12 de mai de 2009

Um “Deus” Falou Comigo Hoje!

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
    Sempre que surge uma oportunidade, gosto de acompanhar o blog e os emails pelo celular enquanto estou fora de casa. Nessa linda, enevoada e outonal manhã de terça-feira aconteceu algo surpreendente: “deus” falou comigo!
   Tudo bem que já foi muito estranho ele usar a Cbox que eu mantinha ali do lado do blog para receber pequenas mensagens, mas o conteúdo do recado foi mais intrigante ainda, vejam:

   Vocês estão muito preocupados se uma mulher é ou não prostituta! Se notar bem, é problema dela: ela que depois vai prestar contas dos seus atos.
   Vocês deveriam ver os seus umbigos: antes de atirar a primeira pedra, vejam os seus próprios pecados… ou vocês acham que estão limpos como um anjo? Ou, só porque são evangélicos, então pensam “eu sou o bom”!
   Não esqueça que existem religiões! Existem religiões muito mais antigas do que os evangélicos ou os cristãos.
   Para mim, a religião que vocês têm não significa nada... NADA! O que tem valor pra mim é O QUE VOCÊS SÃO E O QUE ESTÃO FAZENDO…

   Sem dúvida uma manifestação referente às “Prostitutas Glorificadas”. Logo no início do papo já vi que esse “deus” iria ser complicado, pois o texto acima precisou de algumas revisões antes de poder ser compreendido.
   Mas decidi não desprezar a manifestação desse ser e dividi o conteúdo em tópicos, na esperança de que minha resposta possa, de alguma forma, trazer um pouco de entendimento a esse “deus” obscuro.

   “se uma mulher é ou não prostituta” — na verdade não é exatamente essa a preocupação que tive quando preparei o texto… as prostitutas são seres humanos como qualquer outro e, por isso, passíveis de arrependimento e salvação.
   A questão que desejei expor é a glorificação ou supervalorização da prostituição, ou seja, o ato em si próprio, que é, sem sombra de dúvida, degradante para qualquer ser humano.
   Tudo bem que você seja um “deus”, mas já comecei a desconfiar que seja o deus deste século ou alguma pomba-gira revoltada, querendo levar o maior número de pessoas junto contigo para o inferno (que é seu destino inexorável), mas meu objetivo aqui é chamar a atenção das pessoas para a percepção de que, no mínimo, a prostituição NÃO É BELA, NÃO É DIGNA e NÃO É UM EXEMPLO A SER SEGUIDO, apesar da mídia querer mostrar o contrário!
   Me responda você, ser humano que aceitou ser possesso por esse “deus”, se ficaria orgulhoso de que um de seus filhos viesse a se prostituir profissionalmente? Iria se alegrar por saber que sua filha é submetida, subjugada e humilhada para satisfazer às concupiscências, taras, perversões e abusos de desconhecidos apenas para ganhar dinheiro? Não consigo ver a dignidade de uma mulher que é exposta ou que se expõe como carne em um açougue…
   E eu nem citei a Bíblia para te responder sobre esse assunto!

   “antes de atirar a primeira pedra” — minha paciência é bem testada, mas acho que vou me permitir ser um pouco grosseiro ao responder essa frase…
   Ô, ser estúpido das profundezas abismais… que pedra foi atirada? Você está parecendo até aqueles evangélicos-anta que não sabem diferenciar entre ofensas e críticas! Eu bati em alguém? Em algum momento de meu texto incitei qualquer tipo de agressão física? Só faltou você fazer a analogia dos crentes e dizer “não toqueis nos marcados por satanás”…

   “vejam os seus próprios pecados” — estou começando a achar engraçada essa fixação que as pessoas têm pelos pecados alheios… tanto esse “deus” quanto uma dessas “ministras” do evangelho dão muito mais importância aos pecados que cometo do que a verdade que se aplica a todos!
   Todos sabemos que a Verdade incomoda, mas ela existe e mesmo que eu fosse corrupto como um político brasileiro, pervertido como um pedófilo estuprador ou assassino como um nazista… ela não deixaria de ser A Verdade — não me enquadro em nenhum desses exemplos extremos e qualquer um desses que citasse a Palavra sem buscar vivê-la seria, no mínimo, um grande hipócrita.
   A questão aqui é: não me importam seus pecados… nem quero saber deles! Me interessa mesmo é que existe uma única Verdade que todos deveriam seguir. Meu objetivo é que ela seja promulgada e que todos possam conhecê-la para, só então, terem um parâmetro para suas vidas… ou não, como é o seu caso!

