido… talvez desafiado. Dado o emaranhado de palavras, achei que poderia estar deixando de compreender algo e como naquele momento não dispunha de tempo para realizar esse trabalho de formatação e “tradução”, respondi de forma breve e suscinta:
   Mesmo sem base bíblica quero que saiba que vou ler sua mensagem com mais atenção do que a que posso dar agora, neste final de noite de domingo.
   Não fique chateado por eu não publicar os diversos comentários que, juntos, compõem este e-mail, mas acho que sua manifestação pode até gerar uma postagem exclusiva.
   Não se zangue também pelo fato de que eu esteja apresentando estas suas palavras a algumas outras pessoas, apenas para que tomem conhecimento.
   Definitivamente não sinto vontade alguma de debochar ou escarnecer de você e de forma alguma o estou desprezando, só espero que tenha a paciência de aguardar por uma resposta…
   E recebi a seguinte resposta:
   Na verdade, por mim, se você quiser responder ou não… tanto faz!
   Pode mostrar essa mensagem e a anterior para quem você quiser… e se quiser publicar também: eu já não me importo com muitas coisas faz tempo.
   Eu só queria desabafar mesmo. Queria que você soubesse que sou um ex-ateu e ex-satanista e que conheci o Nome de Jesus no meio pentecostal.
   Só queria que você compreendesse que eu odiava Jesus e mandava ele à merda se fosse preciso! Não tinha medo nem temor!
   Hoje estou sofrendo de uma séria crise e nem consigo trabalhar… não tenho animo de fazer nada!
   Aquilo que é do mundo, como a prostituição, me devora todo dia: sou uma pessoa carente, doente… um merda! É isso que eu sou!
   Queria poder ter Jesus dentro do meu coração, queria que o Seu Espirito habitasse em mim, mas esse negócio de Igreja e apostasia está me deixando doido!
   Teophilo, eu não quero voltar ao satanismo… realmente não quero… mas já senti o desejo de voltar!
   Talvez Deus queira que eu, de fato, conheça o que é a sã doutrina… a minha igreja antiga dizia que pregava a sã doutrina de Cristo…
   Eu só sei de uma coisa, senhor: eu estou realmente doente e disso eu tenho certeza!
   Graças a Deus que não tenho mais pesadelos, mas já sonhei muita coisa ruim: demônios, macumba, prostituição e até que eu e minha mãe estávamos deitados numa cama onde não havia chão no quarto, mas um lago de lava!
   Eu já havia saído da Igreja que frequentava…
   Até, Teophilo! Esse é o ultimo e-mail que escrevo e pode ter certeza disso: só te enviei para te dizer que pode usá-los como quiser, pois realmente não me importo com mais nada mesmo.
   Adeus!
   Li com cuidado, reli tudo de novo e minha primeira certeza foi a de que se uma pessoa que não se importa com nada, não iria gastar tanto tempo descrevendo sua vida e suas inquietações com alguém que, segundo sua opinião, “grita” com ela… portanto me sinto meio que obrigado a continuar “gritando”, pois, quem sabe, seja esse o meio de injetar um pouco da Verdade no meio de tanta confusão.
   Há muitos pontos onde podemos nos deter para discutir, mas gostaria de iniciar minha resposta fazendo uma ressalva em relação ao (como classifiquei) “segundo grupo de parágrafos” da primeira mensagem: NUNCA disse que “eu estou certo”, mas sempre disse que “A BÍBLIA está certa” e é apenas nela que busco basear meus raciocínios. Ao contrário dos diversos exemplos citados e suas “obras complementares” e deturpações bíblicas, tudo o que faço é uma interpretação bíblica dentro do contexto (textual e histórico) apresentado em cada passagem, evitando olhar apenas um versículo separadamente dos textos que o antecedem e sucedem. Isso é coisa que QUALQUER UM pode (e deveria) fazer ao lidar com a Palavra de Deus… é um exemplo de nobreza deixado pelos bereianos, conforme registrado na passagem abaixo:
   “E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim. De sorte que creram muitos deles, e também mulheres gregas da classe nobre, e não poucos homens.” (Atos 17:10-12)
   Voltando agora ao primeiro grupo e o questionamento sobre arrependimento, veja o que Pedro fala sobre isso:
   “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR.” (Atos 3:19)
   Desculpe a sinceridade, mas cheguei a achar engraçada a declaração que faz a respeito de seus pecados… parece que enxerga o pecado como uma verdadeira exclusividade sua e demonstra, novamente, desconhecer o que a Bíblia fala sobre o tema:
   “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” (Romanos 3:23)
   “Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades como um vento nos arrebatam.” (Isaías 64:6)
   Logo, a “vontade de pecar” que menciona no início do terceiro bloco não te faz superior ou inferior a ninguém e eu sei muito bem o que é isso… é triste, mas não é exclusividade sua e a Bíblia também fala sobre essa questão, veja:
   “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.” (Tiago 1:13-15)
   “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” (Tiago 4:7)
   Sobre a segunda linha desse mesmo bloco: felizmente não sei dessas coisas por experiência própria e nem tenho a mínima vontade de saber! Me contento (ou descontento…) ao ouvir narrativas como a sua… só dei mesmo da parte de ser libertado de quaisquer coisas análogas a essas e posso dizer sem medo que não são culpa minha, veja:
   “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie." (Efésios 2:8-9)
   Portanto não venha me culpar ou exigir maiores esclarecimentos meus pela predestinação, pois é um conceito do qual só me apercebi faz não muito tempo. Há gente bem mais aprofundada no assunto como o irmão Jorge Isah (do blog Kálamos) ou o pastor Silas Figueira (do Ministério Beréia), que têm apresentado excelentes estudos sobre o tema, onde tenho tido a oportunidade de aprender e me aprofundar em um conceito que é ao mesmo tempo chocante e maravilhoso.
   Separei o quarto bloco para o relato da história da conversão de sua mãe e não tenho o que contrariar, apenas gostaria de recomendar a ela que, se possível, leia as referências que faço sobre santificação, apostasia e possessão: a presença de manifestações demoníacas (alteração de estado de consciência) é sinal inquestionável de possessão (e, consequentemente, não salvação), porém a ausência não necessariamente indica a real conversão… pode significar apenas que a pessoa está numa enganosa “zona de conforto”. O mais importante para qualquer um que queira ter certeza de sua salvação é buscar conhecer o Senhor Jesus Cristo através do estudo da Palavra, exatamente como recomenda o apóstolo Paulo:
   “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.” (Efésios 4:11-16)
   “Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.” (Hebreus 5:12-14)
   No quinto bloco, quando fala sobre o controle que gostaria de ter sobre sua mente… temos aqui ou um caso de possessão ou de incapacidade de conter-se (em outras palavras, incontinência!).
   Se for possessão é sinal de que ainda não foi verdadeiramente salvo: levando em conta as coisas que é capaz de escrever acerca do Senhor Jesus Cristo, principalmente na segunda mensagem, sou quase forçado a crer nessa opção, já que a segunda (incontinência) é uma característica comum a maior parte de sua geração, veja:
   “SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.” (2 Timóteo 3:1-7)
   O conselho que posso te oferecer não é nem um pouco original, mas pode te levar a ser um bem-aventurado:
   “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.” (Salmos 1:1-2)
   “Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; E estando prontos para vingar toda a desobediência, quando for cumprida a vossa obediência.” (2 Coríntios 10:3-6)
   Não posso deixar de elogiar seu descrédito e suas observações relativas à psicologia que, no fundo, pode até mesmo ser considerada como uma outra religião completamente incompatível com o cristianismo genuíno, mas não é um singular ponto de concordância que pode me convencer a seu respeito: não há objetivo algum em colocar minha foto por aqui! Imagina só alguém surtado decidindo direcionar suas psicoses contra minha pessoa e, pior ainda, meus familiares?!
   Que papo é esse de “preço a ser pago”? Será que não sabe que todos os débitos já foram pagos através do sacrifício do Senhor Jesus Cristo? Aliás, essa sua menção à tal “roda da salvação” me remeteu à “roda de samsara”, que é um tema completamente “transcendental” ou, melhor dizendo, satânico mesmo!
   Me admiro que sendo “apenas mais um que grita para você”, tenha sido escolhido como alvo de seu “desabafo”. Aliás, se o que falo não for a verdade… então não existiria salvação e estaríamos todos conjuntamente condenados a algo ainda pior que o inferno, pois se a Bíblia (que é o que falo) não é a Palavra de Deus, então a humanidade está abandonada a seu próprio destino e, pior ainda, sem qualquer influência na esfera espiritual!
   Logo, se você conhece a possessão, os demônios e satanás, também sabe que existe Deus e, pela lógica e para a infelicidade de muitos, tudo ao que me refiro é A Verdade que conduz ao caminho da salvação e da vida eterna. Nada disso é culpa ou criação minha… sou apenas um servo que nada cria, apenas me contento em transcrever e aplicar as maravilhosas palavras do livro chamado Bíblia!
   Outra coisa: não adianta repetir mil vezes que “não se importa”, pois se fosse assim sequer teria escrito um “desabafo” tão extenso!
   Eu sei que se importa e sei que está desesperado por não compreender a real extensão do amor e da graça do Senhor Deus. Sei que, por todos os atos que teve paciência de descrever (e por aqueles que nem relatou), que se sente culpado e indigno de ser salvo… e eu, particularmente, te fulminaria sem pensar duas vezes, mas Deus… Ele é maravilhoso demais para ser medido ou conhecido pelo homem:
   “Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.” (João 3:17-21)
   “E Jesus clamou, e disse: Quem crê em mim, crê, não em mim, mas naquele que me enviou. E quem me vê a mim, vê aquele que me enviou. Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas. E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.” (João 12:44-48)
   “Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.” (1 João 2:4-6)
   Enquanto você estiver vivo há tempo: parece que quem está “gritando contra você” é apenas você mesmo, com toda a sua culpa e revolta…
   Eu não te conhecia e nunca sequer pensei em você antes dessa sua manifestação! Mas tenha certeza que o Deus que me inspira a escrever e que me sustenta nas aflições… é Ele quem te conhece muito bem… mais até do que você mesmo! Só isso pode explicar o fato deste blog estar sendo a perfeita concretização do ditado que diz “a carapuça te serviu”… e com perfeição!
   Se essa postagem te serviu como resposta, ore agora, se arrependa e se converta! Entregue sua vida nas mãos desse Deus que está pronto a te receber e tratar de todas as suas feridas e psicoses, pois nem eu, nem você e nem ninguém pode saber quem são os predestinados senão o Senhor Deus, que tudo sabe!
   Caso contrário… vá chupar sangue de galinha direto do pescoço, pois até isso eu já fui obrigado a fazer em um acampamento da aeronáutica! Agora, esse papo de banho de sangue… é falta de higiene mesmo, hein?!
   Eu ia chamar este capítulo de “O Profano”, mas achei melhor não. A seguir teremos o que iria chamar de “O Fariseu”…
   Que a graça e a paz do Senhor Jesus Cristo sejam com todos aqueles que O amam e buscam em espírito e em verdade.

Related Posts with Thumbnails