28 de abr de 2009

Gripe Suína Avança Rápido

   É impressionante como um assunto vai dormir pequeno, amanhece crescendo e no início da tarde já alcançou quatro continentes, tendo sido confirmada em sete países!
   Chega a ser engraçado ver as autoridades que anteontem afirmaram que o mundo estava “bem preparado” para enfrentar o vírus, agora já afirmam que a doença já não pode ser contida!
   Aqui no Brasil a coisa preocupa um pouco mais, pois o país não está preparado para enfrentar a alta letalidade do vírus e já temos 12 suspeitas espalhadas por 7 estados! O Rio de Janeiro já está pedindo arrego antes mesmo da tempestade!
   E por falar em tempestade, para aqueles que estão acompanhando o documentário “Os Mecanismos Malignos”, é óbvio que esta doença já afetou até mesmo a bolsa de valores
   A BBC também já menciona que, numa pandemia de gripe em 1968, morreram mais de 1 milhão de pessoas! O que estão querendo indicar com isso?
   Se o vídeo abaixo não passar, clique aqui para assistí-lo direto no Youtube.
   Para maiores informações, por favor leia minha postagem anterior.
   Não quero criar pânico ao apresentar este relatório: estou apenas catalogando as notícias…

Gripe Suína, A Incontrolável!

    Há dois dias atrás fiz questão de registrar minha total descrença na OMS em relação ao suposto controle que teriam sobre a gripe suína, mas não me alegro ao acordar nesta terça-feira e descobrir que estava certo: admitiram que a DOENÇA É INCONTROLÁVEL! Veja:
   "Com a disseminação do vírus...fechar fronteiras ou restringir viagens tem muito pouco efeito na contenção desse vírus", disse Fukuda.
   Segundo ele, o aumento no nível de alerta representa "um passo significativo em direção a uma pandemia de gripe", mas ele ressaltou "que uma pandemia não é considerada inevitável".
   Nesta terça-feira pela manhã, a OMS confirmou que 73 casos foram diagnosticados no mundo.
   Inspetores das Nações Unidas foram para o México examinar relatos de que fazendas industriais de criação de suínos teriam sido a fonte do surto. O número de mortes provavelmente causadas pela doença no país aumentou para 152.
   Duas semanas atrás essa doença era um assunto completamente desconhecido, mas hoje já ocupa as manchetes dos principais jornais do planeta. Ninguém acha isso estranho? Ninguém enxerga uma conspiração em andamento?
   De forma alguma digo que a OMS é ineficiente… nunca! Simplesmente tudo isso é mera confirmação de que esta e outras organizações semelhantes são 100% eficientes, pois seu REAL OBJETIVO É, ao contrário do que a grande maioria pensa, DISSEMINAR DOENÇAS COMO ESTA (E PIORES!) PELO MUNDO!
   Caso o vídeo acima não esteja funcionando, clique aqui para assisti-lo diretamente no Youtube.
   Acho que pelo menos os cristãos deveriam compreender que desde Salmos 2 temos a clara descrição da posição de TODOS OS GOVERNOS MUNDIAIS em relação a Deus. Veja:
   "Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vãs? Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas."  (Salmos 2:1-3)
   O grande líder mundial foi colocado diante dos reis da terra desde Ezequiel 28:17 e todos olham para ele desde então!
   Há gente estúpida o suficiente para querer relacionar o cumprimento das profecias a um suposto prazer orgástico para aqueles que crêem no quadro profético do tempo do fim, descrito pelo próprio Jesus Cristo e registrado na Bíblia:
   "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."  (Mateus 24:7)
   E só para confirmar o que disse esta madrugada, bem na conclusão da postagem:
   "Mas todas estas coisas são o princípio de dores."  (Mateus 24:8)
   O que vem a seguir é bem mais chocante:
   "Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão."  (Mateus 24:9-10)
    Não fui eu quem inventou estas palavras, mas estou aqui para reafirmá-las e exortar os cristãos sinceros ao arrependimento genuíno e ao verdadeiro encontro com Deus… ou vocês acham que seus atos proféticos com suas profeciazinhas, suas dancinhas, seus retetés… seus “fogos estranhos”… são o caminho para um relacionamento verdadeiro e bíblico com Deus?
   Eu digo, eu repito: Este Mundo Jaz no Maligno!
   E, por favor, não se espantem com meu “pessimismo”, pois AINDA HÁ COISAS PIORES VINDO por aí! Veja:
   "Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas."  (Lucas 21:26)
   "Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver."  (Mateus 24:21)
   Não quero com isso de forma alguma dar a entender que aqueles que assumirem um compromisso com Deus e com a Verdade irão passar intactos por tudo isso… a “vida biológica” como a conhecemos é apenas o princípio da eternidade. A Bíblia registra que o sol brilha sobre justos e injustos, que nesta terra todos teremos aflições… o que mais importa são as decisões que tomamos, pois estas definirão para onde iremos no final de tudo.
   "E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo."  (Mateus 10:28)
   Quanto aos governantes, às organizações, os aliados da Nova Ordem Mundial… para estes o destino já está escrito e , por incrível que pareça, também é apontado no Antigo Testamento:
   "Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará."  (Salmos 2:4-5)
   A doença já se espalhou por sete países, provavelmente também o Brasil, até agora.
   Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós.

Extraordinária e Incomum

   Esta é uma postagem extraordinária e urgente, pois hoje, enquanto aguardava em uma repartição pública, li um texto insano conclamando (com suposta “base bíblica”) uma das cabeças pensantes do mundo cristão atual a submeter-se à corrupta e questionável justiça desse país chamado Brasil em nome de uma lei absurda… e o autor ainda tem coragem de se intitular “reverendo”!!! Só se for mais um TESSALONICENSSICAMENTE enviado…
   Depois disso fui fazer algumas pesquisas e achei material relevante o suficiente para que apresente aos leitores do meu blog. Nunca imaginei que um dia iria concordar em alguma coisa com Silas Malafaya ou Bispo Rodrigues, mas (pelo menos) no vídeo abaixo eles falam corretamente e cumprem seu papel como cristãos. Só espero que não façam como o apóstata do Rick Warren que, depois de um tempo, foi pedir perdão pelo que disse. Assista:
   Agora vem a parte incomum, pois sempre evitei postar textos copiados de outros blogs, mas a relevância do texto a seguir é tão grande que não posso alterá-lo ou simplesmente colocar um link para ele. Por favor, leiam:

SERÁ QUE SOU HOMOFÓBICO?
REV. WAYNE PERRYMAN
   O dicionário define homossexualidade como: “que deseja alguém do mesmo sexo [gênero] ou o ato de ter sexo com alguém do mesmo sexo [gênero]”. Em outras palavras, é uma conduta sexual feita com alguém do mesmo sexo. O dicionário não definiu esse termo como duas pessoas do mesmo sexo que por acaso se amam.
   Simplificando: tanto a homossexualidade quanto a heterossexualidade tratam de sexo. Uma expressão sexual está perfeitamente em harmonia com a maneira como a natureza designou nossos corpos para propósitos reprodutivos (heterossexualidade), enquanto a outra não (homossexualidade). Nenhuma das duas expressões sexuais tem algo a ver com amor. Ambas são condutas sexuais expressas por meio de contato físico entre duas ou mais pessoas.
   A atividade sexual pode ser uma expressão de amor, mas o próprio sexo não é amor. Todos os adultos maduros sabem que sexo e amor são duas coisas diferentes. O amor puro não é expresso na maior parte das vezes de forma sexual.
   Pais que amam seus filhos darão a vida por eles, mas eles nunca têm sexo com os filhos. Soldados deram a vida — a expressão máxima de amor conforme a Bíblia (João 15:13) — por um colega de farda (do mesmo sexo), mas eles nunca tiveram sexo com seu colega. Irmãos e irmãs têm sacrificado a vida por seus irmãos doando os próprios órgãos para salvar a vida do outro, enquanto outros têm deixado sua herança inteira para seus irmãos, mas em ambos os casos essas expressões de amor jamais incluíram sexo.
   O ato sexual é meramente um ato físico que é na maior parte das vezes expresso na privacidade do lar. Portanto, esse ato não deve ficar sob a proteção de leis de direitos civis. Seu devido lugar de proteção são as leis de privacidade, não leis de direitos civis. As leis deveriam ser criadas para desestimular condutas criminosas, não apoiar condutas sexuais privadas.
   Quando gays disseram que nasceram desse jeito e se compararam com negros, uma criança negra escreveu:
MEU ATO SEXUAL NÃO ME FEZ NEGRO
ISSO É ALGO QUE OS GAYS NÃO PODEM DIZER
POIS É FATO QUE O ATO SEXUAL DELES
É O QUE OS FAZ GAYS
   A homossexualidade e a heterossexualidade são comportamentos sexuais que se expressam. Não são condições físicas como a cor negra ou branca.
   Havendo dito isso, será que sou homofóbico se eu não gostar, não aceitar ou não me sentir bem com a expressão (conduta) sexual dos gays? Homofóbico significa temer ou odiar o indivíduo gay ou homossexual que se engaja em tal conduta?
   Antes de responder a essa pergunta, por favor permita-me compartilhar com você outras condutas com as quais não me sinto bem.
  • Não gosto de (ou não me sinto bem com) heterossexuais que se exibem com gestos escandalosos em público quando podem fazê-lo na privacidade de seus lares. Será que sou heterofóbico e odeio heterossexuais?
  • Não gosto de (ou não me sinto bem com) indivíduos que traem o cônjuge. Isso significa que tenho fobia e ódio dos que traem seus cônjuges?
  • Não gosto (ou não me sinto bem) quando meus filhos se comportam como membros de gangue. Será que odeio ou temo meus filhos? Será que isso é fobia dos próprios filhos?
  • Não gosto (ou não me sinto bem) quando motoristas fazem ultrapassagens perigosas em outros motoristas. Será que tenho ódio ou fobia de motoristas?
  • Não gosto (ou não me sinto bem) quando meus irmãos e irmãs negros usam a palavra “preto”. Isso significa que tenho medo e ódio de meus irmãos e irmãs afro-americanos?
  • Não gosto de (ou não me sinto bem com) muitos dos meus maus hábitos. Será que tenho ódio e medo de mim mesmo?
   Imagino que você está entendendo o que estou querendo dizer. Só porque não gosto de certas condutas ou não me sinta bem com certas condutas, isso não significa que temo ou odeio a pessoa que se engaja em tal conduta.
   Não devemos permitir que outros nos rotulem ou coloquem em nós um peso de culpa naqueles entre nós que não gostamos, não aceitamos e não nos sentimos bem com o estilo de vida homossexual. Tenho certeza de que mesmo dentro da população homossexual há certas condutas que eles não gostam, mas isso significa que eles temem ou odeiam as pessoas que demonstram tal conduta?
   Eu odeio ou temo gays? Absolutamente não! Se eu visse alguém tentando prejudicar fisicamente um gay, como cristão e tal qual o “Bom Samaritano” da Bíblia, eu seria um dos primeiros a socorrê-lo, não porque o indivíduo prejudicado é gay, mas porque ele, como eu mesmo, é amado por Deus. (João 3:16)
   Conforme declarei antes, os gays muitas vezes comparam sua experiência com a experiência dos negros, mas os negros nunca tiveram a opção de esconder sua pele negra no armário para escapar ou evitar perseguição. E nós nunca fomos odiados por causa de nossa conduta. Nós éramos odiados simplesmente porque éramos negros.
Tradução e Adaptação: Júlio Severo