   “só porque são evangélicos, então pensam ‘eu sou o bom’!” — de onde você tirou essa idéia? Sou cristão protestante e creio no evangelho sim… mas faz algum tempo que me esforço para não ser associado ao termo “evangélico”, pois no Brasil o mesmo se tornou quase pejorativo e sinônimo para “massa de manobra” ou “fonte de lucro fácil”.
   Quanto a essa questão de “ser o bom”, qualquer um que já tenha lido Mateus 19:16-17 sabe o Único que é verdadeiramente bom… e eu, caro “deus” de meia tigela, sou péssimo!

   “Não esqueça que existem religiões” — e eu pouco me importo que existam centenas de milhares de religiões! Evitei até agora a aplicação da Palavra de Deus em uma resposta para alguém como você, mas sabe a ÚNICA vez em que a palavra “religião” é definida na Bíblia? Imagino que não, mas te apresento:

   "Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã. A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo." (Tiago 1:26-27)

   Tudo o mais que for definido como “religião” além disso é mera invenção humana, pode ter até aparência de piedade… mas não passa de uma coleção de atos, obras e rituais e apesar de um dia ter me empenhado em conhecê-las, sinceramente, hoje pouco me importam.

   “O que tem valor pra mim é O QUE VOCÊS SÃO E O QUE ESTÃO FAZENDO…” — aqui seria o único ponto onde eu iria passar a te respeitar… se bem que seu endereço de email ridículo já havia demonstrado um tanto da sua total incompetência como divindade: deus@deus.com? Um domínio comercial? Nem um “.org” você conseguiu?!
   O Deus Único, Criador do universo e Pai do Senhor Jesus Cristo não deve ter Seu nome tomado em vão como você fez e, por isso, decidi usar de chocarrice (gostei muito desse termo!) para me dirigir a sua pessoa.
   Na Bíblia constam as seguintes definições:

   "E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação,"  (I Pedro 1 : 17)

   "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;" (Efésios 2:8-9)

   Logo:

   "Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma." (Tiago 2:17)

   Apresento estas passagens para que compreenda que nossas obras são importantes DESDE QUE TENHAMOS FÉ (e, somente através dessa fé) PARA SERMOS SALVOS.
   Minha obra tem sido falar e pregar apenas a Verdade, esclarecendo todas as dúvidas que posso e alertando os inocentes e/ou desatentos sobre os males e perigos corruptores deste mundo… e a sua? Qual deus você está representando?

   “Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.” (Apocalipse 22:14-15)



   De um jeito ou de outro, decidi desativar a caixinha de mensagens instantâneas, pois a mesma só vinha servindo para desviar comentários importantes. Por favor, a partir de hoje, não deixem de fazer seus comentários ao final de cada postagem: somente através de suas palavras que posso saber se estou atingindo o objetivo de minha obra.
   Que o Senhor Deus, Único e Verdadeiro, tenha piedade de todos nós nestes dias cada vez mais rápidos e perigosos.

3 comentários:

Postar um comentário

                              ATENÇÃO!

   Fico feliz por você estar desejando registrar um comentário, porém peço que (principalmente caso vá praticar qualquer tipo de retaliação), pense bem antes de fazê-lo:.

   1. A partir de 22/07/2011 restringi (no intuito de impedir mesmo) os comentários neste formato (arcaico e nativo do blogger), pois estão relacionados às postagens antigas: o assunto pode até ser atual e pertinente, mas definitivamente não está no centro das atenções do autor.

   2. Este formulário só aparece para permitir a leitura dos comentários anteriores... já leu para ver se sua dúvida não foi respondida? Tem certeza que sua pergunta é inédita e exclusiva? Se for, então pode me enviar um e-mail:
teophilonoturno@gmail.com

   3. Provavelmente o que você leu foi baseado na Bíblia ou em fatos, NÃO em opiniões pessoais (busque referências bíblicas!!!). Se você "caiu de pára-quedas" aqui não comece a metralhar sem conhecer o posicionamento do autor através de seus outros textos, pois comentários descabidos e sem fundamentação serão desconsiderados!

   4. Sem dúvida o texto não contém ofensas pessoais e muito menos palavras torpes (não escreva ofensas, palavrões, bobagens...).

   5. Muito provavelmente você vai encontrar sérias dificuldades para apagar seus comentários daqui caso algum dia venha a se arrepender de tê-los feito: meu trabalho é registrar fatos e, depois que você pressionar o botão enviar, suas próprias palavras poderão testemunhar contra você.

   Obrigado pela atenção.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails