13 de jun de 2009

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
    Hoje este post é diferente, porque sentimos a necessidade de fazer uma advertência extremamente urgente a todos os pais cristãos em termos bem estridentes:
   Se um de nossos filhos estivesse parado na linha férrea e um trem estivesse vindo em sua direção, nós, pais, reagiríamos imediatamente e sem a menor preocupação com o que as outras pessoas pensariam da nossa ação precipitada. Se para salvar a criança, tivéssemos de ofender a sensibilidade do nosso filho ameaçado ou a de qualquer pessoa que estivesse no caminho, faríamos isso sem a menor hesitação e sem pedir desculpas.
   No entanto, a maioria dos pais parece não possuir a mesma disposição mental sobre os trens espirituais e/ou psicológicos que ameaçam atropelar seus filhos. Muitos pais são tímidos na defesa de seus filhos neste mundo cada vez mais anticristão. Muitos chegam até a gastar tempo e energia para negar que um trem espiritual esteja vindo na direção de seus filhos. Quando terminar de ler este post, você concordará que um trem espiritual está, realmente, vindo para cima de seus filhos na escola em que eles estudam.
   Selecionamos esse texto simplesmente porque Deus diz em Daniel 8:23-25, que o Anticristo possuirá grande poder mediante sua compreensão e prática das artes do ocultismo, ou feitiçaria. Leia a Escritura:
   "Mas, no fim do seu reinado, quando acabarem os prevaricadores, se levantará um rei, feroz de semblante, e será entendido em adivinhações. E se fortalecerá o seu poder, mas não pela sua própria força; e destruirá maravilhosamente, e prosperará, e fará o que lhe aprouver; e destruirá os poderosos e o povo santo. E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano na sua mão; e no seu coração se engrandecerá, e destruirá a muitos que vivem em segurança; e se levantará contra o Príncipe dos príncipes, mas sem mão será quebrado."
   A frase no verso 23, que o Anticristo terá um semblante feroz e será entendido em adivinhações (ou enigmas, mistérios) significa que ele compreenderá a prática do ocultismo.
   No verso 25, Deus deixa isso ainda mais claro, quando diz: "... fará prosperar o engano (artes, em outra tradução) na sua mão". Essa palavra, "artes", refere-se claramente à prática do ocultismo, por meio da "arte" da feitiçaria. Em outras palavras, o Anticristo será um adepto na feitiçaria e poderá usar esse poder satânico poderosamente para enganar os habitantes do mundo e levá-los a adorá-lo. Isso é exatamente o que Deus tinha em mente quando disse, no verso 24, que o poder do Anticristo será grande, mas não será um poder seu próprio. Será um poder proveniente de Satanás. Vemos esse tema novamente em Apocalipse 13:1-4, em que a Besta, que é o Anticristo, é energizada pelo dragão, Satanás.
   Mas, nessa passagem em Apocalipse, vemos outro fator muito importante. Vemos que toda a população do mundo será totalmente enganada pelos sinais e maravilhas que a Besta operará e adorarão o Dragão, por ter dado seu poder e autoridade à Besta.
   Para que os habitantes do mundo adorem o Anticristo quando ele os levar à prática ativa da feitiçaria, essas pessoas precisarão ter atingido o ponto em que se sentem confortáveis com os princípios das manifestações externas do ocultismo em suas vidas pessoais. Não se engane sobre o fato de que, neste ponto futuro da história, quando o Anticristo liderar o mundo na adoração a Satanás, as manifestações de feitiçaria serão claramente óbvias. Esse fenômeno já ocorreu no século 20.
   Quando Adolf Hitler, que é considerado por muitos como um tipo do Anticristo, liderava dezenas de milhares de alemães em cerimônias cívicas e partidárias nos estádios de futebol, estava fazendo mais do que apenas discursar para eles. Estava liderando-os ativamente na prática da feitiçaria satânica. É por isso que ele os liderava no cântico de mantras e concluía com uma cerimônia de acender uma fogueira, ou uma grande tocha. Hitler estava praticando feitiçaria. Os alemães nesses estádios sentiam-se confortáveis com essa exibição de ocultismo porque já tinham sido condicionados ao ocultismo por meio do ávido interesse nas antigas lendas nórdicas, que são repletas de feitiçaria.
