28 de jun de 2010

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
logoufmbb   Em primeiro lugar gostaria de deixar bem claro que em momento algum estive ligado à criação de nenhum dos conceitos e logotipos que serão apresentados e analisados no decorrer desta postagem, assim como não haverão muitas referências bíblicas diretas. Isso significa que as informações a seguir são contestáveis.
   Imagino que todos saibam (ou pelo menos a maioria) que os mestres da maçonaria usam técnicas avançadíssimas de simbologia para inserir significados ocultos nas imagens mais insuspeitas, haja vista sua sagacidade em ilustrar através de um compasso (Osíris / Virilidade = símbolo do sexo masculino) e de um esquadro (Ísis / Beleza = símbolo do sexo feminino) um ato sexual de forma explícita para aqueles que são “iniciados” em seus conhecimentos.
   Não sei no mundo, mas aqui no Brasil muitas cidades tem uma estátua dessa sacanagem contínua exposta em suas principais entradas e algumas praças.
   E, era o costume ou havia uma espécie de código de honra, mesmo quando descobertos eles deveriam negar tudo até o final!
   Já tive a oportunidade de apresentar a influência da maçonaria nas igrejas batistas brasileiras desde sua fundação, mas nunca tive uma revelação tão direta de que sua atuação se intensificou e se arraigou no decorrer dos anos… e o raciocínio que apresento a partir de agora poderá escandalizar a muitos, mas não deixa de ser lógico e plausível dados os fatos expostos.

CUIDADO AO LER ESTE POST

SERÃO USADOS TERMOS E APRESENTADOS LINKS QUE EXIGEM MATURIDADE E DISCERNIMENTO
POR FAVOR, NÃO SIGA EM FRENTE SE FOR SENSÍVEL À REFERÊNCIAS SEXUAIS
Alusões ao Sexo Feminino
   A caminho da casa de minha mãe passei pela praça da maçonaria e vi a referência ao ato sexual que já mencionei acima. No rádio começou a tocar uma velha música do cearense Ednardo chamada “Manga Rosa”, cuja curta letra diz:
   A manga rosa, Maria Rosa
   Rosa Maria Joana
   Peitos gostosos, rosados doces
   mama Mama mamãe
   Teu sumo escorre da minha boca
   Entre aberta a porta por onde entra e por onde sai
   Por onde entra e sai o mundo, mundo
   Balança a fronde farta mangueira
   E mata a fome morto a fome
   Ou Mata imensa mata imensa massa
   Florados cachos de verde amarelou
   Maduro fruto
   Que pro nosso gozo
   Vem, amém Mamem, amém
   Conforme pode ser verificado no vídeo, o próprio cantor declara que esta foi uma música feita na “saída” da ditadura, ou seja, algo necessariamente repleto de alegorias e simbologias para poder falar de temas que naquela época seriam sumariamente vetados (Diga-se de passagem, isso obrigava os compositores a serem extremamente mais criativos para falar qualquer coisa, ao contrário do que constatamos nos dias de hoje, especialmente com os chamados “funkeiros”).
   Gente ligada ao ocultismo como Raul Seixas, Paulo Coelho e Alceu Valença puderam fazer muitas conjurações nesta época e a partir dela, mas (não defendendo e nem atacando) parece que o Ednardo só queria falar dos seios (a manga rosa do título) e fazer diversas outras possíveis referências ao sexo e à anatomia feminina. Não pretendo me ater a todos os detalhes, mas “a porta por onde entra e sai o mundo” não deixa de ser uma forma bastante filosófica de referência à vagina… há alguém que não tenha passado por essa porta?
   Curiosamente, neste mesmo dia o apresentador de um programa mencionou que vermelho era a cor da paixão e, intensificando a indicação, A COR DO PRAZER! Guardem esta informação para futuras referências.
   Então, por um completo acaso, busquei pela revista “Visão Missionária” e me deparei com o novo logotipo adotado (não sei quando) pela UFMBB (União Feminina Missionária Batista do Brasil) e me assustei ao verificar a presença dos dois símbolos acima mencionados dentro de uma estrutura que poderia lembrar a silhueta de um peixe em pé, mas sem calda… algo meio sem sentido e que, em uma primeira percepção, poderia ser classificado como mero acaso e não ser percebido. Posso afirmar que ao longo de 102 anos não o foi pela maioria dos batistas…
   Alarmado com a possibilidade de ter me deparado com a ostensiva exibição de um símbolo vulvar explícito criado intencionalmente para figurar dentro das igrejas pertencentes à denominação batista, comecei a pesquisar a última referência, que deveria ser uma Bíblia pintada de amarelo entre o mundo e o fogo.
   Busquei pelo logotipo original (preto e branco) e, ao descobrí-lo, notei pequenas deturpações que indicam uma sutil manipulação provavelmente maçônica desde o início. Ampliem a primeira imagem exibida na postagem e leiam cuidadosamente o que está escrito:
   “Posso todas as coisas naquele que me fortalece.” (Fil. 4:13)
   Sendo os batistas tão tradicionalmente zelosos pela Palavra, me surpreendo que em 1908 tenham usado uma versão diferente da ACF para transcrever uma passagem. Vejam o que realmente está escrito:
   “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” (Filipenses 4:13)
   Mas as discrepâncias gritaram ainda mais alto quando percebi que a abreviatura de Filipenses NUNCA FOI “Fil” e sim “Fp”. Se a intenção de remover o nome de Cristo da passagem poderia ser uma suposta economia de espaço, porque aumentar uma letra na abreviatura? “Fil” não é abreviatura para nenhum dos livros da Bíblia, mas sim para “filosofia”… e isto nem sempre está de acordo com a Palavra de Deus.
   Pior que isso é imaginar que o nome de Cristo tenha sido removido para permitir aos seus criadores, maçons, que ao pronunciar tal frase pudessem estar fazendo referência ao tal GADU… que, segundo a filosofia ecumênica vigente nos meios maçônicos, pode ser Buda para uns, Alá para outros e, porque não, o próprio satanás em alguns casos.
   Consciente de que o logotipo já tenha sido criado, mesmo em preto e branco, com todo o simbolismo necessário e muito bem aplicado, só me restou buscar o significado da cor amarela.
   Ora, por mais valiosa que seja a Palavra de Deus, sua principal característica seria a Verdade que conduz à santificação ou, como queira, à pureza. Logo, suponho que a cor correta a ser exibida deveria ser o branco e não o amarelo, que remete ao ouro e aos bens materiais.
   Então, levando em conta que o que está se desejando expor é uma parte da anatomia humana em condições normais, a mais comum substância amarela relativa ao corpo é a urina (pois apenas estados inflamatórios justificariam a existência de pus), que é expelida através da uretra que, “coincidentemente”, se posiciona exatamente entre o clítoris e a vagina, permitindo a construção do seguinte esquema com o novo logotipo:ufmbb_novologo
   Sem dúvida, tal qual os participantes dos rituais pagãos, as mulheres batistas estão carregando um símbolo bem distinto e inquestionável de que fazem parte de uma união exclusivamente feminina.
   Imagino como os iniciados nos mistérios ocultos possam se regozijar ao ver este símbolo exposto dentro das igrejas e me entristeço ante a possibilidade dos batistas brasileiros estarem submetidos a uma liderança maçônica desde sua fundação. Creio que a “evolução” do logotipo para essa exibição ainda mais explícita se deva ao cumprimento dos tempos
   “Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido. Porquanto tudo o que em trevas dissestes, à luz será ouvido; e o que falastes ao ouvido no gabinete, sobre os telhados será apregoado. (Lucas 12:2-3)
   Podem discordar, pois não sei o motivo de ter recebido tal revelação incômoda e indecente… nem mesmo gosto do termo “revelação”! Só registrei aqui porque, após pesquisar, não encontrei absolutamente ninguém que tenha registrado sequer uma suspeição sobre o tema.
   Posso estar enganado? Sem dúvida! Mas são muitas coincidências para apenas um símbolo… e não espero que, sendo revelados, os servos das trevas venham a se retratar, pois algumas coisas, não reveladas intencionalmente, continuam tendo de ser negadas até o final.
   O Senhor meu Deus tenha piedade de mim e os cristãos me perdoem pela inconveniência do tema abordado.

Related Posts with Thumbnails