   Ontem escrevi sobre os fatores necessários ao estabelecimento do reino do anticristo e ao cumprimento das profecias bíblicas relativas ao fim. Hoje tenho o amargor de ver que a Nova Babilônia está sendo solidamente estabelecida não apenas no Brasil, mas em quase todo o mundo!
   Júlio Severo já teve que sair do Brasil para não sofrer sanções por expressar a Verdade através de seus textos… e ainda tem “cristãos” achando que esse é um tempo de festa!
   O que falta ocorrer para que os cristãos se conscientizem de que já estamos enfrentando o bíblico e temido “princípio das dores”? Querem uma carta em papel timbrado de Deus oficializando o evento?!
   Esse é um post em solidariedade a Júlio Severo: que o Senhor Deus seja com ele e sua família onde quer que estejam. Que os proteja e abençoe com saúde e coragem para prosseguir firmados na Palavra e em defesa da fé.
   Ah! Por favor, do jeito que as coisas estão indo, não deixe de reservar um cantinho para mim por aí também…

27 de abr de 2009

   Parece que minha presença já não é mais tão necessária na obra de reforma de minha futura casa, mas essa semana vai ser atarefada por culpa dos muitos feriados que atrapalharam a regularização de alguns serviços essenciais: vou passar “bons momentos” em escritórios de atendimento ao público… sempre confortáveis, espaçosos e nunca lotados.
   Nas semanas em que estive mais atarefado e não postei, fui registrando as notícias que confirmam o cumprimento das profecias bíblicas relativas ao tempo do fim. Falei sobre isso originalmente em maio de 2005, num texto chamado “O Termômetro do Fim” e, mais tarde, em junho de 2006, acabei “Verificando o Termômetro do Fim”.
   Não penso que seria interessante fazer uma terceira revisão no site principal e, desde o início do blog, uma de minhas principais intenções era implementar aqui um “termômetro” em tempo real ou o mais próximo disso que conseguir.
   Entre os fatores relacionados ao estabelecimento do vindouro reino do anticristo está a recriação das condições econômico-monetárias, religiosas, políticas e sociais existentes na Babilônia original: tudo unificado e controlado por uma única autoridade. Este processo já está acontecendo e a “Nova Babilônia” se esconde sob o pseudônimo de “Nova Ordem Mundial”.
   Apesar de largamente anunciadas na imprensa, a maioria das pessoas não se dá conta que as fusões entre empresas das mais diversas áreas são a prova de que o mercado único mundial vem aí: até mesmo no Brasil essa unificação tem ocorrido!
   Outro fator importante é a completa degradação moral do ser humano através do “senso comum” de que seríamos incapazes de resistir às concupiscências da carne, agindo como meros animais e cedendo a nossos instintos e impulsos mais básicos: pedofilia, homossexualismo, depravação, poligamia… tudo normal e, em breve, defendido por meio de leis.
   Aliás, eu já havia “cantado a pedra” sobre esta última notícia: Rick Warren é um dos maiores apóstatas e, ao que me parece, não se preocupa nem um pouco com arrependimento… assim como a maior parte da humanidade, que a cada dia serve com mais prazer ao diabo e suas religiões.
   E aqui cito questões que exigem mais tempo de discussão e reflexão como, por exemplo, o rearmamento militar da Rússia, a sugestão da moeda única global pela China… coisas que o autor do blog Apocalipse Total explica bem melhor que eu!
   Não apresento aqui referências à religião única, pois faço isso quase que diariamente… o ecumenismo já está estabelecido e falta bem pouco para a plena apostasia eclesiástica. Ainda por cima aproveitam para deturpar ainda mais a situação espiritual, misturando tudo em um “bolo doido” e chamando de “escape psicológico” para a grave crise econômica que assola o mundo!
   Também devo falar sobre terremotos se multiplicando, tornados… catástrofes naturais simultâneas e inéditas tanto em ocorrência quanto em localização.
   E, para concluir, uma novidade que está parando o México e pode parar completamente outros países: a gripe suína. Segundo a OMS, o mundo está “bem preparado” para isto… você acredita?
   Pronto! Consegui apresentar a coleção completa de links que acumulei durante minha ausência e vou aproveitar para responder uma questão que levantei desde outubro de 2005: o significado do nome “VISA”!
   VI (numeral romano) = 6
   A (falta alguém me dar provas sólidas de que esta letra representaria o número 6 no alfabeto babilônico! Já vi muitos sites afirmando, mas nenhuma referência confiável… alguém me ajuda?) = 6
   Para “coroar” esta postagem, apresento mais uma parte inédita de “Os Mecanismos Malignos”. Saiba que haverá menção aos nomes científicos dos orgãos sexuais e, por favor, se não tiver maturidade para compreender como satanás joga sujo… não assista!
   Aliás, reparei que nesse trecho o autor fez menção direta ao nome de satanás pela primeira vez até agora… o que isso pode significar?
   Faltam apenas sete partes para concluir as legendas deste documentário e estou pensando em “entrevistar” o autor com 10 questões diretas. Aceito sugestões dos leitores em relação às questões que irei apresentar: as mais pertinentes serão inclusas, com direito à citação do autor (é claro, se o autor quiser ser citado).
   Tudo indica que esta é a última postagem dessa sequência quase diária desde o dia 17 de abril: creio que essa semana será de ausência e, por isso, peço a Deus que nos proteja de tantas coisas assustadoras e abençoe com saúde, sabedoria e persistência para que não abandonemos a Verdade da Palavra.
   Um fraternal abraço!

25 de abr de 2009

Com As Pedras Que Me Atiras…

Teóphilo,
   Reparei que no 4º vídeo (da série “Os Mecanismos Malignos”), nos frames de 0:50 a 1:16, aparece a imagem de Jesus Cristo e o narrador alega que “os Deuses” têm controle maligno sobre todas as pessoas.
   Essa parte do vídeo claramente sugere que Jesus é uma entidade maligna que manipula e controla as pessoas e isto é a maior HERESIA que já ouvi na minha vida inteira! Como um cristão pode assistir um vídeo INÚTIL e OFENSIVO como esse e achar interessante?
   Esse Lenon Honor é um tarado!
   Associar “Umbrella” a “vagina”? Fala sério!
   PS: A legenda também não é lá essa beleza, não!

24 de abr de 2009

Os Mecanismos Malignos (Partes 12 e 13)

   Mais um final de semana chegando e mais duas novas partes do documentário prontas para revelar mais um pouco das engrenagens que giram por trás não apenas de Rihanna e Jay-Z, mas de toda a chamada “indústria do entretenimento”.
   A partir de agora vamos nos aprofundar nos significados mais ocultos e compreender mais da subliminaridade intencionalmente colocada naquilo que deveria ser “simples diversão”. Vejamos:
   Nos próximos episódios vamos nos aprofundar até o 5º nível da análise subliminar, compreendendo o significado de cada cena apresentada e vamos até mesmo identificar a imagem revelada daquele que influencia a todas estas pessoas…
   De quebra acabei de descobrir uma apresentação ao vivo da Beyoncé, mulher do Jay-Z, onde não ouve tempo para edição de áudio. Gostaria que, quem tiver estômago, ouça e depois me responda uma pergunta:
   Como alguém que canta desse jeito alcançou tamanho sucesso e fortuna? Só mesmo a alta tecnologia para tornar esses gritos desafinados em música… e uma mãozinha do “Rain Man”!
   Que o Senhor Deus nos proteja e nos abençoe com saúde e sabedoria para persistirmos fiéis à Sua Palavra até que o Senhor Jesus Cristo retorne e as profecias da Bíblia sejam cumpridas.

23 de abr de 2009

Até Hoje Rebecca Me Persegue…

boozemanbig
   Boa tarde Excelentíssimo Senhor, meu nome é Irina e também sou ministra do Senhor Jesus Cristo.
   Sr. Teóphilo, gostaria de comentar o texto em relação ao livros da Rebeca Brown: lamento, mas não concordo com comentários acerca dos livros dela, só sei que os livros dela me ajudaram imensamente a ter mais temor ao Senhor, me ajudaram a vencer o pecado e a me santificar mais, me trouxeram mais sede da palavra de Deus, muita libertação na minha vida e da minha família e também a compaixão das vidas que precisam da salvação. Tive um grande empurrão para o evangelismo.

   Pode responder ou não, mas lembre da palavra: “ai daquele que tocar no ungido do Senhor”!
   Gostaria de de saber se já se sentou para conversar com Rebecca pessoalmente?
   Porque o senhor não descreve os seus próprios pecados e falhas? Ninguém tem o direito de julgar a ninguém!
   Obrigada por sua atenção Excelentíssimo Senhor Teóphilo. Deus abençoe a sua vida e o seu ministério.
   Atentamente, Irina

22 de abr de 2009

Analisar x “Falar Mal” e Chocarrices

   Esse texto NÃO É dedicado exclusivamente ao Ednelson, que muito cordialmente me questionou sobre o tema “exposição”. Juntamente com a resposta  dele vou aproveitar para registrar um pouco de tudo o que ocorreu comigo até que chegasse aqui: escrevendo, agindo e respondendo dessa forma.
    No dia em que postei a “loba uivante”, tive oportunidade de ler uma excelente postagem no blog do Rodrigo Melo. O texto me fez refletir e acabei registrando um comentário:

   Nessa minha jornada como escritor de sites e blogs pude aprender claramente a diferença entre analisar e falar mal.
   A análise leva a uma crítica construtiva, chega até ao ponto de uma exortação, mas visa o bem, o aprimoramento, a correção de erros.
   Já quando se fala mal... são chamas de vaidades acesas e alimentadas por egos que visam a aniquilação e a vergonha do alvo.
   A grande questão é que as pessoas não sabem distinguir a diferença entre estas duas formas de criticar e sentem-se ofendidas quando analisadas e não enxergam sua própria destrutividade quando falam mal!
   Aprendi a analisar com base na Bíblia:
   "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça." (João 7:24)
   Não nos interessa se alguém é feio, careca, barrigudo ou fedorento... mas se for apóstata, herege, deturpador da Palavra, condutor de pessoas ao erro, aí não tem como evitar uma outra recomendação bíblica:
   "Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais." (I Coríntios 5:11)
   Hoje me deparei com esta tênue linha entre essas duas características para críticas ao produzir um vídeo, pois me deparei com uma dupla crítica, ou seja, a análise acabava falando mal do objeto: neste caso, uma mulher desafinada.
   O que fiz para solucionar? Aprendi técnicas de edição digital de vídeo: tirei a cor, dei um “flip” horizontal e cobri as feições de seu rosto!!!
   É uma análise DO ATO e não da pessoa!

   No início da minha “carreira” eu fui alguém que se assustava com palavras de qualquer pessoa, mesmo aqueles que nem tinham uma argumentação válida: qualquer mensagem me deixava preocupado, me fazia perder o sono! De repente, começaram a aparecer pastores, guerreiros… gente renomada chegando ao ponto de, até mesmo, me ameaçar pelos mais diversos motivos.
   Eu não havia sido moldado para lidar com essas abordagens e, do jeito que eu era, isso tudo me consumia, me deixava depressivo… a ponto de eu ter largado tudo por dois anos.
   Não duvido que tudo o que ocorreu em minha vida foi proporcionado pelo Senhor no intuito de me moldar, de me amadurecer e preparar para continuar a cumprir este ministério para o qual sou capacitado, mesmo ficando desgostoso algumas vezes. Detesto ver coisas onde pouca gente vê (enquanto todos saem contentes de uma sessão de cinema, eu saio horrorizado); detesto ter que falar o que a maioria das pessoas não gosta de falar porque acham que, ao encobrir, estarão deixando de ser “amorosos”…
   Mas a graça de Deus é multiforme e essa é a forma através da qual tenho sido usado para alertar os eleitos para que não venham a perecer por falta de conhecimento: não sou líder, não sou pastor… me vejo como uma sirene de alerta que soa de forma inconveniente quando muitos prefeririam que eu parasse ou, pelo menos, soasse mais “convencionalmente”.
   Se eu tivesse que voltar ao mundo digital para copiar o que alguém já está fazendo atualmente, seria melhor que permanecesse ausente!
   Respeito críticas, ainda mais aquelas fundamentadas na Palavra… mas definitivamente não estou aqui batendo palma para malucos dançarem, uivarem ou comerem chocolate: aqueles que me tratam com respeito, têm respeito em retorno.
   Aos demais… ofereço a Palavra sem muitos floreios.
  Que o Senhor Deus continue nos protegendo e abençoando com saúde e sabedoria!

19 de abr de 2009

    No meio de tantos afazeres decidi tirar uma tarde de sábado para namorar minha esposa: fomos ao cinema… e fiquei tão alarmado com o conteúdo do filme que saí da sala de exibição com este post quase pronto, só faltando transformar em registro escrito.
   “Knowing” (intitulado em sua versão brasileira como “Presságio”), estrelado por Nicolas Cage, é uma espécie de  Apocalipse deturpado: completamente sem perspectiva, sem salvação… sem Deus! Uma realidade onde os profetas são praticamente estuprados pelas revelações recebidas e, conforme até mesmo a revista Veja afirma, teria alguma coisa a ver com a Bíblia. Logo falaremos sobre isso e poderemos vislumbrar quem é o “deus” que inspirou esta obra.
   Antes de prosseguir e para aqueles que pretendem assistir ao filme, sugiro que não continuem lendo, pois esta análise será repleta de “spoilers”, ou seja, o que direi irá revelar algumas das “surpresas” espalhadas pelo enredo.
   O filme inteiro se baseia no conceito de que alguém pode fazer revelações adicionais à Bíblia e, dessa forma, contrariar completamente a Palavra de Deus. Para explicar o que seriam e refutar as “revelações adicionais” temos:
   "Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."  (Gálatas 1:8)
   "Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto."  (II Tessalonicenses 2:2)
   "Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido."  (Mateus 5:18)
  “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; e, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.” (Apocalipse 22:18-19)
   E sobre contrariar a Palavra de Deus temos:
   "Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai."  (Marcos 13:32)
   Logo podemos afirmar que as supostas discussões “cristãs” que poderiam ser geradas a partir desse filme têm sua nascente apodrecida e calcada em doutrina espúria e carnal, senão maligna.
   O autor faz questão de embutir passagens bíblicas na memória de qualquer um que vá assistir a esse filme, até mesmo na de um completo desconhecedor da Bíblia: Ezequiel 1 é mencionado por muitos como um “ponto alto” da produção, porém qualquer um que conhecer um pouquinho mais da Bíblia vai identificar a apresentação completamente deturpada de Mateus 24:29 + Lucas 21:26; uma citação pra lá de confusa de I Coríntios 12; a clara e total indução ao cumprimento de Apocalipse 6:13-16 e, ao final do filme, temos a realização cinematográfica do que está descrito em II Pedro 3:10-13… mas com gravíssimas divergências do quadro profético bíblico completo.
   O personagem principal é filho de um pastor e isto supostamente o tornaria alguém com certo nível de conhecimento da Palavra, capaz de ter optado por um universo regido pela coincidência caótica contra a existência de um Criador que tudo saiba e governe. No meio do filme podemos ver que esse pai-pastor deve ser um desses atuais líderes de meia tigela que andam por aí sem base bíblica argumentativa para nada: ele simplesmente aceita os fatos biblicamente discordantes sem o mínimo questionamento! Quem criou este enredo sem dúvida fez este personagem fraco naquela que deveria ser sua maior habilidade, o conhecimento da Bíblia, para poder minar a fé daqueles que já tem pouca. Ou este tal “pastor” desconhece ou ele não crê na plenitude da Palavra de Deus, pois ao invés de questionar Deus pela ausência do cumprimento de I Tessalonicensses 4:13-18 e 5:1-3 (… e isso só para começar!) se entrega docilmente ao holocausto. Dadas todas estas características, esse é o personagem mais verossímil que aparece no filme!
    Me perdoem os contestadores de plantão, mas crer também é pensar e, na “realidade alternativa” onde ocorre este filme, podem jogar Deus e a Bíblia no lixo, pois o santo nome de Jesus Cristo só serviu para aparecer lá no finalzinho do filme, escrito em um veículo danificado e abandonado no meio da multidão desesperada e já inexorávelmente destinada ao extermínio. Estava escrito “Jesus é o caminho, a verdade e a vida”… são poucos segundos de exibição, mas sem sombra de dúvida foi intencionalmente ali colocado para mostrar justamente a inutilidade, a impotência, a impossibilidade de alterar o destino da humanidade mediante aquela fé. Se isso não é escárnio, não sei mais o que poderia ser.
    A questão dos “anjos” também me surpreendeu, pois serviu para reforçar ainda mais minha tese de que absolutamente toda manifestação alienígena é demoníaca. Leiam o artigo original e notem as mesmíssimas características que já citei sendo apresentadas no decorrer deste filme e, para a “genial” conclusão, só consigo pensar em uma passagem bíblica:
   "E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz."  (II Coríntios 11:14)
   Passei um pedaço do domingo dando um jeito de arrumar as imagens ao lado, mas vou deixar para fazer uma versão estendida e detalhada desta análise lá no site principal muito em breve, pois acabei sendo surpreendido por detalhes que não se consegue visualizar no cinema e que, quando fazemos uma observação minuciosa, saltam aos olhos. Aguardem…
   E tem cristão se emocionando com o vôo dos demônios ao levar as crianças… e nem percebem a simbologia dos “lindos” coelhinhos brancos. Aliás, é “lindo” ver o desprendimento de um pai entregar seu filho para demônios em nome da “sobrevivência”… é um ato tão altruísta, tão magnânimo! Ou será que não passa de mais um condicionamento mental necessário ao governo que virá em breve sobre o mundo?
   Não vou me estender muito mais e a “emocionante” conclusão com o “novo céu” e a “nova terra” é um dos golpes emocionais mais sujos que existem, pois é uma imagem linda e uma esperança de renovação para a humanidade… mas… cadê o julgamento de Apocalipse 20:12-13? Cadê o fim da morte (também mencionado em Isaías 25:8) e do inferno de Apocalipse 20:14? Cadê tudo o que foi descrito em Apocalipse 21 e 22? Onde esteve o anticristo? Onde ocorreu a abertura dos selos e o toque das trombetas? Meu Senhor e Salvador Jesus Cristo não retornou conforme prometeu em Mateus 24:30, Marcos 13:26 e Marcos 14:62?
   Saí do cinema observando como o inimigo de nossas almas é sagaz: apresenta seu “evangelho” com imagens vívidas e som dolby surround! Entranha sua mensagem no consciente e no subconsciente das multidões com recursos tão agradáveis aos sentidos!
   Quem iria preferir ler a Bíblia? Que emoções e revelações podem estar contidas num livro escrito há mais de dois mil anos? Fiquei observando as expressões de felicidade estampadas pela ex-platéia e compreendi mais uma vez que meu papel não é ir junto com a correnteza: admito que sou relutante e não gosto nem um pouco disso, mas a cada dia sinto a confirmação de que fui separado para remar contra todas as marés… tanto as de “dentro” quanto as de fora: cheguei em casa e agora concluo minha análise desta obra de cunho totalmente anticristão e demoníaco, que serve apenas para afastar as pessoas do verdadeiro conhecimento do Deus Vivo e do amor do Senhor Jesus Cristo.
   Desse “Knowing” oferecido por Hollywood eu declino sem arrependimento, preferindo mais o oferecido pela Bíblia:
   "And ye shall know the truth, and the truth shall make you free."  (John 8:32)
   Gente! Os tempos estão se cumprindo e vocês querem ficar uivando dentro das igrejas, sentindo o mover de um espírito que não age de acordo com a Palavra de Deus? Vocês querem viver e sentir um amor pernicioso e permissivo como se fosse o amor recomendado biblicamente? Posso apenas cumprir meu papel de alertar e exortar… as conclusões são todas suas!
   Que o Senhor nos proteja dos ataques cada dia mais ferozes do inimigo, abençoando a cada servo verdadeiro com saúde e sabedoria!

18 de abr de 2009

Medalha, Medalha, Medalha!!!

    Não foi para comemorar o 5º mês de existência ininterrupta do blog, porém ganhei mais um selo de distinção!!
   Dessa vez foi o Danilo Miguel, do blog “Sem Forma!” que me indicou para receber o selo “Melhores Blogs da Cristandade”, criado originalmente pela equipe do “Amenidades da Cristandade” em comemoração ao seu primeiro aniversário.
   Como hoje é dia 18 e eu não brinquei de selos ainda neste mês, decidi fazer este post em caráter extaordinário para divulgar tanto as regras quanto aqueles que vou indicar… e saibam que fazer indicações sem agraciar alguém que já foi premiado exige pesquisa. Portanto, vamos às regras:
  1. Colocar o link do blog que ofereceu o prêmio ao seu blog;
  2. Escolher outros sete blogs de conteúdo cristão (não importando a corrente ou denominação) para receber a premiação e colocar seus links no post que consta a premiação;
  3. Comunicar os blogs premiados;
  4. Colocar as regras e a imagem do selo (conforme o código abaixo, direcionando para este post original do prêmio) no post de premiação.
E agora, os indicados:
  1. Deus É Fiel, do Everson Flores;
  2. Ensaios e Prosas, do Levi Bronzeado;
  3. VeShame Gospel, do João Paulo Fernandes (parabéns pela fitinha que NÃO TOCA mais no automático!!);
  4. Pensamentos Sobre a Vida, do Rodrigo Magalhães;
  5. Eu, A Máquina e Um Café, do Wander Ribeiro;
  6. Chuvas com Rajadas Frescas, do Agnus Amicus.
   Para fazer juz ao título dessa postagem (lembram do Muttley, o cachorro que ajudava o Dick Vigarista a caçar um pombo?), achei (no Genizah, que viu no Bereianos) um vídeo complementar ao da “unção da loba”: a “unção do cão”! Vejam:
   Que o Senhor Deus continue nos protegendo e abençoando, dando condições para a realização de Sua verdadeira obra!

17 de abr de 2009

Um Celular na Mão…

   … e muitas coisas para registrar!
   Este mês foi particularmente atarefado, me impedindo de dedicar todo o tempo que gostaria de empenhar no estudo e na divulgação da Palavra de Deus.
   Eu cheguei a comentar com alguns, porém somente hoje vou poder me estender sobre a visita que fiz a uma igreja aqui no Rio de Janeiro em meados de março: saí de casa com a sincera esperança de encontrar um lugar que pudesse me provar que estive errado durante todo este tempo. Na verdade fui até lá motivado pela realização de um seminário cujo conteúdo já era de meu conhecimento e, por ser de extrema pertinência, decidi assistir novamente e levar minha esposa para conhecer o relevante e revelador conteúdo.
   Não pretendo revelar o nome da igreja e, por isso, não posso revelar qual foi o seminário… mas aprendi muito mais coisas do que esperava ao realizar esta incursão.
   Logo ao chegar e ser muito bem recebido, tive uma informação que me encheu ainda mais de esperança: a igreja havia substituído o “pentecostal” que constava originalmente em seu título por “cristã”! Levando em conta que eu também decidi abandonar o título de “evangélico” para ser apenas um cristão bíblico, tal notícia me encheu ainda mais de esperanças.
   Enquanto conversava com algumas pessoas, descobri que não importa o quão bíblico esteja sendo um diálogo: todos fazem questão absoluta de, em algum ponto da conversa, saber de qual igreja você é membro… e ninguém entende e muito menos aceita que você não concorde com nenhuma linha denominacional!
   Parece que há alguma ordem expressa bíblica de que apenas um pastor possa compreender a Palavra para explicar às submissas ovelhas que, só então, poderão seguir o que esse líder compreendeu e ensinou… ou seja, para a maioria das pessoas, ninguém pode estudar a Bíblia e levar uma vida cristã de forma séria fora das denominações e igrejas convencionais! Essa regressão ao sacerdotalismo judaico ignora que o sacrifício de Jesus Cristo nos fez reis e sacerdotes individualmente, com todas as responsabilidades, deveres e direitos inerentes ao cargo. Já leram Apocalipse 1:3-6?
   A constância do requisito denominação me fez considerar até mesmo inventar algum nome esdrúxulo para dizer quando fosse questionado… mas posteriormente, ao andar pelas ruas fazendo cotação para materiais de contrução, constatei que não preciso inventar nada: já existem muitas coisas absurdas aparecendo por aí!
   Como a tecnologia necessária para promover a chegada e o estabelecimento do reino do anticristo anda bastante avançada, disponho de um aparelho celular que faz muitas coisas que eu nunca poderia sequer imaginar a algum tempo atrás: acelerômetro, internet, GPS com instruções audíveis em português, videoconferência e… uma câmera! Às vezes eu até recebo ligações, mas dessa feita, ao passar em frente ao local desta foto, consegui lembrar a tempo de que poderia registrar o absurdo: puxei o aparelho enquanto estava parado no sinal e aí está o resultado com, é claro, um pouco de photoshop.
   O nome dessa igreja me chamou bastante a atenção, pois desde pequeno eu havia aprendido na minha igreja (antes desta apostatar e fazer coisas como “culto da vitória” e “festa das águas”…) que Deus respondia sempre de três maneiras: ou “sim”, ou “não” ou “espera”. No decorrer dos anos foram popularizadas as correntes que não aceitam mais nem a segunda e nem a terceira opções dentre as possíveis resposta de Deus.
   Para estes que imaginam poder forçar Deus a responder com “sim” suas orações e, por isto, persistem insanamente mesmo diante do “não”… acho que o fundador dessa denominação (que deve ser uma pessoa bastante criativa) imaginou um deus que pode ficar sem paciência e responder de uma nova forma: com fogo!!
   O mais impressionante é que poucos metros depois surgiu mais uma oportunidade de registrar outro absurdo… tristemente engraçado:
   Tinha um grupo de axé (movimento do qual NUNCA gostei) que cantava uma musiquinha escarnecedora e cujo nome era justamente esse: asa de águia! Seria isso oportunismo ou completa falta de bom senso ministerial?
   Dessa segunda igreja eu cheguei até a visitar o site e testificar que ela existe baseada em uma passagem de Êxodo, direcionada EXCLUSIVAMENTE à casa de Jacó e aos filhos de Israel no momento imediato a sua saída do Egito, ou seja… parece que é um ministério que desconhece cronologia. Notem também o cartaz (menor, ao lado do principal) de mais uma dessas campanhas de sete semanas onde se prometem mundos de soluções ao custo de algumas “sementes”, só para medir sua “fidelidade” a Deus…
   Baseado nos títulos acima e nas “novidades” que tenho visto, da próxima vez em que me perguntarem de que igreja eu sou, vou informar que sou da “Comunidade das Estruturas Mexidas pelas Asas que Respondem com Fogo”… meu medo é que um absurdo destes já exista!
   De qualquer forma, tenho mais certeza de minha posição com Deus da forma que estou do que se participasse de qualquer igreja que pude conhecer até agora, pois voltando ao relato de minha visita àquela igreja verdadeiramente simpática onde fui assistir um seminário sobre a Fé Bahá'í, logo que adentrei o templo tive uma estranha experiência.
   É um costume de quando eu ia a igreja: sempre orei agradecendo por ter chegado até ali, pedindo a Deus que continuasse agindo, mostrando o que desejava para minha vida e dando uma mensagem verdadeiramente inspirada pelo Espírito Santo… só que meu espírito de oração foi completamente quebrado por um fato completamente insano. Como esse meu celular também filma, aqui vai um trecho do que tive que testemunhar:
   É por comportamentos como esse que não há condição de que eu participe de uma igreja: minha vontade era de cutucar aquela mulher e perguntar se ela estava com algum problema intestinal ou coisa parecida! Aí eu seria “o antiespiritual”… mas isso aí não é mover de Deus nem aqui e nem em lugar nenhum! E eu nem filmei o “piti” que ela deu no período da tarde: mexendo a língua na boca para fazer aqueles barulhos iguais aos das mulheres árabes…
   A palestra, cujo conteúdo eu já conhecia previamente, foi boa, mas apesar da igreja ser extremamente hospitaleira e o ambiente bastante agradável, houveram certas coisas que destoaram muito do conceito bíblico de cristandade. Por exemplo: depois do almoço foi entoado um mantra (“Com muito louvor, com muito louvor…”) por quase meia hora ininterrupta; alguns membros interromperam a palestra por não aceitarem a possibilidade de, de repente, terem que testemunhar a revelação do anticristo e o princípio das dores sem terem ainda sido arrebatados… a esta última prefiro pedir que ouçam ao podcast que gravei quando ainda tinha tempo, mas achei até engraçada a revolta de uma menina que bradava ao palestrante:
   — Jesus morreu na cruz para que eu não passasse mais por sofrimento! Eu TENHO que ser arrebatada antes da revelação do anticristo!
   Eu até queria ficar calado, mas o Teóphilo que sou acabou tendo que falar…
   Jesus morreu na cruz e nenhum dos cristãos primitivos foi jogado aos leões? Jesus morreu na cruz e Estevão não foi martirizado? E Paulo? Sofreu pouquinho, não é mesmo! O que Jesus garantiu com o seu sacrifício na cruz foi a VIDA ETERNA, porque neste mundo continuaremos tendo aflições e, de acordo com as profecias bíblicas, conforme nos aproximamos do final dos tempos, estas serão cada vez piores!
   Dia desses conheci uma filosofia nova, da qual nunca tinha ouvido falar: pessoas que não crêem no fim deste mundo, achando que Cristo virá reinar e que tudo será solucionado e ficará muito bem a partir de então… eu até prometi estudar (e estou verdadeiramente fundamentando na Bíblia uma refutação a esta corrente), mas é só olhar para as notícias e andar por este mundo para ter certeza de que essa interpretação é utópica e incoerente com a realidade, chegando a parecer coisa dos testemunhas de jeová!
   Definitivamente vejo a cada dia mais forte a impossibilidade de que eu venha a fazer parte de um corpo que se desvia da Palavra em prol dos costumes vigentes neste mundo. Não posso me calar ante as deturpações, os misticismos, a falsa espiritualidade, o psicologismo… e isso me torna um “rebelde” em potencial.
   Acho que nunca poderei realizar seminários em igrejas também… notei que, por causa do desconhecimento bíblico e do despreparo espiritual, muitas pessoas ficaram extremamente chocadas e outras tantas nem mesmo compreenderam o conteúdo e o objetivo da palestra! Quando esta mesma apresentação foi realizada em um hotel de São Paulo, o público que lá compareceu estava interessado, preparado e buscando conhecimento de forma voluntária, madura e independente — a linha de raciocínio e apresentação do evento em São Paulo permitiu que chegássemos a uma conclusão sólida e natural, já aqui no Rio de Janeiro houve muito tempo desperdiçado, muitas pessoas sem o conhecimento prévio necessário e, não por culpa de ninguém em especial, mas não chegamos de fato a uma conclusão… terminamos apenas porque era hora de terminar.
   Não posso deixar de registrar meu agradecimento a você que passou por aqui desde a criação deste blog em 13 de novembro de 2008: essa semana completei cinco meses de atividade e, simultanemente, atingi a marca de 6.000 visitantes e 10.000 visualizações! Vejo nisso que meus esforços em falar com seriedade a respeito da Bíblia e do cumprimento das profecias nela registradas estão servindo para alguma coisa e fico estimulado a prosseguir nesta tarefa mais espinhosa que doce… acho que sempre levei II Timóteo 4:5 muito a sério!
   Concluindo esse post “mata saudades”, quem quiser, assim como eu, usar sua câmera digital para registrar imagens de fatos relacionados aos temas abordados tanto neste blog quanto no site principal pode enviar através de meu e-mail que eu vou publicar: faça uma breve descrição do que foi fotografado, diga se quer ou não ter seu nome vinculado à imagem e pode deixar que eu cuido do photoshop!
   Que o Senhor Deus nos abençoe e tenha misericórdia de nós, que falhamos ao tentar fazer o bem que queremos e o mal que não desejamos… este fazemos.

14 de abr de 2009

Os Mecanismos Malignos (Partes 10 e 11)

   Agora que a “participação especial” de Jay-Z já passou por sua análise inicial, voltemos nossos olhos para a estrelíssima Rihanna: vamos descobrir o segredo de seu sucesso e, através disso, conhecer o caminho também utilizado por muitas outras “celebridades” que chegam aos píncaros da glória de maneira aparentemente inocente.
   Talvez esse documentário seja a explicação para o aparecimento de Jay-Z e Beyonce na lista das pessoas que mais ganharam dinheiro em 2008…
   Meu tempo continua curto, mas conforme for legendando tenham certeza de que voou publicando o material produzido.
   Que o Senhor Deus nos abençoe com saúde e sabedoria.

3 de abr de 2009

Os Mecanismos Malignos (Partes 07, 08 e 09)

   Aqui estão mais algumas partes do documentário que estou legendando: como expectador acho a linha de raciocínio e análise do autor bastante inteligente e detalhista, mesmo quando a didática torna-se um pouco extensa. Tenho certeza que a partir da próxima parte as revelações se tornarão ainda mais impressionantes para as pessoas que acham que não existem tramas por trás das engrenagens da sociedade como um todo…

 

 

   Uma irmã me alertou sobre os riscos de que, ao me tornar acessível, eu possa estar me permitindo agir da mesma forma que muitas dessas “mega-estrelas gospel”: idolatradas, inflacionadas e inquestionáveis. Passei muito tempo pensando nesse alerta e não posso negar que é muito valioso.
   Por isso peço, por favor, que os irmãos em Cristo continuem agindo de forma bereana para comigo, pois sou humano, fraco e passível de erro! Não quero fãs, não peço “sementes” e, se encontrarem algum de meus textos onde eu possa estar em discordância com a Palavra, NUNCA se furtem de me EXORTAR!!
   Meu tempo continua escasso e a reforma do imóvel chegou ao que posso considerar como o “ponto médio”: agradeço as orações recebidas e peço que continuem orando por mim e por minha família.
   Que o Senhor nosso Deus esteja nos protegendo e abençoando com saúde, sabedoria, disposição e capacidade para obter o pão de cada dia.