05/01/2010

Lugar Comum (Parte 2)

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
MultidoDominada[1]
    Sei muito bem que há um certo risco em fazer postagens com continuação, pois muita gente pode não ter lido o início da história e deixar de compreender integralmente o assunto em questão. Se faz necessária a leitura da primeira parte dessa minissérie, porém, antes de prosseguir apresentando as mensagens da postagem anterior, gostaria de apresentar e responder um pequenino, porém assaz reflexivo, comentário que recebi ainda sobre “Raízes Apodrecidas”:
   Sou membra de uma Igreja Batista e tenho certeza que o Pastor não concorda com a maçonaria. Acho que você não pode generalizar a todas Igrejas Batistas.
   Muito me alegra receber informações sobre estes derradeiros bastiões, cada vez mais raros e, muito possivelmente, ainda capazes de discipular verdadeiros cristãos!
   O problema é que ocorrências como essas infelizmente se tornaram exceções à regra, pois a finitude do ser humano garante a corrupção do conteúdo original: enquanto este pastor se levanta contra a maçonaria, algum jovem seminarista — talvez o próprio filho dele — está sendo instruído com psicologismos, humanismos e tantos outros “ismos” que existem maliciosamente por aí e que são quesitos obrigatórios no currículo dos pastores profissionais.
   A qualquer momento a “modernidade” acaba dando um jeito de contaminar estas instituições: seja por um simpático e bem intencionado pastor substituto, seja por alguma “idéia genial” para renovar o velho sistema… quem viver verá que muito em breve será apresentada até como ordem governamental!
   E também existe a possibilidade desse pastor até não concordar com a maçonaria, mas estar de acordo com os “propósitos”, com a prosperidade, com tantas outras coisas discordantes da Palavra…
   Dessa forma, caso essa instituição religiosa passe por todos esses “coadores”, então, minha irmã, aproveite essa preciosa benção que recebeu e congregue fielmente enquanto ali se mantiver o culto racional!
   Lamento apenas o fato de não haver se identificado melhor e nem ter dito em que cidade se encontra, pois é muito comum que as pessoas venham me pedir indicações de denominações e instituições religiosas que possam freqüentar… veja um exemplo:

   (Continuação da postagem anterior)
   Bom, primeiro quero agradece-lo por podermos discutir esse assunto sem nenhum tipo de ofensa de ambas as partes, isso é fundamental.
   Gostaria que você me respondesse de forma bem sucinta (sim ou não) novamente na pergunta que faço a seguir:
   Esqueça a questão da repetição, você acha errado qualquer pessoa (mesmo que apenas em suas orações) se dirigir a Deus como paizinho?
   Mais uma vez fiquei curioso com uma parte de seus comentários vou posta-lo abaixo:
   “O espírito que a direciona a fazer isso é o mesmo que a mandou rastejar no chão e fazer uma música para satanás, por exemplo.”
   O que quis dizer com isso? Qual foi essa música que a fez rastejar no chão?
   Um abraço.
   Veja bem: o que EU ACHO ou deixo de achar pouco importa, pois a regra que prevalece é a registrada na Palavra de Deus.
   Sem dúvida quando buscamos conhecê-la de todo o coração e todo o entendimento vamos compreendendo detalhes que talvez antes nunca tenhamos observado.
   Não encontramos em momento algum, por exemplo, referências de intimidade casual extrema em parte alguma... no máximo "Pai"! Não que os personagens bíblicos não tivessem tal intimidade, mas chamadas como "o cara lá de cima", "o véio" ou títulos semelhantes acabam tendo uma propriedade diminutiva do caráter do Senhor Deus, como se Ele tivesse mudado (e, por acaso, Ele NUNCA muda!) e se esquecido do temor e do tremor necessários quando nos aproximamos d'Ele. Veja a recomendação de Davi:
   “Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra. Servi ao SENHOR com temor, e alegrai-vos com tremor.” (Salmos 2:10-11)
   Tenho em mente que o evangelismo é um eterno discipulado onde os mais novos procuram imitar em tudo aqueles que consideram como exemplo, portanto, diante da multiforme graça de Deus, não posso querer que o seu caminho seja exatamente igual ao meu: cada um terá o seu nível de intimidade, cada um terá as suas experiências, cada um terá as suas bênçãos e aflições; porém tais fatos ocorrerão de modo que NUNCA contrariem a Bíblia E cujo terreno comum entre todos permaneça sendo apenas a Palavra de Deus.
   Percebo que não leu os textos que recomendei e, imagino, que tenha lido apenas essa pequena "ponta do iceberg" onde exponho algumas das deturpações cometidas pelos "afogados": o fato de nem saber onde foi que ela rastejou me mostra que não deve ter lido "Afogados e Afundando" na íntegra...
   Se quer realmente compreender o que a Palavra de Deus tem a dizer sobre o assunto, leia os artigos recomendados com a Bíblia ao lado, para poder consultar e saber se os fatos que apresento têm referência nela ou se são apenas "o que eu acho"…
   Espero que não precise mais me questionar sobre meus gostos e preferências, pois "o que eu acho" não tem valor algum se contrariar a Palavra.
   O Senhor te encha com sabedoria e abra seus olhos para reconhecer que há uma batalha espiritual sendo travada neste exato momento... espero que haja ainda tempo para que você não seja mais uma da incontável maioria dos que foram vítimas por não querer (e nem ter vontade de) enxergar!
   Desculpe, pois realmente eu não tinha lido na integra toda a sua matéria, mas agora li.
   De tudo isso, só fico com uma impressão: parece que pra adorar a Deus, da maneira que você coloca, fica parecendo que apenas quem é muito instruído conseguirá, pois todos os outros com certeza cometerão várias, digamos assim “gafes imperdoáveis” mesmo tendo a bíblia como manual e referência.
   Ai de mim então.... que serei facilmente descartado uma vez que com certeza cometo vários erros ao me referir a Deus mesmo que estes não sejam com má intenção.
   Sugiro que pense melhor, pois para adorar a Deus não precisa ser instruído... apenas seguir o "manual de instruções" que é a Palavra de Deus!
   O problema é que, por vivermos no tempo da graça e não caírem mais raios na cabeça de quem erra, as pessoas se aproveitam da liberdade para inventar aberrações inaceitáveis.
   Basta não ficar querendo inventar "novidades" e seguir a Palavra que vai estar tudo certo... O Senhor Deus não está nem aí para o que trazem os novos "Nadabes" e os novos "Abiú"!
   Quem vai te lembrar da Palavra e resguardá-lo dos erros é o próprio Espírito Santo, pois essa é a função dele! Sugiro que procure verificar também o texto "Uma Definição para Apostasia".
   Um fraternal abraço!
   Diante de suas colocações, fico a pensar.... Parece-me bastante difícil seguir o caminho que seja correto, pois todas as igrejas que já fui tem suas digamos “falhas” ou imperfeições.
   Uma vez que já vi que você é bastante rigoroso com as doutrinas ou regras de conduta a que a bíblia ensina, fica aqui a minha humilde pergunta:
   Qual igreja hoje no Brasil ensina realmente o que é correto segundo a bíblia?
   Por favor gostaria que você fosse bem claro na resposta, queria saber o nome da denominação ok?
   Agradeço se responder.
   Obrigado.
   A partir de agora, em caráter direto, apresento a continuação deste diálogo que NÃO FOI enviada por e-mail, mas está sendo respondida aqui:
   Meu amado,
   Minha vontade seria a de te indicar a igreja da irmã que abriu esta postagem, mas ainda assim eu não me sentiria confortável em fazer isso, pois não estive lá pessoalmente para verificar se é mesmo esse “oásis espiritual” apresentado na mensagem.
   Para ser dolorosamente sincero, sou obrigado a te informar que, me parece, NÃO EXISTE instituição eclesiástica ou denominação perfeita nem no Brasil e nem no mundo! Isso não significa que a Igreja não seja perfeita, pois ela é composta por cristãos genuínos que buscam conhecer e viver de acordo apenas com a Palavra de Deus! É contra essa Igreja que as portas do inferno nunca poderão prevalecer… porque sobre todas as outras parece já ter prevalecido com larga vantagem.
   Temos visto verdadeiros servos de satanás se travestindo de ministros de Deus para fazer sinais satânicos, divulgar a deturpação da Palavra (misticismo, superstição, etc.) e satisfazer seus desejos carnais e torpes ganâncias. Esses tem movido milhões de pessoas em torno de uma fé que não está depositada verdadeiramente no Senhor Deus.
   Há ainda algo que me incomoda nessa questão, pois fica soando como se, ao te indicar uma igreja ou denominação, eu passe a me responsabilizar pelo que, a partir de então, venha a ocorrer com sua vida cristã e até mesmo o destino de sua alma… e parece que a Bíblia não está muito de acordo com esse conceito, veja:
   “E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me. Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará. Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma? Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos.” (Marcos 8:34-38)
   “Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” (Romanos 14:11-12)
   Meu papel tem sido apresentar a verdade e fornecer as “ferramentas” para que os cristãos verdadeiros possam identificar os erros e se apartar deles. Faço isso baseado apenas na Palavra de Deus e, em hipótese alguma, posso endossar toda uma denominação: sei muito bem que o joio já supera largamente o trigo e isso é cumprimento de profecia bíblica, ou seja, não há perspectiva de melhora na situação.
   Minha batalha deixou de ser pela restauração das instituições eclesiásticas e se direcionou ao despertamento, instrução e edificação dos cristãos genuínos, bíblicos e destinados à salvação: o caminho não é fácil e, sem dúvida, sempre estará em desacordo com a opinião da “maioria”.
   O que posso te dizer? Que assuma sua responsabilidade como cristão e passe a buscar o discernimento do que é correto, desprezando e combatendo as deturpações e mentiras que se multiplicam em nome de um deus que não é Aquele a quem devemos verdadeiramente servir. Veja Apocalipse 1:5-6 e saiba que, como rei e sacerdote, sua responsabilidade é muito grande e, ao contrário do que muitos gostariam, seguir ruminando no meio de uma multidão irracional NÃO É uma opção válida para conduzir os cristãos gentios à salvação.
   Siga o exemplo dos bereanos citados em Atos 17:11, pare de querer saber o que eu ou qualquer outra pessoa deste mundo “acha”, deixe de ser preguiçoso e de querer colocar sobre os outros uma responsabilidade que é exclusivamente sua: veja diretamente na Bíblia o que O Senhor Deus acha e nunca mais seja escravo de fábulas, doutrinas deturpadas e vãs filosofias!
   Pode não gostar da resposta, mas essa É a Verdade…

   O exercício de responder mensagens não termina e esta série se estenderá mais um pouquinho por causa de mensagens como essa, que chegou como comentário para “Legião de Energúmenos”:
   Bom, Jesus fez o que com um possesso? Perguntou seu nome, certo? Ele respondeu, legião. Isso pode ser considerado uma entrevista?
   A promessa do Espírito Santo é para hoje também, gostaria de um único versículo - não de doutrina de denominação que está abaixo da Bíblia - que diga que o Espírito Santo não se manifestaria nos nossos dias.
   Não entendi direito, não devemos expulsar os demônios, porque eles podem voltar?
   Devemos expulsar, e ensinar o ex-possesso, para que cuide de sua casa.
   Creio que o Espírito Santo não habita em templo impuro. Então, Ele pode se afastar sim do cristão. Falar que a presença do Espírito Santo é definitiva, independente da nossa conduta, é um convite à estagnação.
   O cristão peca, mas pede perdão. Agora, se um cristão vir a se rebelar contra Deus, você acha que o Espírito continuará nele?
   Vamos diferenciar o verdadeiro do falso. Vamos examinar tudo, e reter o bem.
   Infelizmente, muitos - indo contra a própria Bíblia - têm desprezado tudo o que diz respeito ao Espírito Santo.
   Grande Abraço, e Deus nos abençoe e nos guie!
   A resposta?
   No próximo capítulo desta minissérie que deve ir ao ar, no máximo, até sexta-feira.
   Até lá e que o Senhor Deus nos abençoe e proteja da cegueira que se alastra e contamina.

3 comentários:

Postar um comentário

                              ATENÇÃO!

   Fico feliz por você estar desejando registrar um comentário, porém peço que (principalmente caso vá praticar qualquer tipo de retaliação), pense bem antes de fazê-lo:.

   1. A partir de 22/07/2011 restringi (no intuito de impedir mesmo) os comentários neste formato (arcaico e nativo do blogger), pois estão relacionados às postagens antigas: o assunto pode até ser atual e pertinente, mas definitivamente não está no centro das atenções do autor.

   2. Este formulário só aparece para permitir a leitura dos comentários anteriores... já leu para ver se sua dúvida não foi respondida? Tem certeza que sua pergunta é inédita e exclusiva? Se for, então pode me enviar um e-mail:
teophilonoturno@gmail.com

   3. Provavelmente o que você leu foi baseado na Bíblia ou em fatos, NÃO em opiniões pessoais (busque referências bíblicas!!!). Se você "caiu de pára-quedas" aqui não comece a metralhar sem conhecer o posicionamento do autor através de seus outros textos, pois comentários descabidos e sem fundamentação serão desconsiderados!

   4. Sem dúvida o texto não contém ofensas pessoais e muito menos palavras torpes (não escreva ofensas, palavrões, bobagens...).

   5. Muito provavelmente você vai encontrar sérias dificuldades para apagar seus comentários daqui caso algum dia venha a se arrepender de tê-los feito: meu trabalho é registrar fatos e, depois que você pressionar o botão enviar, suas próprias palavras poderão testemunhar contra você.

   Obrigado pela atenção.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails