29 de jun de 2009

Irai-vos… Mas Não Pequeis

     Eu poderia enumerar quantas pessoas já me contataram com os mais diversos objetivos e, na intenção de consolidar a Palavra, tive a oportunidade de responder: um espírita, um “deus”, um defensor do “avestrucismo”, uma idólatra gospel… até mesmo uma “ministra” da Rebecca Brown! Tudo isso só aqui no blog!
   A cada um deles dediquei atenção e fiz questão de responder, pois apesar de estarem afirmando totais absurdos diante da Palavra de Deus: eram oportunidades de pregar e divulgar ainda mais a Bíblia e não enganos ou meu próprio nome.
   Porém, recentemente apresentou-se uma pessoa que não aparenta ter dúvidas, mas manobra habilmente com as palavras com o único intuito de realizar ataques diretos à minha pessoa e apenas mediante a cuidadosa análise de suas palavras pude constatar isso. Cada frase é um questionamento com quase nenhuma intenção bíblica, porém de puro confronto pessoal. Vejamos:
   Meu irmão, lhe adianto, que antes de pedir, você já estava desculpado, e PERDOADO por ter me tratado de forma ríspida. E já adianto que estás perdoado também por ter ido além de um tratamento ríspido. E não consigo ver humilhação nesse seu ato. Muito pelo contrário; vejo uma ponta de grandeza não muito comum nos meios “evangélicos” em nossos dias.
   Na postagem onde intencionei me desculpar, apresentei os pontos de divergência para que não houvessem dúvidas sobre o comportamento de ambos, mas parece que essa pessoa quer continuar firmando sua posição de acusadora. Quais suas intenções? Se o reconhecimento de meus erros não lhe foi suficiente… qual será seu objetivo?
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: Indefinida. Quer dar uma lição sobre perdão? Quer me comparar ao “meio evangélico atual”?
   Não sou eu, uma dessas pessoas, que disse que a reforma no layout foi APENAS PARA TORNÁ-LO como o rosto... o que eu disse foi que a reforma o tornou “de uma QUALIDADE ÍMPAR!”. MAS QUE FICOU UMA PONTA DE VAIDADE. Peço-lhe desculpas pela “ponta” e troco a palavra por “uma pontinha”. Fica melhor assim?
   Uma mentira, pois a exata frase enviada por essa pessoa foi: “Única coisa que acho é que ficou como o rosto de uma bonita mulher muito maquiada, mostra uma ponta de vaidade, cuidado irmão, vigia!”
   Ora, quer dizer que as palavras dele podem ter outras interpretações? Não é capaz de reconhecer os próprios ataques? Pessoa de duas palavras… ou serão mais?
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO. O núcleo desse assunto é o ego e não a Palavra…
   Você não é fã de ninguém, mas aceita, que até membros da sua equipe, sejam seus fãs e comentem em seu próprio blog sobre essa posição “idolatria”. E ficou meio “pedante” esse comentário logo depois dos meus.
   Parece que essa pessoa se incomoda com o serviço do “Google Friend Connect” a ponto de me acusar por isso. O interessante é que eu já havia repudiado o termo “seguidores” anteriormente e, sabendo que apenas através desse serviço eu ficaria ciente das atualizações nos blogs dos quais também sou “seguidor”, deixei de dar tanta atenção ao assunto.
   Outra coisa é que costumo não bloquear comentários de ninguém… desde que sejam relevantes. Até hoje os seus próprios não apareceram aqui?
   Começa a ficar latente uma intenção de ataque direto e pessoal: a utilização das palavras “idolatria” e “pedante” denota que o problema dele é comigo, pois suas outras citações (Leonardo, Danilo… pastor Ciro!) têm muitos seguidores a mais que eu!
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO! Continua me colocando como foco de seus ATAQUES.
   Porque ao invés de ter procurado tanto e de ter ido ao dicionário, FAZER PESQUISAS, você não foi à Bíblia, no exato texto que eu lhe referenciei, dizendo-lhe que foi de onde tirei o termo “Labaredas de fogo”. Se você não procurar na Bíblia continuará a ver relação com possessão demoníaca! Na Bíblia há SUBJETIVIDADES EM RELAÇÃO A LABAREDAS DE FOGO! veja.
   Engraçado… eu fui à Bíblia sim e li:
   “E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo.” (Hebreus 1:7)
   Se há tanta sagacidade nesse acusador, deveria ter notado que CADA MINISTRO é APENAS UMA LABAREDA! Ao assinar como “LabaredaS” e sendo tão capaz de notar detalhes acusativos, admite a teoria da irmã Gláucia de que seja mais de uma pessoa, ou seja, uma equipe inteira de acusadores!
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO. Além da lição sobre plural e singular, nada é relevante em saber sobre o pseudônimo de alguém: seja Teóphilo, seja LabaredaS, seja bola de fogo!
   Eu nunca vi ninguém pedir perdão parcelado“a prestação”, parece que a dívida nunca será quitada.
   Eu já vi pessoas pedirem perdão pelos erros que reconheceram e, os que não reconheceram como erros, justificar. Se eu pedisse perdão por tudo estaria admitindo acusações falsas que estão atreladas no conjunto.
   Perdoar e permitir que o perdoado continue errando? nem pensar! Não deveria haver admoestação?
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO. Novamente quer dar uma lição sobre perdão? O perdão pode ser dado àqueles que reconhecem seus erros e se arrependem, outrossim voltarão a cometer os mesmos erros. Eu não vou voltar a tratá-lo desrespeitosamente, mas ele continua tramando e destilando suas palavras que nada colaboram para a divulgação da Palavra de Deus, mas visam apenas o ataque direto e ao esvaziamento da minha moral.
   Não há “jogo” algum. Citei o pr Ciro, porque você como pesquisador, escrevendo sobre o tema pentecostal, lhe é mais fácil recorrer a um dos que você segue. E já lhe disse que há um espaço correto para fazer perguntas (pesquisas) no blog do pr Ciro.
   Como se eu não dispusesse do apoio de mais nenhum pastor pentecostal, ele persiste na tentativa de colocar o pastor Ciro Zibordi no meio de um assunto em que, mesmo podendo ter lido, preferiu não opinar. Ou seja: há sim alguma trama atrás de palavras disfarçadas com humildade.
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO. Tendo a Bíblia e tendo críticos TEOLÓGICOS (e não pessoais), porque fazer questão de envolver o pastor Ciro em um assunto? Está essa equipe querendo criar algum tipo de “guerra”? Porque teimar para que eu incomode o pastor Ciro? A “dúvida” (alias… qual dúvida?) é do LabaredaS… ele, vendo que não sou capaz de satisfazê-la, que se dirija a quem julgar necessário para esclarecê-la! Eu falei sobre a Palavra e tenho certeza do que falei! O engraçado é que desde 2005 já respondi mais de dois mil emails e nunca deixei ninguém sem REFERÊNCIAS BÍBLICAS… mas tudo indica que a intenção dessas pessoas é outra.
   Sendo no seu entender, o batismo no Espírito Santo, uma experiência extremamente subjetiva e TOTALMENTE DOUTRINÁRIA DENOMINACIONAL você deve ir pesquisar junto a uma pessoa, da sua confiança, que seja de uma denominação que tenha essa doutrina. Ninguém melhor do que o pr. Ciro. Não?
   A sensação de superioridade aqui é latente: me julgando um neófito na fé, me exorta a uma experiência sobrenatural. Volta a querer colocar o pastor Ciro no assunto… mas, como homem de Deus (que eu sei que o pastor Ciro verdadeiramente é!) ele não ficará ofendido se eu disser que A BÍBLIA é melhor que o pastor Ciro e, dentro dela, ele não é superior a ninguém! Será que o pastor Ciro sabe que está sendo idolatrado? Será que ele vai apoiar este tipo de comportamento?
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO. Quem estuda a Bíblia aprende através da ação do Espírito Santo. O pastor Ciro tem seu (ótimo) blog e eu tenho o meu: eu não escrevo lá… porque seria necessário que ele viesse autorar aqui? Por sua causa, LabaredaS??
   Estás sempre tentando “colocar palavras em minha boca” eu lhe disse claramente que vejo você como uma pessoa que tem o Espírito Santo de acordo com Jo 20.22. De onde que eu posso ver isso? Não é bem claro que é através dos seus textos? Você já faz parte das minhas orações á muito tempo!
   Sou um homem que não confia em nenhum outro homem (ou homens…) e meu pé está a mais de um quilômetro atrás com essas LabaredaS. Nem sei mais a quem suas orações possam estar sendo dirigidas, haja vista a exata postagem em que suas manifestações se tornaram presentes…
   “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!” (Jeremias 17:5)
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: Se está em mim, se está em você… se ora ou se não ora? Novamente temos alusões a procedimentos bíblicos cujo âmbito é estritamente pessoal: se eu oro, se eu tenho… se você tem? Discussão tola e relevância ZERO!
   Você diz que não sai por ai comentando que fulano agiu assim e que sicrano agiu daquela forma: COMO NÃO! é justamente por fazer isso que você tem se tornado bastante conhecido.
   Eu nunca critiquei alguém por escrever (no estilo literário) POESIAS. Nunca fiz uma análise pelo simples fato de alguém escrever (no estilo literário) UMA CRÔNICA. Nunca critiquei ninguém porque VESTIU VERDE, ou porque é GORDO, ou porque AGIU de qualquer forma em sua vida particular.
   Me surpreende que alguém que se apresente tão letrado seja incapaz de discernir o que são atitudes subjetivas de HERESIAS, ou seja, coisas que vão contra a Palavra de Deus e suas recomendações diretas!
   Aqui torna-se claro que, se meu pseudônimo está atingindo alguma relevância, é exatamente isso que está incomodando o LabaredaS que, através de ataques pessoais, pretende desviar minha atenção de meu objetivo principal (exortar e divulgar a Palavra) e fazer com que passe o resto de meus dias tendo que me desculpar e responder suas inquisições fúteis, inúteis e meramente pessoais. Olhem um comentário que ele escreveu sobre a irmã Gláucia Carneiro, logo após um comentário dela no blog Genizah:
   Difamar? Queimar? Isso é um procedimento cristão? Há algo de bíblico nessa atitude? A que senhor você serve?
   RELEVÂNCIA BÍBLICA: ZERO… ou VALOR NEGATIVO. Parece que temos aqui um genuíno caso de alguém “plantado” para DIFAMAR àqueles que são capazes de EXORTAR BIBLICAMENTE. Não podemos negar sua habilidade (às vezes) com a Palavra, mas o que podemos pensar ao ver uma declaração como essa?
   Bem como disse no começo, antes mesmo de me pedir desculpas eu já havia lhe desculpado e perdoado, pois o que perdoa não busca justificar, como o que pede desculpas faz. Acho que você é que ainda não me perdoou.
   Engraçado que quem pediu perdão pela ofensa fui eu, mas parece que você é quem gosta muito de permanecer vivendo em torno de um assunto extinto.
   Eu, subjetivamente, voltei a considerar seriamente a possibilidade de que seja:
  1. Uma equipe de pessoas, plantada na tentativa de difamar os ministérios apologéticos:
    • Seu blog começou este mês: nenhum dos seis textos é de sua autoria! Parece uma característica de disfarce para conseguir a aceitação dos menos atentos…
    • Qual sua história para estar “sendo perseguido”? Quem você confrontou? Ou seria apenas mais uma parte do disfarce, para que através disso possamos imaginar alguma identificação com você?
    • Lagoinha, CONAMAD, CGABD, Idólatras do Regis Danese… todos esses querem me ver desmoralizado e destruído. O que me garante que você não é um enviado da parte deles? Que você não é um ministro… uma “labaredaS” deles? A falta de concordância numérica é proposital.
    • Como sabe tanto e, ao mesmo tempo, nada sobre mim? Seus ataques não são apologéticos, mas pessoais, tanto que no parágrafo anterior mostrou ser completamente incapaz de discernir entre “falar mal” e “exortar”… parece até que andou ME estudando muito mais do que a Bíblia!
  2. Uma pessoa apenas, mas possesso por Legiões de Legiões.
  3. Ambas as opções acima, juntas e misturadas.
   Qualquer uma das três justificaria o plural de labareda como pseudônimo e se afirmando e sendo você uma acusador tão sagaz, não consigo acreditar que o simbolismo plural de seu apelido seja apenas descuido.
   De qualquer forma, posso estar errado e, diante de tal possibilidade, prefiro agir BIBLICAMENTE — exatamente como Paulo e Barnabé procederam:
   “E tal contenda houve entre eles, que se apartaram um do outro. Barnabé, levando consigo a Marcos, navegou para Chipre.” (Atos 15:39)
   Se for servo do Senhor Jesus Cristo vai compreender e se apartar. Se for servo de satanás vai intensificar os ataques na tentativa de difamação… de um jeito ou de outro é bom que saiba que, a partir de agora, qualquer comentário seu será invariavelmente rejeitado sem ser lido.
   Na imagem abaixo está a íntegra do comentário que recebi e recusei de publicar como comentário, mas transcrevi ipsis litteris no texto acima:
   Há ética na mentira?
   Já fiz muitos amigos e tenho críticos pertinentes que merecem ter suas exortações e conselhos levados a sério, porém o Espírito Santo não testifica em mim a seu respeito: obrigado por sua participação, pois já aprendi o suficiente com ela.
   Já dediquei atenção demais às suas palavras cheias de veneno e carentes de substância bíblica RELEVANTE. Dispenso futuras manifestações: eu não preciso de você, você não precisa de mim e todos nós precisamos muito do Senhor Jesus Cristo!
   Seja feliz!

