8 de mar de 2010

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
ttalento02[1]    Para “alegrar” (????) o final de semana, decidi mostrar uma seleção com as “melhores” (???) músicas gospel que já se forçaram por meu ouvido adentro desde a época em que não era Teóphilo, mas mesmo como mero esquentador de banco já ficava alarmado com algumas discrepâncias e incoerências das letras em relação à Bíblia.
   Acho que foi por aí que começou esse meu ministério de análise e refutação e a culpa é toda do incompetente e ganancioso que um dia chamei de “meu” pastor, pois além de permitir que enfiassem qualquer música lá na frente da igreja, mesmo quando alertado sobre os fatores de erro preferia não banir a música… porque “agradava os jovens”, especialmente a filha dele, que (só durante estas pesquisas percebi) se julgava a reencarnação em vida da Ana Paula Valadão.
   Fiquei surpreso pela descoberta dessa nociva veneração, mas isto provou a mim mesmo que não sou preconceituoso em relação ao "Ministério Diante do Trono": apesar de já ter apresentado muitas das heresias que praticam e propagam, não sou ouvinte de seus trabalhos e algumas das músicas cujo CONTEÚDO sempre foi objeto de total discordância (letra da música x Bíblia) fazem parte de seu extenso repertório sem que eu nem mesmo soubesse!
   Essa postagem contém muitos vídeos e pode ser de difícil visualização para aqueles que não possuem banda larga.
ttalento01    Pensei em criar um artigo no estilo do "Absurdário Gospel" em relação às músicas que muitos costumam chamar de "louvores", mas que acabam nem servindo ao objetivo ao qual se propõem. No absurdário a simples apresentação de cada episódio já justifica o nome, porém percebi que a simples apresentação das músicas não seria o suficiente para explicitar as deturpações e, por isso, julguei necessário prover a devida refutação / explicação bíblica para que os incautos não continuem iludidos em seu "mundinho de avestruz".
   As pesquisas para algo que, inicialmente, deveria ser uma simples postagem de final de semana no blog foram se tornando tão mais extensas que o imaginado que, no final das contas, acabaram tendo que se tornar uma análise aqui, no site principal.
   Isso, infelizmente, só prova que o "mundo gospel" tem ido de mal a pior... e sem perspectivas de recuperação.
   Por favor, continuem lendo o artigo no SITE PRINCIPAL.

Related Posts with Thumbnails