   É da mais alta importância que a população mundial seja pré-condicionada à feitiçaria antes de o Anticristo aparecer. Esse pré-condicionamento já ocorreu na maioria dos países do mundo por meio das falsas religiões, que estão cheias de ocultismo disfarçado.
   O hinduísmo, o budismo, as religiões japonesas e a religião dos índios americanos são apenas alguns exemplos do pré-condicionamento ao ocultismo que já ocorreu entre a maioria dos povos do mundo.
   No entanto, os espíritos-guia dos líderes da Nova Ordem Mundial sempre estiveram mais preocupados com os EUA, por causa da forte herança cristã que havia no país. Enquanto um segmento significativo da população americana retivesse sua herança cristã, seria muito difícil enganar o povo americano quando o Anticristo aparecesse, pois um grande número de pessoas reconheceria o satanismo do Anticristo e poderia alertar o restante da população.
   Claramente, foi necessário dar início a um longo processo de paganização do povo americano. Por uma questão de lógica, o segmento da sociedade em que iniciou-se esse condicionamento pagão foi a juventude.
   Esse processo começou em meados dos anos 60 utilizando a música Rock. Como já mostramos, a música Rock é o meio perfeito pelo qual a juventude pode aprender os elementos fundamentais do satanismo: após essa música colocar o ouvinte em um estado alterado de consciência, a letra pode penetrar clara e solidamente no subconsciente.
   Os temas da música Rock são claramente satânicos. Vejamos rapidamente o que o Rock ensina:
  1. Rebelião contra todas as autoridades constituídas, começando pelos pais;
  2. Indulgência nas drogas, sexo de todos os tipos e no álcool;
  3. Busca dos prazeres físicos;
  4. Violência, inveja e cobiça são temas freqüentes no Rock.
   Esses valores, a propósito, estão relacionados na "Bíblia Satânica", de Anton LaVey, como sendo os valores predominantes do satanismo.
   Nos últimos 35 anos, milhões de adolescentes foram pré-condicionados ao satanismo por meio da música Rock. Agora temos uma situação onde a primeira geração de adolescentes condicionados têm filhos adolescentes que estão sendo melhor condicionados ainda. Veja nos clipes musicais da MTV e MixTv o nível das mensagens satanistas apresentadas nas imagens e letras.
   Agora, acrescente ao condicionamento aos valores do satanismo o que toda a mídia de massa bombeia para dentro dos corações e das mentes das pessoas diariamente e você começará a ver o quanto já avançamos para o total pré-condicionamento ao satanismo: já observou a enorme variedade de filmes de terror que são lançados todos os anos? Esses filmes são puro satanismo, e muitos diretores chegam a contratar os serviços de consultoria de Anton LaVey e de outros satanistas durante as filmagens.
   Nos Estados Unidos, avançaram tanto na estrada ao condicionamento que agora é hora de começar o último estágio: Ensinar satanismo da pesada nas escolas, alcançando 95% da juventude.
   Por que deveríamos nos surpreender? Desde a década de 60, o único Deus verdadeiro foi colocado para fora das escolas públicas. Agora que as escolas estão sem Deus por mais de três décadas, é hora de introduzir a religião do Anticristo, o puro satanismo.
   No entanto, essa introdução, pelo menos em seus estágios iniciais, precisa ser disfarçada, para que os professores e administradores, em sua maioria, sejam enganados sobre a verdadeira natureza desse ensino. Assim, o ensino do satanismo foi introduzido em nossas escolas sob o disfarce de Psicologia.
   Os professores e administradores acreditam que esse novo tipo de "técnica de ensino" é simplesmente boa Psicologia. Como hoje compreendemos melhor como funciona a mente humana, a maioria dos educadores cai presa da mentira que essas "novas" técnicas foram concebidas simplesmente para ensinar melhor o aluno.
   Quando você tenta adverti-los da natureza ocultista dessa técnica de controle da mente, eles reagem, pois é uma nova técnica psicológica que aprenderam sob os auspícios do Sistema Educacional. Eles estão totalmente enganados. Mesmo quando você consegue convencer um deles que a técnica pode ter base no ocultismo, acreditam erroneamente que poderão separar os aspectos "benignos" dos malignos.
   Mas, não se engane sobre o fato de que essa "nova" técnica é feitiçaria muito antiga. Todas essas informações de pano de fundo trazem-nos à situação da Escola de Segundo Grau de Attleboro, onde os alunos agora estão sendo doutrinados na técnica ocultista chamada "Visualização Criativa" ou "Imaginação Guiada".
   Essa técnica de imaginação mental guiada é uma das partes mais importantes de virtualmente todas as religiões não-cristãs no mundo hoje e nas antigas civilizações pagãs na história.
   Deixe-me contar o incidente na Escola de Segundo Grau de Attleboro, pois assim você aprenderá tudo sobre essa técnica ocultista de controle da mente.
O INCIDENTE DE ATTLEBORO
   A Sra. Hebert, professora de Inglês do Segundo Grau, disse aos alunos da classe que iriam participar em um processo que ela chamou de "Criação de Imaginação Mental". Ela instruiu os alunos a prestar muita atenção e a seguir cuidadosamente suas instruções. Começou então a levar os alunos no caminho da preparação mental para a Visualização Criativa, ou Criação de Imaginação Guiada.
   Ela instruiu assim os alunos:
   1. Limpe sua mente de tudo — de todo pensamento ativo e de toda preocupação. O objetivo neste ponto é levar a mente ativa que Deus criou e transformá-la em uma passiva tela de TV em branco;
   2. Os alunos foram orientados a criar uma figura das histórias que ela iria contar, usando todos os sentidos, incluindo a intuição e o frio na barriga. Esse processo é chamado de "Visualização Criativa".
   Embora a Sra. Hebert tenha dito aos alunos para que visualizassem figuras de acordo com as histórias que contaria, ela especificamente lhes disse para "Visualizar a Paz Mundial". Essa é uma indicação absoluta que ela é uma seguidora da Nova Era e que esse processo de visualização é Nova Era: desde meados da década de 70, os proponentes da Nova Ordem Mundial têm estado constantemente "visualizando a paz mundial".
   É claro que ninguém é contra a paz mundial, mas esses proponentes estão perigosamente praticando ocultismo antigo, pois acreditam que uma pessoa possa criar sua própria realidade pelo poder de sua mente: se pessoas suficientes estiverem tentando criar a mesma realidade, essa realidade será criada.
   Assim, dezenas de milhões de neopagãos de todo o mundo mantêm "Convergências Harmônicas" em prol da paz mundial. Eles crêem que, se um número suficiente de pessoas em todo o mundo estiver tentando criar a paz mundial utilizando o poder de suas mentes, utilizando o método ocultista da Visualização Criativa, a paz mundial será criada;
   3. Os alunos foram instruídos a abandonar completamente suas mentes e seus corpos para a história que a Sra. Hebert estava para contar. Ela disse que ninguém deveria exercer nenhum julgamento pessoal sobre o que veria ou ouviria.
   Neste ponto, qualquer pai, seja ou não cristão, deve estar alarmado, pois todo pai responsável dedica tempo e esforços consideráveis para educar seus filhos para que eles possam pensar por si mesmos e chegar as suas próprias conclusões sobre as situações da vida com base nos valores que os pais transmitiram.
   No entanto, a Sra. Hebert está tentando contornar todo esse sistema inteiro de defesas mentais baseadas nos valores. Se uma criança der esse passo, cooperando com a professora, estará desligando sua mente consciente e ativa, e entregando-se para a sugestão subliminar e hipnótica;
   4. A Sra. Hebert então disse aos alunos como respirar de certa maneira.
   A respiração controlada e rítmica é absolutamente essencial para executar com sucesso esse processo de Visualização Criativa, pois ajuda a desativar as defesas mentais de uma pessoa;
   5. A Sra. Hebert levou então os alunos a um exercício físico voltado aparentemente para relaxar e alongar seus músculos.
   Vemos esse tipo de relaxamento em exercícios ocultistas, como a Ioga. Novamente, o efeito é ajudar a colocar a mente em um estado hipnótico leve.
   6. Neste ponto, a Sra. Hebert disse aos alunos para deixarem mentalmente o século 20 para trás e viajar de volta no tempo até a antiguidade.
   Novamente, isso é pensamento de Nova Era padrão. Eles acreditam em viagens no tempo, popularizada por muitos livros e filmes de ficção científica. Acreditam que o tempo e os eventos estão continuamente ocorrendo em diferentes níveis de tempo e de espaço. Acreditam que uma pessoa pode entrar em um evento histórico que está acontecendo por meio do uso correto da Visualização Criativa;
   7. Em seguida, a Sra. Hebert desligou as luzes da sala e acendeu quatro velas.
   O número quatro é muito importante na prática do ocultismo, simplesmente porque representa os quatro elementos: Terra, Ar, Água e Fogo.
   Usar exatamente quatro velas cria mais poder para o evento. Em um nível prático, acender velas em uma sala escura cria uma situação de iluminação deficiente e, mais importante, sombras. Isso contribui poderosamente para a hipnose planejada, ao processo de desligar a mente ativa e consciente. Mas, mais importante ainda, as sombras provocadas pelas velas acesas mantêm a hipnose e o clima ativos durante todo o processo.
   Neste ponto, os alunos que estavam participando ativamente com a Sra. Hebert estão em um estado de mente subconsciente passiva. Suas mentes conscientes foram desligadas; suas defesas mentais também foram desligadas. Neste ponto, todos os valores e atitudes que o aluno aprendeu de seus pais, outros professores e pelos líderes da igreja, estão desativados. As defesas da mente consciente estão programadas de acordo com esses valores e atitudes.
   Portanto, quando eles são desativados, a criança está indefesa e aberta para qualquer novo valor ou atitude que agora venha a ser colocado em sua mente subconsciente.
   Lembre-se também que a mente subconsciente de uma pessoa não tem um mecanismo de defesa; ela aceitará totalmente qualquer coisa à qual for exposta. Quando a pessoa despertar, não será exatamente a mesma: seus valores e atitudes pessoais terão sido ligeiramente modificados.
   Se a pessoa participar em muitas dessas Visualizações Criativas de alteração da mente durante um período de tempo, elas provavelmente modificarão o modo fundamental como o indivíduo encara cada situação do mundo em torno de si.
   Esse processo de mudança é totalmente invisível à pessoa afetada e aos seus amados, até que toda sua cosmovisão tenha sido modificada. Aí então, as pessoas balançarão suas cabeças e dirão, "Não compreendo o Juquinha. Como ele conseguiu mudar tanto?" Esse processo é insidioso e, por meio dele, as crianças podem perder a fé cristã.
   O processo de condicionamento é uma parte essencial do ocultismo há milhares de anos. Não há dúvida que ele funciona, pois mantém populações inteiras da Índia e da China cativas há milênios.
   A questão não é se o processo funciona, mas se é permitido por Deus, se contribui para a glória do Senhor Jesus Cristo e se fortalece o corpo de crentes, a igreja. A resposta a todas essas perguntas é um sonoro "NÃO!!"
   Satanás usa esse processo para levar as pessoas à servidão a ele, até mesmo aqueles que receberam ensinos cristãos. A Visualização Criativa desativa as defesas cristãs da mente consciente, permitindo a substituição sutil por valores anticristãos e atitudes satânicas.
   Agora que a Sra. Hebert tinha as crianças no "Estado Alterado de Consciência" adequado, leu duas histórias para eles. Lembre-se, na Etapa 3, ela disse que queria que cada aluno abandonasse completamente sua mente e seu corpo ao que ela iria contar. Qual história contou aos alunos? Contou-lhes uma história neutra, como a de um jogo de futebol, por exemplo? Não, contou duas histórias, ambas repletas de atividades de religiões pagãs.
   Antes de descrevermos as histórias, precisamos primeiro falar sobre todo o realismo mental com o qual os alunos receberam os detalhes das histórias. Quando alguém está nesse estado alterado de consciência, sua mente subconsciente é a única parte do cérebro que está recebendo o estímulo sonoro, isto é, as palavras da professora enquanto ela conta a história. Cada aluno que está participando receberá mentalmente as palavras e as imagens que as palavras criam, com um realismo mental sem paralelos, até sobrenatural.
   Além disso, suas emoções serão estimuladas a um nível que eles nunca imaginaram ser possível, nem experimentaram antes. Isso é parecido com uma alucinação, uma "viagem" obtida por meio do uso de drogas alucinógenas. Esse tipo de estímulo mental pode viciar rapidamente.
   Finalmente, cada aluno será um participante na história. Eles sentirão as emoções dos participantes; sentirão a dor, a alegria, as preocupações, até o ponto em que as crenças e as atitudes dos personagens da história tornam-se as atitudes da pessoa que está participando nesse exercício de alteração da mente.
   Com esse pano de fundo, vamos agora examinar as histórias que a Sra. Hebert contou para os alunos.
   Como mencionei anteriormente, ela não contou histórias que eram neutras em termos de valores; contou histórias que estavam repletas de rituais religiosos satânicos e de bruxaria.
   A Sra. Hebert contou duas histórias, uma de antigos homens das cavernas e uma das tribos indígenas americanas da América do Norte. Quando questionada sobre o propósito dessas histórias, ela disse que seu objetivo era educar os alunos sobre as diferentes culturas, e não ensinar religião.
   Quando eu lhe contar alguns dos eventos que ocorrem nessas histórias, você poderá julgar por si mesmo se a professora estava simplesmente educando sobre as diferentes culturas ou se estava ensinando religião.
   Lembre-se que os alunos estavam em um estado alterado de consciência. Suas defesas normais estão desativadas e eles estão sentindo emoções, aprendendo dogmas religiosos estranhos e que vão invisivelmente erodir seus valores e atitudes religiosos.
   As histórias da Sra. Hebert são muito similares em alguns aspectos. Por exemplo, o personagem central da história dos homens das cavernas era um curandeiro, um homem místico que exercia o papel de xamã, que não é nada mais e nada menos que um feiticeiro. O personagem central na história dos índios era o pajé, ou homem místico que exercia o papel de feiticeiro na tribo.
   No satanismo real, o papel do feiticeiro é de suma importância. Ele tem as mesmas funções que o pastor titular de uma igreja cristã. Ele tem a responsabilidade de ensinar à tribo as doutrinas e os rituais de sua religião pagã; tem a responsabilidade de ajudar a controlar a ordem social; ele prega, ensina e exorta a tribo, tudo sob o poder místico de Satanás e para a glória dele, embora nenhum xamã conheça seu senhor e mestre por esse nome.
   Quando a Sra. Hebert contou essas histórias, as crianças ficaram expostas a algumas coisas muito misteriosas e aterrorizadoras. Eles viram:
  • Espíritos malignos;
  • Árvores escuras, como em uma floresta antiga coberta por uma névoa espessa;
  • Mortes estranhas e inexplicáveis — Isso parece um filme de terror, não?
  • Os alunos viram lanceiros atirando suas lanças que eram guiadas pelo poder da mente do guerreiro — Essa crença é muito comum entre os ocultistas, especialmente os da Nova Ordem Mundial. Acreditam que possam criar a realidade com o poder de suas mentes, e que podem guiar visualmente um projétil do seu corpo ao local desejado de impacto.
   Nessa história, os guerreiros guiavam visualmente suas lanças até o alvo desejado. No entanto, no mundo de hoje, as pessoas têm a mesma crença.
   Anos atrás, li no jornal uma entrevista sobre um jogo de futebol entre o Buffalo Bills e o New England Patriots no qual o zagueiro Jim Kelly, do Buffalo Bills, teve uma excelente atuação. Ele creditava seu sucesso durante o jogo à sua capacidade de guiar visualmente a bola das suas mãos até às mãos dos outros jogadores da equipe. Jim Kelly falava sobre uma crença ocultista antiga. Lembre-se: nada no movimento de Nova Era é realmente novo. Como Deus diz em Provérbios: "Não há nada novo debaixo do sol". Até mesmo a Nova Ordem Mundial.
   As histórias falavam sobre o que os animais sentem quando são caçados: "Sentem dor?" — pergunta aos alunos — O espírito de algum desses animais deixa o corpo voluntariamente, ou luta para tentar ficar?
   Com os alunos em um estado alterado de consciência, esse tipo de manipulação emocional torna-se altamente significativo. Talvez, pela primeira vez em suas vidas, alguns alunos possam realmente começar a ver os espíritos dos animais como iguais aos humanos, exatamente como o ocultismo sempre ensinou. Talvez não se deva acreditar em Deus, que diz na Bíblia que os espíritos humanos e os dos animais não foram criados da mesma forma.
   Esse é um exemplo do treinamento religioso anterior sobre um determinado assunto sendo erodido invisivelmente.
   As histórias falavam vividamente como esses povos antigos recitavam orações e mantras aos espíritos de seus familiares mortos. Agora, esse é um dos exemplos mais claros de puro satanismo possível.
   Na Bíblia, Deus proibiu seu povo, chamado pelo seu nome, de tentar buscar o contato com os espíritos dos mortos: Deus condena essa prática com severidade!
   Essa é a razão porque tantos grupos ocultistas tentam contatar os espíritos dos mortos: é a marca característica de uma religião pagã — orações para os espíritos dos mortos.
   No entanto, nessas histórias, os alunos foram manipulados emocionalmente, pois viram pessoas que oravam ao espírito de seus familiares mortos, possivelmente levando os alunos ao ponto de acreditar que é possível e até nobre praticar essa abominação.
   Uma parte especialmente preocupante dos relatos foi o aparecimento de olhos vermelhos e verdes na cena de uma grande fogueira.
   Como eu não tinha certeza sobre o possível significado ocultista disso, contatei um ex-sacerdote satanista, que hoje é um cristão nascido de novo: ele me disse que a cor de olhos mais comum de um demônio que foi forçado a se manifestar na nossa dimensão por um feiticeiro que executou o ritual e cantou os mantras corretos, é vermelho.
   Os olhos verdes são vistos com menos freqüência nesse tipo de circunstância.
   No entanto, essas são as duas cores de olhos mais comuns dos demônios quando eles se manifestam no nosso reino material. Essas histórias mostravam cenas em que demônios eram conjurados por meio do fogo.
   Quando a Sra. Hebert trouxe as crianças de volta à realidade, fez a seguinte afirmação reveladora: "A religião de uma pessoa é sua própria religião. Toda cultura procura respostas que se tornam sua religião. As outras religiões são simplesmente diferentes das nossas".
   Isso revela suas verdadeiras intenções. Está igualando a validade das religiões satânicas antigas ao cristianismo. O satanismo é tão válido para responder as muitas questões da vida quando é o cristianismo; é simplesmente diferente.
   Finalmente, a Sra. Hebert deu aos alunos uma folha de papel contendo 25 das "Grandes Questões" da vida. A maioria delas é puramente assunto de religião, e informamos somente as mais óbvias aqui para você:
  • De onde viemos?
  • O que cremos sobre o nosso curandeiro — o que o torna tão sábio (lembre-se, o curandeiro é um feiticeiro. Essa é uma pergunta extremamente sugestiva, pois pressupõe que o aluno deva crer no curandeiro e deva considerá-lo mais sábio do que ele.);
  • De onde vêm os espíritos? Eles nos fazem sentir dor?
  • Vamos morrer?
  • Haverá outro futuro? (É como perguntar: "Existe Céu e Inferno?).
  • Como sabemos quem vai morrer em seguida? Por que eles são escolhidos?