28 de jun de 2009

Os Mecanismos Malignos (Série Concluída)

    Mais algumas surpresas e revelações nas quatro partes finais deste documentário impressionante que só teve como grande ausência (e divisor entre vida e morte eterna) a pregação do evangelho: talvez porque alguém possuidor de uma mente tão brilhante quanto o autor não tenha conhecido o verdadeiro, mas sido apresentado a algum desses arremedos cheios de deturpação que tantas igrejas têm espalhado por aí e, se formos olhar bem, essa onda de deturpação começou lá pelos Estados Unidos mesmo…
   O capítulo 18 foi substituído porque, na hora da edição, ficaram faltando mais de dois minutos no final! Sem mais delongas, aqui estão “Os Mecanismos Malignos”:
   Achei chocante a abordagem feita ao deus “El” e acabei tendo de ir verificar “com minhas próprias pernas”: fui na Wikipédia e há confirmação para os dados apresentados. Isso me fez lembrar de quando, lá pelo final dos anos 90, começaram com essa mania de trazer os nomes judaicos (jireh, shamah…) para dentro das igrejas e eu nunca me senti a vontade com isso: tinha um que curava, outro que alegrava… me senti num panteão politeísta e não “entrei na onda” até hoje. O Senhor Deus Pai, o Senhor Jesus Cristo Redentor e o Espírito Santo Consolador já me bastam e, depois disso, acho que logo vou pesquisar mais a fundo sobre a aplicação dessas nomenclaturas.
   Fiquei muito feliz que, ao final, não houve nenhuma exaltação aos Estados Unidos da América, pois queimou a língua de um desses que julgam muito sobre si próprios que se apresentou, numa comunidade do Orkut, contra o trabalho já logo no início. Apesar de eles serem o objeto analisado (afinal, o autor mora lá…), não é neles que está a solução.
   Outra coisa engraçada é que a conclusão à qual o Lenon Honor chega sobre a questão da não compreensão do documentário por causa da possessão intelectual acaba indo de encontro ao recente texto sobre a infestação demoníaca dentro das igrejas… e eu só fiz essa tradução na noite de quinta para sexta-feira!
   E aí… o que acharam?

Subjetividades e Objetividades

    Desde semana passada minha vida entrou em um ritmo tão intenso que até mesmo meu sono foi comprometido: preparar o conteúdo para uma palestra, alterar o layout do site e fazer tudo funcionar direito, terminar as legendas de “Os Mecanismos Malignos e colocar tudo no ar mesmo com a instabilidade da conexão: cheguei a ficar estressado pela falta de sono e hoje, através dessa postagem, quero esclarecer alguns pontos onde eu agi de forma incorreta… ou vocês pensavam que eu também não erro?
   Então, já que é para me humilhar, permitam-me ir direto ao assunto: eu agi de forma impulsiva e coloquei minha opinião pessoal antes de analisar os fatos de forma calma e objetiva. Peço desculpas ao “Labareda de Fogo” por tê-lo tratado de forma muito ríspida e quero esclarecer algumas posições sobre a discussão, mas antes, gostaria de explicar as intenções da “maquiagem” no blog:
   Um dos fatores que mais incomodava algumas pessoas era o tamanho reduzido das fontes em relação a extensão dos textos. O outro seria uma certa “confusão” típica da maioria dos blogs que têm muitos “widgets” e parceiros.
   Pesquisei por “templates” buscando solucionar esses problemas, mas nenhum deles se adequava ao perfil do trabalho que venho desenvolvendo: a solução foi criar algo a partir de um outro cujo espaço na tela havia me agradado.
   Admito que deu bastante trabalho e a “festa” foi o estresse de recolocar todos os “widgets” e scripts para funcionar novamente, coisa que, por total falta de tempo, só vou saber se funcionou conforme for recebendo a opinião daqueles que me acompanham.
   Inventei uma “televisão” para os parceiros de banner, mas estou aberto às opiniões e, SE NÃO GOSTAREM, podem se expressar: mas fiz isso por achar justo que quem é parceiro de banner DEVE APARECER na primeira página e sem que seja no meio de uma confusão interminável de parcerias que, por muitas vezes, nem são diretamente relacionados ao conteúdo abordado: com esse recurso estou indicando blogs cujo conteúdo acompanho regularmente e que, mesmo NÃO OS TENDO LIDO NA ÍNTEGRA, não encontrei discrepâncias significativas quanto à aplicação da Palavra de Deus.
   Alguém notou os versículos que se alternam a cada vez que o blog é recarregado, no canto direito superior?
   De qualquer forma, aquela mão demoníaca ao redor do globo terrestre não retrata uma situação real, porém a clara INTENÇÃO de satanás que, através de satélites e computadores, cumpre a profecia bíblica:
   “O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.” (2 Tessalonicenses 2:4)
   A imagem é chocante, mas esse é o objetivo. Já recebi algumas opiniões positivas e outras nem tanto, mas pelo menos sei que todo mundo está conseguindo ler melhor cada palavra escrita e esse é o meu objetivo: alcançar o maior número de pessoas possível!
   Uma das pessoas que disse que a reforma no layout foi apenas para torná-lo “como o rosto de uma bonita mulher muito maquiada, mostra uma ponta de vaidade” foi o “LABAREDA”, a quem, a partir de agora, passo a me dirigir diretamente:
   1º. Gostaria de esclarecer que, fora a Bíblia, NÃO DEFENDO nenhum autor de forma integral: não sou “fã” de ninguém e, se faço alguma referência, tem que ser a algum conteúdo INDIVIDUAL que eu possa ter lido, analisado (de acordo com a Palavra e NUNCA POR MINHA SUBJETIVIDADE) e chegado à conclusão de que vale a pena: busco agir dessa forma em relação a qualquer nome “importante” antigo ou moderno, inclusive o senhor CAIO FÁBIO, que foi o objeto de discussão entre o “LABAREDA” e o EDNELSON. Você não conseguirá encontrar muitas citações a autores como Lutero, Donald Stamps, Tim LaHaye, Rick Warren… prefiro estudar e chegar às minhas próprias conclusões que, DE FORMA ALGUMA, são doutrinas: são constatações através de análise e seja eu anátema se estiver inventando um “novo evangelho”!
   2º. Não altero minha opinião em relação à fé e obediência, pois o OBJETO de ambas, se distorcido, leva à idolatria. SEMPRE ressaltei a questão de colocar a fé SOMENTE NO SENHOR DEUS e não seria agora que passaria a agir de forma diferente. Há pessoas querendo OBEDECÊ-LO por mera questão de autopreservação e isso não leva à fé, mas assim como aos pecadores, conduz ao inferno.
   3º. Apenas para efeito de informação ao “LABAREDA”: minha amizade com o senhor EDNELSON começou de forma conturbada, por causa de minhas características ácidas em algumas respostas e, apesar de verdadeiramente AMÁ-LO como meu irmão em Cristo,  eu NUNCA consegui concordar com o TÍTULO do blog dele e ele sabe bem sobre isso. Voltar ao Gênesis não implicaria apenas em desconsiderar o sacrifício do Senhor Jesus Cristo, mas ter que passar de novo pela queda através do pecado, pelo dilúvio, pelo Egito… e todas essas coisas que foram necessárias.
   No seu caso, “LABAREDA”, saiba que já rajadas de fogo, vento e água; já vi bolas de borracha, de linha e de fogo; já vi raios de eletricidade e de luz… mas labaredas especificamente SÓ VI DE FOGO! Fui até mesmo ao dicionário e não vi a possibilidade da existência de nenhum outro tipo de labaredas. Então, SUBJETIVAMENTE, eu não gosto do seu pseudônimo e, dados a semelhança dele com os usos dos possessos e o estudo no qual houveram os comentários, agi de forma violenta e peço perdão por isso.
   Em ambos os casos, não me importam suas SUBJETIVIDADES se o seu CONTEÚDO estiver correto diante da Palavra e, desde já, tenho certeza de que vai compreender minha posição inicialmente belicosa, pois (conforme suas próprias informações) também já teve sua vida ameaçada e, também por isso, usa um pseudônimo.
   Ah! “Bola de Fogo” não foi por nenhum dos dois motivos que citou, mas porque estou fazendo uma pesquisa com a composição do funk (em breve no ar) e tem alguém que usa esse pseudônimo como nome artístico em uma obra chamada “atoladinha” (… coisa melodiosa e harmoniosa como nem Bach soube compor!). Acho que por isso devo ainda mais te pedir perdão…
   4º. NÃO GOSTEI de um certo “jogo” de influências sobre quem eu convido ou não a ler os artigos, pois não acho que devamos agir esperando que nossas atividades sejam avaliadas por alguma pessoa em particular: devemos escrever com temor e tremor APENAS AO SENHOR DEUS e os divergentes que provem onde há erro! No caso de meu convite a Júlio Severo, foi espontâneo e despretensioso… e, querendo ser humilde, resolvi aceitar SUA sugestão sobre o pastor Ciro. O problema é que, não sei o motivo, o pastor Ciro nunca deve ter achado meu blog digno de constar sequer em suas indicações e isso é uma SUBJETIVIDADE e um direito dele! Não o julgo melhor ou pior ou superior ou inferior a ninguém e CONTINUO indicando-o e citando seus textos como referência: se ele é batizado ou não pelo Espírito Santo não cabe a mim julgar pois é uma experiência extremamente SUBJETIVA e totalmente doutrinária denominacional.
   Se, através de meus textos, não estou sendo usado pelo Espírito Santo para edificar e ajudar a discernir enganos, então, por favor, prefiro que me exclua de sua lista de leituras e que ore por mim, pois estou com o coração voltado apenas para a obra de Deus e desejoso de cumprir apenas a vontade d’Ele!
   Da mesma forma não saio por aí comentando que fulano agiu assim e sicrano agiu daquela forma: isso são comportamentos de cada um, coisas SUBJETIVAS através das quais até podemos aprender… ou não. O meu AMIGO Danilo mesmo, dia desses e por telefone, estava falando sobre as diferentes características dos blogs: acho que ele citou algo sobre textual e autoral, mas eu o admiro muito e SOMOS DIFERENTES! Isso é subjetividade.
   5º. É uma pena que não tenha compreendido os objetivos da “maquiagem” do meu blog, mas pelo menos espero que esteja encontrando mais facilidade para ler, pois meu objetivo é verdadeiramente agradar os olhos (cromática e ergonomicamente falando) de meus leitores, permitindo que leiam com mais facilidade sobre a Palavra de Deus e, mesmo discordando, pelo menos passem a exercitar suas mentes a raciocinar biblicamente.
   OBS: As labaredaS se extinguem AQUI.
   E, por falar em raciocínio bíblico e subjetividade, ontem tive a imensa felicidade de conhecer pessoalmente a irmã Eudora Pitrowski e dou muitas graças ao Senhor Deus pela existência de uma mulher como ela: eu passaria um dia inteiro aprendendo com suas palavras!
   O mais bonito de tudo foi que parecia que havíamos combinado os discursos: tudo o que ela disse foi diretamente relacionado a tudo o que eu pude dizer! Apesar de não gostar de futebol, posso até dizer que ela “levantou” para eu “cabecear” para o gol!
   Foi um evento que muito me agradou pela oportunidade de ensinar, mas principalmente, pela benção de aprender!
   Que o Senhor Deus nos abençoe com saúde, sabedoria e a capacidade de a cada dia diminuir nossos egos e subjetividades para que apenas O Nome d’Ele cresça!!

27 de jun de 2009

   Pela primeira vez, o crime de intolerância religiosa levou acusados à prisão no país. O pastor Tupirani da Hora, líder da igreja Geração Jesus Cristo, e o fiel Afonso Henrique Lobato estão detidos no Rio desde sexta-feira (19). Eles são acusados de serem responsáveis por invadir e depredar um templo espírita em junho do ano passado. A Justiça decretou a prisão temporária dos dois baseado no artigo 20 da lei Caó (7.716/89), de autoria do ex-deputado negro Carlos Alberto Caó (PDT-RJ), que define crimes de preconceitos de raça, religião, etnia, entre outros.
   Antigamente, um caso como esse era enquadrado como injúria ou dano ao patrimônio. É um marco histórico", afirma Jorge Mattoso, secretário da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR). A organização surgiu no ano passado para defender a liberdade de práticas religiosas, e foi responsável por denunciar o episódio da depredação do templo ao Ministério Público (MP).
   O pastor Tupirani e Lobato pode pegar até cinco anos de prisão. Eles foram detidos após um culto da igreja Geração Jesus Cristo, que fica no Morro do Pinto, região portuária do Rio de Janeiro. Além de serem acusados de envolvimento na invasão ao templo espírita há um ano, a polícia investiga os dois por vídeos na internet em que fazem ofensas a outras religiões.
   O pastor Tupirani, líder da igreja Geração Jesus Cristo, foi indiciado e teve a prisão decretada porque o MP e a Justiça entenderam que ele é o mentor intelectual da invasão ao templo. À época da depredação, Tupirani se disse surpreso com a atitude do grupo de fiéis da sua igreja. Em um vídeo no site Youtube, o pastor nega que sua obra seja intolerante com outras religiões, já que diz não reconhecer o que é praticado em algumas igrejas como religião. "Eu não respeito satanismo; se alguns vão chamar isso de religião, é problema deles", diz ele.
   Lobato é investigado pelos crimes de intolerância religiosa, injúria qualificada e incitação ao crime desde março deste ano, quando postou um vídeo no Youtube confessando participação na invasão do templo e fazendo afirmações difamatórias a outras religiões. "Todo centro espírita é lugar de invocação do Diabo", diz Lobato no vídeo. Além disso, ele faz comentários sobre a polícia: "Aqueles policiais militares ignorantes pensam que são autoridade, mas para a igreja não são autoridade".
   O delegado Henrique Pessoa, representante da Polícia Civil na CCIR, diz que as imagens obtidas na internet foram importantes no inquérito. "Eles produziram provas contra si mesmos. Sem isso, seria muito mais difícil provar a incitação ao crime", diz. "Foi uma vitória, porque em geral o incitador fica isento de qualquer punição." Segundo Pessoa, a situação se agrava por haver um incentivo à insurgência contra as autoridades: "A conduta do pastor ofende a própria democracia".
   O templo espírita Cruz de Oxalá, que mistura conceitos de religiões afro-brasileiras e do kardecismo, foi invadido e depredado em 2 de junho de 2008 por três rapazes e uma moça. O grupo invadiu o templo e quebrou imagens e utensílios. Os jovens foram contidos pelos dirigentes do centro e levados à delegacia, onde disseram que faziam parte da igreja evangélica Geração Jesus Cristo. O pastor Tupirani afirmou que os envolvidos eram 'exemplares' na igreja.
   "A pena deles (jovens que invadiram o templo) foi pagar uma cesta básica", disse Mattoso, secretário da CCIR, integrada por instituições que representam diversos grupos religiosos, como umbandistas, candomblecistas, católicos, judeus, muçulmanos, hare krishnas e budistas. "Entendemos que essas ações são atitudes independentes de determinados grupos. Normalmente partem de pequenas igrejas, em comunidades onde há uma interpretação fanática do evangelho", afirma.
ÉPOCA | 25/06/09

24 de jun de 2009

  A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou a instituição do Dia Nacional da Marcha para Jesus (PL 3234/08), a ser comemorado 60 dias após o domingo de Páscoa com o objetivo de promover a manifestação pública da fé cristã em todo o País. A proposta é do Senado Federal.
   O relator do projeto, deputado Carlos Willian (PTC-MG), explica que a Marcha para Jesus já acontece todos os anos em inúmeras cidades brasileiras e em várias partes do mundo, tendo sua origem em Londres, Inglaterra. Ele defendeu a aprovação da proposta.
   O projeto tramita em regime de prioridade e irá a sanção presidencial.
   Íntegra da proposta: PL 3234/2008

   Agora, como em nome de Deus e de Jesus está se podendo fazer e falar muita bobagem e irrelevância, resta saber até que ponto isso é produtivo de verdade para o reino de Deus. A "marcha para Jesus" infelizmente tem se tornado em um movimento ecumênico e hipócrita.

23 de jun de 2009

    Um acordo assinado entre o governo brasileiro e o Estado do Vaticano no fim do ano passado, e que tramita no Congresso Nacional, irá homologar de vez a ação da Igreja Católica no Brasil. Os detalhes, que começaram a ser acertados durante a visita do papa Bento XVI ao país, em 2007, estão no documento "Acordo entre a República Federativa do Brasil e a Santa Sé", relativo ao estatuto jurídico da Igreja Católica no Brasil, firmado no dia 13 de novembro de 2008, durante visita oficial do presidente Lula ao Vaticano.
   O tratado aborda os princípios da liberdade religiosa para todas as religiões e reafirma que instituições de ensino da Igreja Católica terão o direito de promover suas atividades (como qualquer instituição religiosa). Também trata dos direitos, imunidades, isenções e benefícios das pessoas jurídicas eclesiásticas que prestam assistência social, que serão iguais a todas as demais entidades com fins semelhantes. Aborda ainda o ensino religioso nas escolas, repetindo os termos constantes da LDB da Educação (Lei 9.394/1996), fazendo referência ao ensino católico, como ao de outras confissões religiosas. E ainda faz referências ao patrimônio histórico, artístico e cultural da Igreja Católica no Brasil, reconhecendo-o como parte integrante do patrimônio histórico, artístico e cultural do país.
   Apreciação: No mês passado, o tratado foi submetido ao Legislativo Federal na forma da Mensagem 134/2009. O documento será agora apreciado pela Comissão de Relações Exteriores, de Defesa Nacional e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, tendo como relator o deputado federal Bonifácio Andrada. Segundo o parlamentar, que é o reitor da Universidade Presidente Antônio Carlos (Unipac), "o Acordo vem sendo submetido à aprovação das Comissões Técnicas da Câmara dos Deputados, e, caso seja aprovado nesta etapa, irá à votação no plenário do parlamento".
   Levando em consideração que alguns evangélicos se posicionaram contra a concordata, chegando a fazer manifestos, o deputado federal Bonifácio Andrada antecipou seu posicionamento ao relatar em ata para o Congresso que "o Acordo entre os Estados do Brasil e do Vaticano reafirmam as prerrogativas da Igreja Católica sem resultar em prejuízos para outras confissões ou credos religiosos: neste Tratado não há nenhum privilégio para esta instituição religiosa, mas, ao contrário, sanciona normas de interesse de todas as confissões, estabelecendo princípios que podem ser aplicados em qualquer área das crenças e entidades religiosas em nosso país", defendeu.
   O relator lembrou também que "tal Acordo já é de costume em tempos modernos, e que já foi firmado em países como Polônia, Portugal, Peru, Israel, Palestina, República Tcheca, e até em Estados federados multiculturais, como é o caso da Bósnia-Herzegovina".
   Apesar de ser o país com o maior número de católicos no mundo (cerca de 72% da população), o Brasil ainda não tem um Acordo específico com o Estado do Vaticano, que estaria sentindo falta do status de um acordo internacional.
Jornal de Uberaba | 21/06/09

Legião de Energúmenos

   Estou preparando novidades para o blog, concluindo o trabalho de legendas de “Os Mecanismos Malignos”, juntando material para o próximo documentário-estudo e, ao mesmo tempo, pedindo orientação ao Senhor Deus sobre o conteúdo de um possível livro a ser escrito.
   Passei o final de semana bastante atarefado entre pesquisa e criação. Como não estava escrevendo, deixei a TV ligada e acabei testemunhando algo que me deixou bastante preocupado: temos que parar com estes “cultos” de expulsão de demônios!
   Não digo isso por causa das possíveis encenações, pois essas são ridículas e prejudicam “apenas” a credibilidade das instituições eclesiásticas, o que, numa visão profética a partir da Bíblia, é inevitável. Acho que o pior problema de todos se encontra no caso em que ocorrem as possíveis VERDADEIRAS expulsões, pois essas, se formos observar com atenção, estão criando uma incomensurável legião de legiões aqui na terra!!! Não entendeu? Veja o que a Bíblia diz sobre isso:

19 de jun de 2009

A Causa

    De segunda a sexta, todas as manhãs no SBT, os apresentadores Priscilla Alcântara e Yudi Tamashiro comandam o programa BOM DIA E CIA com diversos jogos para o público infantil intercalando com desenhos animados. Nos jogos, quem acerta ganha prêmios e quem erra... nada.
   Era uma sexta-feira e o programa me incomodou quando percebi que o conteúdo das "brincadeiras" (jogo) tinha um fundo de indução para uma criança já pré-disposta a ter problemas com esse tipo de vício. Fomentar o “prazer” precoce ao jogo é o mesmo que fazer uma criança ver um filme pornô ou fazer ser engraçado um alcoólatra sujo aos olhos de quem não conhece a seriedade do problema (como faz Tom Cavalcanti), ou achar que as músicas de funk não fazem apologia ao sexo infantil tornando barbados em pedófilos.
   E o que falar dos filmes1 que estão fazendo dos vilões (bandidos) personagens glamorosos, com finais muitas felizes com a lição de moral ao inverso: "o crime compensa"! Nossa sociedade está se tornando hipócrita graças à permissividade irresponsável dos “pais” ao achar mais confortável deixar a educação de seus filhos com terceiros ou com o acaso, sem falar das autoridades competentes fazendo papel de incompetentes. As consequências serão de todos e já vivemos isso.
   Enfim, há grandes mensagens malignas sendo transmitidas e recebidas por nossas crianças e, depois, ninguém sabe de onde vem a violência, a gravidez precoce de nossas adolescentes, etc. A situação é crítica. É preciso que algo seja feito.
   Defenda a família!
   1 Veja o que a indústria cinematográfica americana fez e faz para divulgar o movimento gay aos nossos jovens.

18 de jun de 2009

Aventuras de Blogueiro Cristão III

    “Vigio, sou como o pardal solitário no telhado. Os meus inimigos me afrontam todo o dia; os que se enfurecem contra mim têm jurado contra mim.” (Salmos 102:7-8)
   Uma das coisas mais importantes em um relacionamento é a comunicação: saber que fomos ouvidos após termos dito alguma coisa… afinal, se dissemos é porque julgamos relevante.
   E um blog nada mais é do que uma forma de relacionamento, um canal bidirecional de comunicação que permite encontrarmos pessoas que, no mundo “real”, nunca iríamos conhecer! De que outra forma poderia encontrar outros “pardais” como eu?
   É óbvio que mesmo me relacionando com as pessoas, não deixo em momento algum de cumprir o chamado para o qual fui escolhido: expor a Palavra de Deus, conclamar os crentes em Jesus Cristo a conhecer a Verdade e assumir suas responsabilidades como cristãos genuínos… e não como esse bando de gente que só se satisfaz ao ouvir os doutores que ficam por aí arrumando jeitos de travestir as concupiscências para poder trazê-las pelas portas da frente das igrejas.

15 de jun de 2009

Festival de Vídeos

Os Mecanismos Malignos (Partes 17 e 18)

   Aproveitando uma manhã onde (aparentemente) minha conexão à internet foi normalizada e após quase um mês sem novidades, aqui estão mais duas partes “fresquinhas” e agora estamos a um passo da conclusão deste documentário que apresenta uma visão desconfortante sobre os pactos que as celebridades realizam em troca de fama, poder e dinheiro.
   Essas duas partes em particular foram bastante difíceis de preparar: o videoclipe analisado, “Disturbia”, é tão energúmeno que nem precisaria de análise! Não posso negar que foi um grande mal estar traduzir e legendar esta canção, mas o autor do documentário continua fazendo uma análise assombrosa… mesmo sem ser um cristão.

14 de jun de 2009

CGADB Inveja CONAMAD?

    Um leitor sugeriu que eu variasse um pouco meu “cardápio” de críticas e não foi um conselho inútil, mas, antes mesmo que eu tivesse tempo de realizar maiores pesquisas, dei de cara com a seguinte notícia:

   Conforme anunciado há dias, o Pr. Samuel Câmara, cabeça de chapa da oposição, que perdeu as eleições da 37ª Assembléia Ordinária da CGADB - Convenção Geral das Igrejas Assembléias de Deus, usou seu programa deste sábado na Rede TV, para tornar público suas denúncias (julgadas improcedentes) contra a administração da última Mesa Diretora.
   Ele iniciou o programa falando dos anos anteriores a 1988, quando o braço político das Igrejas Evangélicas Assembléias de Deus, a CGADB, seguia o costume de revezamento em sua liderança. O que foi abanado, e segundo ele, trouxe prejuízo, não para a Igreja Assembléia de Deus, mas para a Convenção.
   O Pastor Samuel exibiu na Rede TV um documento, provavelmente, o ofício com as denúncias formalizadas à mesa diretora responsável pelo julgamento dos pedidos de impugnações. Ali, ele pontuou uma lista de números e valores de cheques sem fundos assinados pela diretoria e tesouraria da CGADB. No mesmo documento mostrou dívidas para com o INSS. Apropriação indébita. Valores retidos sem a devida transferência ao Instituto Nacional de Seguro Social. Também mostrou dívidas com a CEF — Caixa Econômica Federal, provavelmente de FGTS — Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Ainda Relatou a inscrição da CGADB no SERASA, por algum problema de não honrar seus compromissos.
   O Pastor Câmara também deixou implícito que estava tornando público suas denúncias, pois seu recurso à impugnação das Eleições da 37ª Convenção Geral não foram aceitas, porque, segundo ele, o candidato da situação — Pr. José Wellington Bezerra da Costa, era também o presidente da mesa que julgava os recursos. Disse que foi levado a fazer a denúncia publicamente, porque em seu ponto de vista, estava sendo transparente e não era nenhuma vergonha apontar os "equívocos" praticados pela Mesa anterior — que não continuava com uma atitude de quem não tinha nada do que se envergonhar. Nem ao menos vieram pedir perdão pelos erros. Concluiu dizendo que com o mesmo peso que se julga os membros da igreja também se deve pesar suas lideranças.

   Como fui eu quem registrou os fatos controversos realizados pela CONAMAD, não poderia ser parcial e deixar de registrar também estas denúncias: já que no quesito ecumenismo estava difícil alcançar a dinastia dos Ferreira, nota-se que alguns líderes decidiram consolidar a apostasia através de outras “frentes” (ou seriam, nesse caso, “fundos”?).
   Será que isso influencia de alguma forma no caso das profetadas que o Rui Raiol deu? E, se influencia, isso significa que ele sabia de toda essa sujeira e que o seu “eleito” iria jogá-las no ventilador no caso de derrota? Ao menos é isso que aqueles vídeos explicativos que ele pôs no Youtube dão a entender depois dessa (não tão então) surpreendente reviravolta…
   De uma coisa eu tenho TOTAL CERTEZA: é uma vergonha!
   (15/06: Conheçam minhas SUPOSIÇÕES sobre o tema)
   Peço ao Senhor Deus que continue preservando a verdadeira Igreja dos escândalos desse mundo podre!

13 de jun de 2009

PLS 63/03

    Está sendo proposto um projeto (PLS 63/03) de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) que altera a LDB para autorizar o Poder Executivo a criar a Comissão Nacional de Avaliação do Livro Didático.
   Essa comissão terá a atribuição de examinar o material didático destinado às escolas públicas e privadas de ensino básico para verificar se nele há informações contendo qualquer forma de discriminação ou preconceito por motivo de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, deficiência, gênero e opção sexual.
   Sendo aprovado, o livro didático terá uma autorização legal de uso nas escolas mesmo com a discordância de pais.
    Hoje este post é diferente, porque sentimos a necessidade de fazer uma advertência extremamente urgente a todos os pais cristãos em termos bem estridentes:
   Se um de nossos filhos estivesse parado na linha férrea e um trem estivesse vindo em sua direção, nós, pais, reagiríamos imediatamente e sem a menor preocupação com o que as outras pessoas pensariam da nossa ação precipitada. Se para salvar a criança, tivéssemos de ofender a sensibilidade do nosso filho ameaçado ou a de qualquer pessoa que estivesse no caminho, faríamos isso sem a menor hesitação e sem pedir desculpas.
   No entanto, a maioria dos pais parece não possuir a mesma disposição mental sobre os trens espirituais e/ou psicológicos que ameaçam atropelar seus filhos. Muitos pais são tímidos na defesa de seus filhos neste mundo cada vez mais anticristão. Muitos chegam até a gastar tempo e energia para negar que um trem espiritual esteja vindo na direção de seus filhos. Quando terminar de ler este post, você concordará que um trem espiritual está, realmente, vindo para cima de seus filhos na escola em que eles estudam.
   Selecionamos esse texto simplesmente porque Deus diz em Daniel 8:23-25, que o Anticristo possuirá grande poder mediante sua compreensão e prática das artes do ocultismo, ou feitiçaria. Leia a Escritura:
   "Mas, no fim do seu reinado, quando acabarem os prevaricadores, se levantará um rei, feroz de semblante, e será entendido em adivinhações. E se fortalecerá o seu poder, mas não pela sua própria força; e destruirá maravilhosamente, e prosperará, e fará o que lhe aprouver; e destruirá os poderosos e o povo santo. E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano na sua mão; e no seu coração se engrandecerá, e destruirá a muitos que vivem em segurança; e se levantará contra o Príncipe dos príncipes, mas sem mão será quebrado."
   A frase no verso 23, que o Anticristo terá um semblante feroz e será entendido em adivinhações (ou enigmas, mistérios) significa que ele compreenderá a prática do ocultismo.
   No verso 25, Deus deixa isso ainda mais claro, quando diz: "... fará prosperar o engano (artes, em outra tradução) na sua mão". Essa palavra, "artes", refere-se claramente à prática do ocultismo, por meio da "arte" da feitiçaria. Em outras palavras, o Anticristo será um adepto na feitiçaria e poderá usar esse poder satânico poderosamente para enganar os habitantes do mundo e levá-los a adorá-lo. Isso é exatamente o que Deus tinha em mente quando disse, no verso 24, que o poder do Anticristo será grande, mas não será um poder seu próprio. Será um poder proveniente de Satanás. Vemos esse tema novamente em Apocalipse 13:1-4, em que a Besta, que é o Anticristo, é energizada pelo dragão, Satanás.
   Mas, nessa passagem em Apocalipse, vemos outro fator muito importante. Vemos que toda a população do mundo será totalmente enganada pelos sinais e maravilhas que a Besta operará e adorarão o Dragão, por ter dado seu poder e autoridade à Besta.
   Para que os habitantes do mundo adorem o Anticristo quando ele os levar à prática ativa da feitiçaria, essas pessoas precisarão ter atingido o ponto em que se sentem confortáveis com os princípios das manifestações externas do ocultismo em suas vidas pessoais. Não se engane sobre o fato de que, neste ponto futuro da história, quando o Anticristo liderar o mundo na adoração a Satanás, as manifestações de feitiçaria serão claramente óbvias. Esse fenômeno já ocorreu no século 20.
   Quando Adolf Hitler, que é considerado por muitos como um tipo do Anticristo, liderava dezenas de milhares de alemães em cerimônias cívicas e partidárias nos estádios de futebol, estava fazendo mais do que apenas discursar para eles. Estava liderando-os ativamente na prática da feitiçaria satânica. É por isso que ele os liderava no cântico de mantras e concluía com uma cerimônia de acender uma fogueira, ou uma grande tocha. Hitler estava praticando feitiçaria. Os alemães nesses estádios sentiam-se confortáveis com essa exibição de ocultismo porque já tinham sido condicionados ao ocultismo por meio do ávido interesse nas antigas lendas nórdicas, que são repletas de feitiçaria.
   É da mais alta importância que a população mundial seja pré-condicionada à feitiçaria antes de o Anticristo aparecer. Esse pré-condicionamento já ocorreu na maioria dos países do mundo por meio das falsas religiões, que estão cheias de ocultismo disfarçado.
   O hinduísmo, o budismo, as religiões japonesas e a religião dos índios americanos são apenas alguns exemplos do pré-condicionamento ao ocultismo que já ocorreu entre a maioria dos povos do mundo.
   No entanto, os espíritos-guia dos líderes da Nova Ordem Mundial sempre estiveram mais preocupados com os EUA, por causa da forte herança cristã que havia no país. Enquanto um segmento significativo da população americana retivesse sua herança cristã, seria muito difícil enganar o povo americano quando o Anticristo aparecesse, pois um grande número de pessoas reconheceria o satanismo do Anticristo e poderia alertar o restante da população.
   Claramente, foi necessário dar início a um longo processo de paganização do povo americano. Por uma questão de lógica, o segmento da sociedade em que iniciou-se esse condicionamento pagão foi a juventude.
   Esse processo começou em meados dos anos 60 utilizando a música Rock. Como já mostramos, a música Rock é o meio perfeito pelo qual a juventude pode aprender os elementos fundamentais do satanismo: após essa música colocar o ouvinte em um estado alterado de consciência, a letra pode penetrar clara e solidamente no subconsciente.
   Os temas da música Rock são claramente satânicos. Vejamos rapidamente o que o Rock ensina:
  1. Rebelião contra todas as autoridades constituídas, começando pelos pais;
  2. Indulgência nas drogas, sexo de todos os tipos e no álcool;
  3. Busca dos prazeres físicos;
  4. Violência, inveja e cobiça são temas freqüentes no Rock.
   Esses valores, a propósito, estão relacionados na "Bíblia Satânica", de Anton LaVey, como sendo os valores predominantes do satanismo.
   Nos últimos 35 anos, milhões de adolescentes foram pré-condicionados ao satanismo por meio da música Rock. Agora temos uma situação onde a primeira geração de adolescentes condicionados têm filhos adolescentes que estão sendo melhor condicionados ainda. Veja nos clipes musicais da MTV e MixTv o nível das mensagens satanistas apresentadas nas imagens e letras.
   Agora, acrescente ao condicionamento aos valores do satanismo o que toda a mídia de massa bombeia para dentro dos corações e das mentes das pessoas diariamente e você começará a ver o quanto já avançamos para o total pré-condicionamento ao satanismo: já observou a enorme variedade de filmes de terror que são lançados todos os anos? Esses filmes são puro satanismo, e muitos diretores chegam a contratar os serviços de consultoria de Anton LaVey e de outros satanistas durante as filmagens.
   Nos Estados Unidos, avançaram tanto na estrada ao condicionamento que agora é hora de começar o último estágio: Ensinar satanismo da pesada nas escolas, alcançando 95% da juventude.
   Por que deveríamos nos surpreender? Desde a década de 60, o único Deus verdadeiro foi colocado para fora das escolas públicas. Agora que as escolas estão sem Deus por mais de três décadas, é hora de introduzir a religião do Anticristo, o puro satanismo.
   No entanto, essa introdução, pelo menos em seus estágios iniciais, precisa ser disfarçada, para que os professores e administradores, em sua maioria, sejam enganados sobre a verdadeira natureza desse ensino. Assim, o ensino do satanismo foi introduzido em nossas escolas sob o disfarce de Psicologia.
   Os professores e administradores acreditam que esse novo tipo de "técnica de ensino" é simplesmente boa Psicologia. Como hoje compreendemos melhor como funciona a mente humana, a maioria dos educadores cai presa da mentira que essas "novas" técnicas foram concebidas simplesmente para ensinar melhor o aluno.
   Quando você tenta adverti-los da natureza ocultista dessa técnica de controle da mente, eles reagem, pois é uma nova técnica psicológica que aprenderam sob os auspícios do Sistema Educacional. Eles estão totalmente enganados. Mesmo quando você consegue convencer um deles que a técnica pode ter base no ocultismo, acreditam erroneamente que poderão separar os aspectos "benignos" dos malignos.
   Mas, não se engane sobre o fato de que essa "nova" técnica é feitiçaria muito antiga. Todas essas informações de pano de fundo trazem-nos à situação da Escola de Segundo Grau de Attleboro, onde os alunos agora estão sendo doutrinados na técnica ocultista chamada "Visualização Criativa" ou "Imaginação Guiada".
   Essa técnica de imaginação mental guiada é uma das partes mais importantes de virtualmente todas as religiões não-cristãs no mundo hoje e nas antigas civilizações pagãs na história.
   Deixe-me contar o incidente na Escola de Segundo Grau de Attleboro, pois assim você aprenderá tudo sobre essa técnica ocultista de controle da mente.
O INCIDENTE DE ATTLEBORO
   A Sra. Hebert, professora de Inglês do Segundo Grau, disse aos alunos da classe que iriam participar em um processo que ela chamou de "Criação de Imaginação Mental". Ela instruiu os alunos a prestar muita atenção e a seguir cuidadosamente suas instruções. Começou então a levar os alunos no caminho da preparação mental para a Visualização Criativa, ou Criação de Imaginação Guiada.
   Ela instruiu assim os alunos:
   1. Limpe sua mente de tudo — de todo pensamento ativo e de toda preocupação. O objetivo neste ponto é levar a mente ativa que Deus criou e transformá-la em uma passiva tela de TV em branco;
   2. Os alunos foram orientados a criar uma figura das histórias que ela iria contar, usando todos os sentidos, incluindo a intuição e o frio na barriga. Esse processo é chamado de "Visualização Criativa".
   Embora a Sra. Hebert tenha dito aos alunos para que visualizassem figuras de acordo com as histórias que contaria, ela especificamente lhes disse para "Visualizar a Paz Mundial". Essa é uma indicação absoluta que ela é uma seguidora da Nova Era e que esse processo de visualização é Nova Era: desde meados da década de 70, os proponentes da Nova Ordem Mundial têm estado constantemente "visualizando a paz mundial".
   É claro que ninguém é contra a paz mundial, mas esses proponentes estão perigosamente praticando ocultismo antigo, pois acreditam que uma pessoa possa criar sua própria realidade pelo poder de sua mente: se pessoas suficientes estiverem tentando criar a mesma realidade, essa realidade será criada.
   Assim, dezenas de milhões de neopagãos de todo o mundo mantêm "Convergências Harmônicas" em prol da paz mundial. Eles crêem que, se um número suficiente de pessoas em todo o mundo estiver tentando criar a paz mundial utilizando o poder de suas mentes, utilizando o método ocultista da Visualização Criativa, a paz mundial será criada;
   3. Os alunos foram instruídos a abandonar completamente suas mentes e seus corpos para a história que a Sra. Hebert estava para contar. Ela disse que ninguém deveria exercer nenhum julgamento pessoal sobre o que veria ou ouviria.
   Neste ponto, qualquer pai, seja ou não cristão, deve estar alarmado, pois todo pai responsável dedica tempo e esforços consideráveis para educar seus filhos para que eles possam pensar por si mesmos e chegar as suas próprias conclusões sobre as situações da vida com base nos valores que os pais transmitiram.
   No entanto, a Sra. Hebert está tentando contornar todo esse sistema inteiro de defesas mentais baseadas nos valores. Se uma criança der esse passo, cooperando com a professora, estará desligando sua mente consciente e ativa, e entregando-se para a sugestão subliminar e hipnótica;
   4. A Sra. Hebert então disse aos alunos como respirar de certa maneira.
   A respiração controlada e rítmica é absolutamente essencial para executar com sucesso esse processo de Visualização Criativa, pois ajuda a desativar as defesas mentais de uma pessoa;
   5. A Sra. Hebert levou então os alunos a um exercício físico voltado aparentemente para relaxar e alongar seus músculos.
   Vemos esse tipo de relaxamento em exercícios ocultistas, como a Ioga. Novamente, o efeito é ajudar a colocar a mente em um estado hipnótico leve.
   6. Neste ponto, a Sra. Hebert disse aos alunos para deixarem mentalmente o século 20 para trás e viajar de volta no tempo até a antiguidade.
   Novamente, isso é pensamento de Nova Era padrão. Eles acreditam em viagens no tempo, popularizada por muitos livros e filmes de ficção científica. Acreditam que o tempo e os eventos estão continuamente ocorrendo em diferentes níveis de tempo e de espaço. Acreditam que uma pessoa pode entrar em um evento histórico que está acontecendo por meio do uso correto da Visualização Criativa;
   7. Em seguida, a Sra. Hebert desligou as luzes da sala e acendeu quatro velas.
   O número quatro é muito importante na prática do ocultismo, simplesmente porque representa os quatro elementos: Terra, Ar, Água e Fogo.
   Usar exatamente quatro velas cria mais poder para o evento. Em um nível prático, acender velas em uma sala escura cria uma situação de iluminação deficiente e, mais importante, sombras. Isso contribui poderosamente para a hipnose planejada, ao processo de desligar a mente ativa e consciente. Mas, mais importante ainda, as sombras provocadas pelas velas acesas mantêm a hipnose e o clima ativos durante todo o processo.
   Neste ponto, os alunos que estavam participando ativamente com a Sra. Hebert estão em um estado de mente subconsciente passiva. Suas mentes conscientes foram desligadas; suas defesas mentais também foram desligadas. Neste ponto, todos os valores e atitudes que o aluno aprendeu de seus pais, outros professores e pelos líderes da igreja, estão desativados. As defesas da mente consciente estão programadas de acordo com esses valores e atitudes.
   Portanto, quando eles são desativados, a criança está indefesa e aberta para qualquer novo valor ou atitude que agora venha a ser colocado em sua mente subconsciente.
   Lembre-se também que a mente subconsciente de uma pessoa não tem um mecanismo de defesa; ela aceitará totalmente qualquer coisa à qual for exposta. Quando a pessoa despertar, não será exatamente a mesma: seus valores e atitudes pessoais terão sido ligeiramente modificados.
   Se a pessoa participar em muitas dessas Visualizações Criativas de alteração da mente durante um período de tempo, elas provavelmente modificarão o modo fundamental como o indivíduo encara cada situação do mundo em torno de si.
   Esse processo de mudança é totalmente invisível à pessoa afetada e aos seus amados, até que toda sua cosmovisão tenha sido modificada. Aí então, as pessoas balançarão suas cabeças e dirão, "Não compreendo o Juquinha. Como ele conseguiu mudar tanto?" Esse processo é insidioso e, por meio dele, as crianças podem perder a fé cristã.
   O processo de condicionamento é uma parte essencial do ocultismo há milhares de anos. Não há dúvida que ele funciona, pois mantém populações inteiras da Índia e da China cativas há milênios.
   A questão não é se o processo funciona, mas se é permitido por Deus, se contribui para a glória do Senhor Jesus Cristo e se fortalece o corpo de crentes, a igreja. A resposta a todas essas perguntas é um sonoro "NÃO!!"
   Satanás usa esse processo para levar as pessoas à servidão a ele, até mesmo aqueles que receberam ensinos cristãos. A Visualização Criativa desativa as defesas cristãs da mente consciente, permitindo a substituição sutil por valores anticristãos e atitudes satânicas.
   Agora que a Sra. Hebert tinha as crianças no "Estado Alterado de Consciência" adequado, leu duas histórias para eles. Lembre-se, na Etapa 3, ela disse que queria que cada aluno abandonasse completamente sua mente e seu corpo ao que ela iria contar. Qual história contou aos alunos? Contou-lhes uma história neutra, como a de um jogo de futebol, por exemplo? Não, contou duas histórias, ambas repletas de atividades de religiões pagãs.
   Antes de descrevermos as histórias, precisamos primeiro falar sobre todo o realismo mental com o qual os alunos receberam os detalhes das histórias. Quando alguém está nesse estado alterado de consciência, sua mente subconsciente é a única parte do cérebro que está recebendo o estímulo sonoro, isto é, as palavras da professora enquanto ela conta a história. Cada aluno que está participando receberá mentalmente as palavras e as imagens que as palavras criam, com um realismo mental sem paralelos, até sobrenatural.
   Além disso, suas emoções serão estimuladas a um nível que eles nunca imaginaram ser possível, nem experimentaram antes. Isso é parecido com uma alucinação, uma "viagem" obtida por meio do uso de drogas alucinógenas. Esse tipo de estímulo mental pode viciar rapidamente.
   Finalmente, cada aluno será um participante na história. Eles sentirão as emoções dos participantes; sentirão a dor, a alegria, as preocupações, até o ponto em que as crenças e as atitudes dos personagens da história tornam-se as atitudes da pessoa que está participando nesse exercício de alteração da mente.
   Com esse pano de fundo, vamos agora examinar as histórias que a Sra. Hebert contou para os alunos.
   Como mencionei anteriormente, ela não contou histórias que eram neutras em termos de valores; contou histórias que estavam repletas de rituais religiosos satânicos e de bruxaria.
   A Sra. Hebert contou duas histórias, uma de antigos homens das cavernas e uma das tribos indígenas americanas da América do Norte. Quando questionada sobre o propósito dessas histórias, ela disse que seu objetivo era educar os alunos sobre as diferentes culturas, e não ensinar religião.
   Quando eu lhe contar alguns dos eventos que ocorrem nessas histórias, você poderá julgar por si mesmo se a professora estava simplesmente educando sobre as diferentes culturas ou se estava ensinando religião.
   Lembre-se que os alunos estavam em um estado alterado de consciência. Suas defesas normais estão desativadas e eles estão sentindo emoções, aprendendo dogmas religiosos estranhos e que vão invisivelmente erodir seus valores e atitudes religiosos.
   As histórias da Sra. Hebert são muito similares em alguns aspectos. Por exemplo, o personagem central da história dos homens das cavernas era um curandeiro, um homem místico que exercia o papel de xamã, que não é nada mais e nada menos que um feiticeiro. O personagem central na história dos índios era o pajé, ou homem místico que exercia o papel de feiticeiro na tribo.
   No satanismo real, o papel do feiticeiro é de suma importância. Ele tem as mesmas funções que o pastor titular de uma igreja cristã. Ele tem a responsabilidade de ensinar à tribo as doutrinas e os rituais de sua religião pagã; tem a responsabilidade de ajudar a controlar a ordem social; ele prega, ensina e exorta a tribo, tudo sob o poder místico de Satanás e para a glória dele, embora nenhum xamã conheça seu senhor e mestre por esse nome.
   Quando a Sra. Hebert contou essas histórias, as crianças ficaram expostas a algumas coisas muito misteriosas e aterrorizadoras. Eles viram:
  • Espíritos malignos;
  • Árvores escuras, como em uma floresta antiga coberta por uma névoa espessa;
  • Mortes estranhas e inexplicáveis — Isso parece um filme de terror, não?
  • Os alunos viram lanceiros atirando suas lanças que eram guiadas pelo poder da mente do guerreiro — Essa crença é muito comum entre os ocultistas, especialmente os da Nova Ordem Mundial. Acreditam que possam criar a realidade com o poder de suas mentes, e que podem guiar visualmente um projétil do seu corpo ao local desejado de impacto.
   Nessa história, os guerreiros guiavam visualmente suas lanças até o alvo desejado. No entanto, no mundo de hoje, as pessoas têm a mesma crença.
   Anos atrás, li no jornal uma entrevista sobre um jogo de futebol entre o Buffalo Bills e o New England Patriots no qual o zagueiro Jim Kelly, do Buffalo Bills, teve uma excelente atuação. Ele creditava seu sucesso durante o jogo à sua capacidade de guiar visualmente a bola das suas mãos até às mãos dos outros jogadores da equipe. Jim Kelly falava sobre uma crença ocultista antiga. Lembre-se: nada no movimento de Nova Era é realmente novo. Como Deus diz em Provérbios: "Não há nada novo debaixo do sol". Até mesmo a Nova Ordem Mundial.
   As histórias falavam sobre o que os animais sentem quando são caçados: "Sentem dor?" — pergunta aos alunos — O espírito de algum desses animais deixa o corpo voluntariamente, ou luta para tentar ficar?
   Com os alunos em um estado alterado de consciência, esse tipo de manipulação emocional torna-se altamente significativo. Talvez, pela primeira vez em suas vidas, alguns alunos possam realmente começar a ver os espíritos dos animais como iguais aos humanos, exatamente como o ocultismo sempre ensinou. Talvez não se deva acreditar em Deus, que diz na Bíblia que os espíritos humanos e os dos animais não foram criados da mesma forma.
   Esse é um exemplo do treinamento religioso anterior sobre um determinado assunto sendo erodido invisivelmente.
   As histórias falavam vividamente como esses povos antigos recitavam orações e mantras aos espíritos de seus familiares mortos. Agora, esse é um dos exemplos mais claros de puro satanismo possível.
   Na Bíblia, Deus proibiu seu povo, chamado pelo seu nome, de tentar buscar o contato com os espíritos dos mortos: Deus condena essa prática com severidade!
   Essa é a razão porque tantos grupos ocultistas tentam contatar os espíritos dos mortos: é a marca característica de uma religião pagã — orações para os espíritos dos mortos.
   No entanto, nessas histórias, os alunos foram manipulados emocionalmente, pois viram pessoas que oravam ao espírito de seus familiares mortos, possivelmente levando os alunos ao ponto de acreditar que é possível e até nobre praticar essa abominação.
   Uma parte especialmente preocupante dos relatos foi o aparecimento de olhos vermelhos e verdes na cena de uma grande fogueira.
   Como eu não tinha certeza sobre o possível significado ocultista disso, contatei um ex-sacerdote satanista, que hoje é um cristão nascido de novo: ele me disse que a cor de olhos mais comum de um demônio que foi forçado a se manifestar na nossa dimensão por um feiticeiro que executou o ritual e cantou os mantras corretos, é vermelho.
   Os olhos verdes são vistos com menos freqüência nesse tipo de circunstância.
   No entanto, essas são as duas cores de olhos mais comuns dos demônios quando eles se manifestam no nosso reino material. Essas histórias mostravam cenas em que demônios eram conjurados por meio do fogo.
   Quando a Sra. Hebert trouxe as crianças de volta à realidade, fez a seguinte afirmação reveladora: "A religião de uma pessoa é sua própria religião. Toda cultura procura respostas que se tornam sua religião. As outras religiões são simplesmente diferentes das nossas".
   Isso revela suas verdadeiras intenções. Está igualando a validade das religiões satânicas antigas ao cristianismo. O satanismo é tão válido para responder as muitas questões da vida quando é o cristianismo; é simplesmente diferente.
   Finalmente, a Sra. Hebert deu aos alunos uma folha de papel contendo 25 das "Grandes Questões" da vida. A maioria delas é puramente assunto de religião, e informamos somente as mais óbvias aqui para você:
  • De onde viemos?
  • O que cremos sobre o nosso curandeiro — o que o torna tão sábio (lembre-se, o curandeiro é um feiticeiro. Essa é uma pergunta extremamente sugestiva, pois pressupõe que o aluno deva crer no curandeiro e deva considerá-lo mais sábio do que ele.);
  • De onde vêm os espíritos? Eles nos fazem sentir dor?
  • Vamos morrer?
  • Haverá outro futuro? (É como perguntar: "Existe Céu e Inferno?).
  • Como sabemos quem vai morrer em seguida? Por que eles são escolhidos?
  • Qual é o propósito da nossa vida?
  • Para onde vão os espíritos após a morte?
  • Podemos tentar modificar nossas vidas?
  • Existe um ser supremo que tem o controle de tudo?
   Claramente, essas são questões de religião.
   Portanto, não gosto que professoras ensinem secretamente meus filhos assuntos de religião sob nenhuma circunstância, mas fico realmente furioso quando descubro que essa professora violou a confiança que depositei nela: enviei minha filha a uma aula na Escola de Segundo Grau, esperando que ela aprendesse Literatura ou Redação. Não a enviei à aula de Inglês para que sua mente fosse deliberada e ardilosamente INVADIDA de modo a colocá-la em um estado leve de hipnose para que seus valores religiosos, crenças e atitudes pudessem ser sutil e invisivelmente manipulados!
   Aqui no Brasil, assim como em outros lugares, a educação pública e privada passam por um processo de adaptação para esse tipo de controle social através dos programas da UNESCO que visam a educação.
   Pais cristãos, ouçam com atenção: estamos em uma guerra e nossos filhos estão literalmente parados nos trilhos de um trem!
   Muitas comunidades e igrejas agora oferecem escolas cristãs particulares como uma excelente alternativa. Deus está provendo os recursos para os pais cristãos que se preocupam, para proteger seus filhos dos valores da Nova Ordem Mundial que agora estão saturando as escolas.
   Pais, vocês precisam assumir o controle e mostrar a verdade do que se vê na televisão, internet e cinema. Os escritores da Nova Ordem Mundial não escondem o fato que a mídia serão as ferramentas que mudarão o sistema de valores dos seus filhos!
   Finalmente, você precisa orar todos os dias por sua família, individualmente, nome por nome. Peça que Deus coloque um escudo de proteção em volta de seus filhos.
   Peça sabedoria para liderar nestes tempos difíceis: os homens precisam assumir "seu papel" de liderança neste assunto da mais alta seriedade. Deus deu aos pais e maridos a responsabilidade de prover a liderança espiritual e ele cobrará isso de você, homem, no Tribunal de Contas de Cristo.
   Deus é bom, e protegerá seus eleitos durante estes dias finais. Tenha fé, seja vigilante, cauteloso e viva com alegria todos os dias.
Extraído do "The Cutting Edge",
um programa de rádio de Old Path Ministries.
No Brasil: “A Espada do Espírito
Adaptado para "Este Mundo Jaz no Maligno".

12 de jun de 2009

Globo e Anticristo: Tudo a Ver!

   Julguei essa informação tão relevante que, pela segunda vez, apresento um texto copiado integralmente de outro blog. Meus comentários estarão no final
REDE GLOBO SE PREPARA PARA COBRIR
A CERIMÔNIA DE POSSE DO ANTICRISTO
   Apesar dessa reportagem enfatizar o tempo inteiro os jardins do santuário do Báb e que hoje são patrimônios da UNESCO (isso foi feito para que o Hezbollah pensasse duas vezes antes de lançar mísseis em Haifa por causa da suspeita de ogivas nucleares nesse local) , a comunidade Bahá’i está condicionando a imprensa para o dia da posse do anticristo e seus nove mestres eleitos.  Abdu’l’bahá deixou ordens para os  Bahá’is dizendo que a cerimônia de posse seria realizada nos Jardins do santuário do Báb, mas de forma bem discreta.  E esse foi o primeiro contato amistoso com a poderosa rede globo.
   O profeta Daniel disse que o Anticristo maquinaria seus projetos em uma província fértil:
   “Virá também caladamente aos lugares mais férteis da província, e fará o que nunca fizeram seus pais, nem os pais de seus pais; repartirá entre eles a presa e os despojos, e os bens, e formará os seus projetos contra as fortalezas, mas por certo tempo.” (Daniel 11:24)
   No meio dessa descrição, o repórter faz questão de enfatizar isso quando diz que Haifa é a terceira maior cidade israelense: “Podem ser vistos de praticamente todos os pontos de Haifa, a terceira maior cidade israelense, localizada no norte do país”.
   Obs.: Quem fará alarde no dia da posse será o presidente americano e o Papa.
   Em outro trecho o jornalista diz que as instituições Bahais não podem ser visitadas por turistas: “Os turistas não podem entrar no templo ou em outros prédios” Só o fato de estarem escondendo já fica caracterizado como prática ocultista. Isso é tão verdadeiro que a reportagem nem se quer fala de Baha’u’llah. Além disso, o repórter chama o local de Monte Carmel e Não Monte Carmelo (que seria o correto), cristãos que possuem pouco conhecimento da Bíblia correm o risco de não associar o nome.
   Abdu’l’bahá também profetizou em seu livro Epístolas do plano divino que no futuro seria difundido uma outra visão sobre o Bahaismo, ou seja, que esse governo não trará a paz na terra : “No futuro, serão difundidos falsos relatos a respeito de Bahá’u'lláh a fim de impedir a difusão da Verdade. Eu vos digo que deveis estar atentos e preparados”. (Abdu’l’Bahá)
   Abdu’l’bahá ensinou que não existe uma verdade absoluta, lamento desapontar, pois somente a Bíblia é a verdade absoluta e imutável da palavra de DEUS. O repórter foi condicionado a dizer que o local é de extrema paz espiritual em outra passagem para manipular a opinião pública : “…o visitante durante o passeio, tudo parece feito para acalmar a mente e o espírito…” Realmente o local transmite paz, mas está muito longe de ser a paz de espírito do Senhor Jesus.
   Agora vamos aos números cabalísticos dessa entrevista: A data foi 11/06/09 , distribuindo o número 11 em proporção de bahá temos (9-2) , dessa forma temos os números dia : ( 3-3-3 e 1-1) e mês e ano (0 6 – 09). O número nove representa os nove mestres eleitos do Anticristo e o dois a Besta de dois chifres que são os dois feiticeiros que vão controlar a Casa Universal de Justiça e a Guardiania.
   O Executivo mundial não é representado, pois a Nova Ordem Mundial de Baha’u’llah é um governo espiritual e ele é extremamente materialista e um maçom do grau número 9. Nesse grau, o maçom começa a desenvolver a sua espiritualidade com o cristo cósmico. Já os números do mês e do ano O6/09 quer dizer que o número 666 é igual ao 999.
   Abaixo segue o texto dessa péssima, ocultista e incompleta reportagem da globo realizada em 11/06/09:
JARDIM EM ISRAEL ENCANTA TURISTAS DE TODO MUNDO
   O Jardim Bahai tem 400 mil metros quadrados protegido pela Unesco, a Organização das Nações Unidas para a Cultura.
   Eles são belos e imponentes. Ao longo de um km encosta acima, enfeitando e colorindo o Monte Carmel, os jardins Bahai formam uma das paisagens mais espetaculares de Israel.
   Fundada pelos cruzados no século três, Haifa é uma cidade portuária, que, reza a lenda, abriga parte do estoque secreto de ogivas nucleares israelenses.
   No fim do século 19, ela foi escolhida como a Sede da Comunidade Bahai, uma religião que surgiu na antiga pérsia, hoje o Irã.
   São cinco milhões de fiéis em todo o mundo, de acordo com o secretário-geral da comunidade, Anthony Vance.
   Ele diz que os Bahai acreditam que todas as religiões do mundo são, na verdade, uma só.
   Os jardins foram criados em honra a Báb, um dos profetas Bahai, que está enterrado no templo, de cúpula dourada.
   São 19 jardins, com 400 mil metros quadrados de área cultivada. Rigorosamente guardados por voluntários, que mantém tudo em seu devido lugar.
   Quatrocentas e cinqüenta espécies diferentes de plantas, a maioria da região, foram escolhidas para os jardins, pela cor, altura e resistência. O sistema de irrigação é operado por computador e toda a água, inclusive a das fontes, é reciclável.
   Recentemente os Jardins Bahai foram considerados locais históricos protegidos pelo comitê da Unesco para a herança mundial. Mas independentemente do título e da beleza do local, o que mais impressiona aqui é a sensação de tranqüilidade e de paz.
   Só no ano passado, 600 mil pessoas visitaram os jardins. A grama bem aparada, os desenhos feitos com flores coloridas, as peças ornamentais e a água corrente que acompanha o visitante durante o passeio, tudo parece feito para acalmar a mente e o espírito.
   Uma turista alemã ficou encantada com a geometria dos jardins. Um mexicano disse que a visita foi recomendada por um amigo arquiteto.
   Os turistas não podem entrar no templo ou em outros prédios. Mas quem tiver disposição para vencer os 1.700 degraus pode admirar os jardins por quanto tempo quiser e chegando ao topo, ainda tem um bônus: a visão da cidade se encontrando com o verde do Mar Mediterrâneo.

   Esse é um assunto de extrema relevância e, apesar de não abordá-lo com muita freqüência por aqui, já estive presente em duas palestras apresentadas pelo autor do site e sua linha de raciocínio é lógica, bíblica e amparada por fatos… como, por exemplo, este que acabamos de testemunhar.
   Vocês leram UNESCO no início do texto? Isso não lembra ONU? ONU lembra o sobrenome Moon que nos remete à família Ferreira e entramos em curso de colisão com a CONAMAD… conseguem ver como tudo se conecta?
   Para provar que todas as engrenagens estão se movendo em sincronia para que a revelação do anticristo seja um grande sucesso, vejam agora o súbito avanço do genial processo através do qual os demônios poderão se materializar, revelar-se em “forma física” e, ainda assim, serem aclamados pela humanidade:
   Esse vídeo foi indicado pelo irmão Marcelo Oliveira e testifica com alguns dos fatos que venho registrando desde 2005. Na verdade já havia feito leve menção a alguns eventos que testemunhei enquanto controlador de tráfego aéreo, mas não possuía nenhum registro. Informações como as do vídeo acima são verdadeiramente “abafadas” até mesmo entre as próprias equipes que trabalham nos órgãos de controle.
   O retorno de Jesus Cristo está tão próximo que às vezes me questiono sobre a possibilidade de que alguns dentre os verdadeiros cristãos possam não precisar experimentar a morte. Porém, do jeito que a apostasia se instaurou, só tenho a certeza de que SE isso ocorrer, o número de pessoas será ínfimo: a maioria esmagadora dos que pensam ser de Deus vai estar ocupada demais com as festividades pela paz intergaláctica, atos proféticos interplanetários ou coisa semelhantemente inútil…
   Ontem eu me lamentei por algumas aflições que ocorreram, mas hoje já percebi que nunca devemos confundir uma lição com uma punição: o Senhor cuida de nós mesmo sem que saibamos e CONFORME SUA SOBERANA VONTADE! Assim como a luz amarela do painel do automóvel acendeu e apagou, devo continuar meu trabalho confiando no Senhor, falando sempre a Verdade e nunca compactuando com os enganos! O resto… o Senhor proverá!
   Espero que ainda este final de semana possa concluir mais duas partes de “Os Mecanismos Malignos”… aguardem!
   Que a graça e a paz do Senhor Jesus Cristo sejam com todos vocês!