18 de out de 2009

A Hora do Faxinão

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
    Finalmente!
   Depois de tantos meses convivendo  com a ansiedade da falta de recursos, com o medo da realização inédita e dos resultados desconhecidos e imprevistos, com o cansaço de ser “pião” de obras e com (o mais difícil) autocontrole, pois foi forte a ira causada pela incompetência dos três pintores que quase sabotaram tudo no finalzinho da história… finalmente está chegando a hora da mudança!
   Isso significa que vou poder voltar a dedicar mais tempo ao estudo da Palavra de Deus, à produção de material inédito, à pesquisa e comparação de fatos com as profecias bíblicas… e também ao convívio com as pessoas desse “mundo digital” que tanto  chacoalhou enquanto estive ausente.
   Em ambos os casos faz-se necessário um grande e minucioso “faxinão”. É sobre isso que pretendo falar hoje: coisas limpas e esclarecidas porque, como diz o velho ditado “guerra avisada não mata aleijado”.
   Apesar de amanhã ser feriado no Ro de Janeiro (toda 3ª segunda-feira de outubro é dia do comerciário), os pintores se comprometeram a encerrar o serviço e entregar a casa limpa… e, dessa vez, estou acreditando!
   Minha experiência com obra (e principalmente com os pintores) não vai me deixar saudade alguma: não nasci para isso, não tenho jeito nem chamado para essa área! É até legal ver a transformação de uma casa velha e inabitável em um lugar para se morar, mas participar ativamente desse processo foi bastante desgastante e não é algo que qualquer um possa fazer, pois exige grandes conhecimentos específicos. Fica aqui meu reconhecimento e minha admiração pelo mestre de obras que coordenou e participou ativamente de toda essa jornada… e que talvez nunca vá sequer ler esta postagem.
    Já o pintor… esse merece nota de repúdio! Na verdade ele é gesseiro, mas na ânsia de lucros se comprometeu a pintar a casa e só fez bobagens! De primeira colocou um bêbado para trabalhar em seu lugar: o incompetente não sabia sequer emassar direito e, disperdiçando grandes quantidades de material, deixou de lixar e borrou quase que a casa inteira! Quando reclamei, o gesseiro tomou seu lugar e… fez pior ainda! Desatento (pedia materiais que já estavam na obra… sorte que eu aprendi a verificar antes de comprar), desleixado (quebrou até coisas que não eram de sua área como, por exemplo, uma caixa de pisos), porcalhão (entupiu ralos e até o tanque jogando material neles, não queria nem mesmo colocar jornais no chão para pintar): um verdadeiro espinho na carne, um enviado do diabo para me esbofetear… e doeu!
   Preciso registrar que esse gesseiro se diz cristão e pastor da Assembléia, mas quando viu que não saberia e sequer poderia reparar os prejuízos que estava me causando… preferiu fugir, levando como pagamento um computador que recebi como doação para auxiliar em minha apertada situação e os pouco mais de R$ 500,00 em dinheiro que eu já havia pago. Grande testemunho pessoal! Esse, verdadeiramente, “brilhou” no meio do seu viver… e continuando desse jeito vai continuar “brilhando” e pegando fogo até o inferno!
   Mas deixando o sofrimento para trás, agora vem a fase boa! Amanhã mesmo pretendo já começar a limpar tudo e terminar até terça feira. Na quarta chegam os detalhes (prateleiras, iluminação, adesivos…) e imagino que na quinta-feira eu possa estar efetivamente deixando de viver entre os caixotes!
   Logo, esta postagem marca o início de mais um pequeno período de ausência, mas também é a garantia de que, na próxima vez que escrever, estarei retornando em definitivo: como na sexta-feira tenho que viajar para um compromisso familiar em Campinas e só retorno na outra segunda-feira, é prudente prometer esta postagem apenas para a outra sexta-feira, ou seja, lá pelo dia 30 ou logo no início do mês de novembro.
Um se conecta ao outro que se conecta ao outro...    Como andei desleixado com o blog e com o site por muito tempo, vou aproveitar o movimento de faxina e pretendo reorganizar as coisas, já que me parece que o blogger não tem mais dado conflitos com o internet explorer.
   Além da reorganização dos widgets, tenho a intenção de saber quem deseja continuar sendo meu “parceiro de banner”, “parceiro de link” e/ou “parceiro de blogroll”, pois aprendi que este tipo de relacionamento é caracterizado pela “mão dupla”, ou seja, há que existir reciprocidade na divulgação.
   Lembrando que há incompatibilidade entre o conteúdo deste blog e coisas como “retetés”, propósitos, extravagantes, pseudo-proféticos, preteristas e piratas: quem já é parceiro de banner é só deixar o meu em seu blog que estará tudo bem. Pretendo voltar a visitar e ler todo mundo para me atualizar dos assuntos e me posicionar melhor sobre os diversos episódios que ocorreram enquanto estive ausente e, nesse processo, vou aproveitar para verificar também se a reciprocidade de banners ou links permanece ocorrendo.
   No dia 13 de novembro será o primeiro aniversário do “Este Mundo Jaz no Maligno” e estou pensando em uma forma válida de destacar os autores com quem me relaciono e que mais contribuíram para a defesa da fé genuína durante este período…
   Para cumprir minha promessa, aqui está a segunda parte do documentário “Os Mecanismos Malignos”. A terceira será disponibilizada apenas após meu retorno.
   Notícias e recados dados, me despeço na sincera expectativa de retornar em breve e em definitivo e permanecer até que seja a hora de acabar com tudo!
   Que a graça e a paz do Senhor Jesus Cristo sejam com todos aqueles que O amam e seguem.

9 comentários:

Postar um comentário

                              ATENÇÃO!

   Fico feliz por você estar desejando registrar um comentário, porém peço que (principalmente caso vá praticar qualquer tipo de retaliação), pense bem antes de fazê-lo:.

   1. A partir de 22/07/2011 restringi (no intuito de impedir mesmo) os comentários neste formato (arcaico e nativo do blogger), pois estão relacionados às postagens antigas: o assunto pode até ser atual e pertinente, mas definitivamente não está no centro das atenções do autor.

   2. Este formulário só aparece para permitir a leitura dos comentários anteriores... já leu para ver se sua dúvida não foi respondida? Tem certeza que sua pergunta é inédita e exclusiva? Se for, então pode me enviar um e-mail:
teophilonoturno@gmail.com

   3. Provavelmente o que você leu foi baseado na Bíblia ou em fatos, NÃO em opiniões pessoais (busque referências bíblicas!!!). Se você "caiu de pára-quedas" aqui não comece a metralhar sem conhecer o posicionamento do autor através de seus outros textos, pois comentários descabidos e sem fundamentação serão desconsiderados!

   4. Sem dúvida o texto não contém ofensas pessoais e muito menos palavras torpes (não escreva ofensas, palavrões, bobagens...).

   5. Muito provavelmente você vai encontrar sérias dificuldades para apagar seus comentários daqui caso algum dia venha a se arrepender de tê-los feito: meu trabalho é registrar fatos e, depois que você pressionar o botão enviar, suas próprias palavras poderão testemunhar contra você.

   Obrigado pela atenção.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails