27 de fev de 2010

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
chileterremoto[1]    O mundo vai me achar algum tipo de louco ou perverso, mas estava aguardando um evento exatamente como esse para poder questionar algumas pessoas levianas que quiseram criar algum tipo de relação entre o terremoto que a pouco tempo atingiu o Haiti e a prática de Vodu, ou seja, fatores religiosos.
   Quero ver o que irão inventar para justificar essa catástrofe, já que no Chile o quadro religioso é quase semelhante ao do Brasil: aproximadamente 70% de sua população se afirma católica e os protestantes são quase 16%.
   Antes de mais nada: NÃO! Não estou contente pela morte de (até o momento) 234 pessoas e muito menos estou querendo tripudiar sobre o sofrimento alheio, mas não posso deixar de, nesse momento em que o ser humano é sensibilizado e consegue enxergar sua própria fragilidade, mostrar o único caminho que pode garantir a vida não apenas em caso de terremotos, mas contra qualquer tipo de catástrofe.
   Só para efeito de informação, este terremoto alcançou, através de seus “reflexos”, locais como a Argentina e até mesmo alguns pontos de São Paulo, assim como provocou tsunamis (ondas) que viajavam com velocidade semelhante à de aviões em oceano aberto.
   Esta será uma postagem particularmente curta e confrontativa, pois não agüento mais ouvir algumas pessoas dizendo que terremotos sempre ocorreram, que não está acontecendo nada de diferente no mundo… por incrível que pareça, até contra esses “sabichões” a Bíblia nos previne:
   “Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste. Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio, Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios. Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (2 Pedro 3:3-9)
   O tempo que o Senhor retardou sua promessa está chegando ao fim e, ao contrário do que pensam alguns bobos alegres que ficam cantando, pulando, deturpando a Palavra e enganando ainda mais bobos por aí, A PROMESSA DO SENHOR SE CUMPRIRÁ INTEGRALMENTE, ou seja, cada detalhe explícito que foi registrado na Palavra de Deus não vai ser “pulado” para aliviar ninguém! ´Já falei sobre isso: Deus é Fiel!!
   Ora, se nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo foi crucificado e se os cristãos originais eram apedrejados ou jogados aos leões… que temos nós de melhor para não passar por tormentos e provas semelhantes? Se através dos tempos nos tornamos molengões, tenho o triste dever de informar que o Senhor Deus NÃO MUDA! Pense nisso e esteja pronto para todas as possibilidades, até mesmo de que o arrebatamento só venha a se concretizar após o soar da ÚLTIMA TROMBETA! Se não entende ao que estou me referindo leia sobre as sete trombetas em Apocalipse e, depois de saber o que cada uma representa, veja 1 Coríntios 15:51-54.
   Os desastres virão e se sucederão em intensidade e número cada vez maiores a um ponto em que até a imprensa será forçada a admitir que nunca ocorreram coisas tão terríveis desde a fundação deste mundo. Serão coisas tão assustadoras que até mesmo os HOMENS desmaiarão de tanto medo pelo que há de vir… esse é um detalhe importante, porque mulher e criança desmaiar é (comumente) coisa mais fácil.
   Deixo aqui o link para uma pesquisa realizada pelo espiritualista Roberto C.P. Júnior, onde ele apresenta a evolução do número de terremotos no decorrer do tempo e cujo título é “Terremotos”… mesmo não sendo cristão ou evangélico, vemos aqui um cientista que mesmo não se baseando nas Escrituras, acaba confirmando o cumprimento de suas profecias e serve para calar a boca dos “sabichões” que teimam em repetir com desdém que “terremotos sempre aconteceram”…
   Mas, afinal, qual a garantia de vida sobre a qual falei no início do texto? O que pode resistir a um terremoto de intensidade 8.8 na escala Richter ou até mais intenso?
   Simples:
   “Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (João 10:9-10)
   “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?” (João 11:25-26)
   “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16:33)
   Eu não estou falando de superpoderes ou inventando uma escala de plantão para os anjos ficarem salvando ninguém, pois em ponto algum da Bíblia há garantias contra o sofrimento, contra a angústia, contra os desastres.
   Este nosso corpo é fraco e, após o pecado, foi destinado a perecer. Até mesmo os prédios e pontes, feitos de concreto, metal e pedra foram destruídos após o terremoto… aliás, esse planeta inteiro com toda a sua água e o que quiserem imaginar como material mais resistente e indestrutível… tudo isso tem destino certo:
   “Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?” (2 Pedro 3:10-12)
   Então, antes de se desesperar, compreenda o motivo da minha calma e exultação: está tudo indo exatamente conforme o plano original!
   Nada está fora do lugar, nenhuma peça vai ficar faltando nesse cenário, nenhum capítulo será pulado nesse seriado que nem a ficção científica, mesmo se esforçando muito, conseguirá desacreditar: antes de sair por aí achando que qualquer empresa eclesiástica é uma porta de acesso à salvação, conheça bem a Palavra daquele que NUNCA mente e aprenda a discernir os caminhos que levam à morte do ÚNICO que leva à salvação para a vida eterna.
   Como disse, esse terremoto não chegou a me surpreender, mas na verdade estou na expectativa de testemunhar coisas ainda mais fantásticas e terríveis como, por exemplo, sinais no sol e nas estrelas:
   “E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima. ” (Lucas 21:25-28)  
   Não sei vocês, mas quanto mais as coisas se complicam, mais eu olho para os céus com expectativa, ansioso pelo fim de tanta batalha, de tanto sofrimento, de tanta coisa sem necessidade e nem lógica de ser…
   O Senhor Deus, que é poderoso para cumprir Sua Palavra e nossa garantia completa em qualquer situação, seja com cada um que O busca e obedece… até a consumação dos séculos! Amém.

Categories:
Related Posts with Thumbnails