  • Qual é o propósito da nossa vida?
  • Para onde vão os espíritos após a morte?
  • Podemos tentar modificar nossas vidas?
  • Existe um ser supremo que tem o controle de tudo?
   Claramente, essas são questões de religião.
   Portanto, não gosto que professoras ensinem secretamente meus filhos assuntos de religião sob nenhuma circunstância, mas fico realmente furioso quando descubro que essa professora violou a confiança que depositei nela: enviei minha filha a uma aula na Escola de Segundo Grau, esperando que ela aprendesse Literatura ou Redação. Não a enviei à aula de Inglês para que sua mente fosse deliberada e ardilosamente INVADIDA de modo a colocá-la em um estado leve de hipnose para que seus valores religiosos, crenças e atitudes pudessem ser sutil e invisivelmente manipulados!
   Aqui no Brasil, assim como em outros lugares, a educação pública e privada passam por um processo de adaptação para esse tipo de controle social através dos programas da UNESCO que visam a educação.
   Pais cristãos, ouçam com atenção: estamos em uma guerra e nossos filhos estão literalmente parados nos trilhos de um trem!
   Muitas comunidades e igrejas agora oferecem escolas cristãs particulares como uma excelente alternativa. Deus está provendo os recursos para os pais cristãos que se preocupam, para proteger seus filhos dos valores da Nova Ordem Mundial que agora estão saturando as escolas.
   Pais, vocês precisam assumir o controle e mostrar a verdade do que se vê na televisão, internet e cinema. Os escritores da Nova Ordem Mundial não escondem o fato que a mídia serão as ferramentas que mudarão o sistema de valores dos seus filhos!
   Finalmente, você precisa orar todos os dias por sua família, individualmente, nome por nome. Peça que Deus coloque um escudo de proteção em volta de seus filhos.
   Peça sabedoria para liderar nestes tempos difíceis: os homens precisam assumir "seu papel" de liderança neste assunto da mais alta seriedade. Deus deu aos pais e maridos a responsabilidade de prover a liderança espiritual e ele cobrará isso de você, homem, no Tribunal de Contas de Cristo.
   Deus é bom, e protegerá seus eleitos durante estes dias finais. Tenha fé, seja vigilante, cauteloso e viva com alegria todos os dias.
Extraído do "The Cutting Edge",
um programa de rádio de Old Path Ministries.
No Brasil: “A Espada do Espírito
Adaptado para "Este Mundo Jaz no Maligno".

5 comentários:

Postar um comentário

                              ATENÇÃO!

   Fico feliz por você estar desejando registrar um comentário, porém peço que (principalmente caso vá praticar qualquer tipo de retaliação), pense bem antes de fazê-lo:.

   1. A partir de 22/07/2011 restringi (no intuito de impedir mesmo) os comentários neste formato (arcaico e nativo do blogger), pois estão relacionados às postagens antigas: o assunto pode até ser atual e pertinente, mas definitivamente não está no centro das atenções do autor.

   2. Este formulário só aparece para permitir a leitura dos comentários anteriores... já leu para ver se sua dúvida não foi respondida? Tem certeza que sua pergunta é inédita e exclusiva? Se for, então pode me enviar um e-mail:
teophilonoturno@gmail.com

   3. Provavelmente o que você leu foi baseado na Bíblia ou em fatos, NÃO em opiniões pessoais (busque referências bíblicas!!!). Se você "caiu de pára-quedas" aqui não comece a metralhar sem conhecer o posicionamento do autor através de seus outros textos, pois comentários descabidos e sem fundamentação serão desconsiderados!

   4. Sem dúvida o texto não contém ofensas pessoais e muito menos palavras torpes (não escreva ofensas, palavrões, bobagens...).

   5. Muito provavelmente você vai encontrar sérias dificuldades para apagar seus comentários daqui caso algum dia venha a se arrepender de tê-los feito: meu trabalho é registrar fatos e, depois que você pressionar o botão enviar, suas próprias palavras poderão testemunhar contra você.

   Obrigado pela atenção.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails