27 de mai de 2009

Púlpito Cristão, em Defesa da Fé!

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
    Dado o conteúdo literalmente bombástico do texto a seguir, pela primeira vez na história do “Este Mundo Jaz no Maligno” vou copiar uma postagem inteira de outro blog: o “Púlpito Cristão”, do meu irmão Leonardo Gonçalves.
   Não faço isto porque o Leonardo é meu amigo, mas porque o texto apresenta uma resposta totalmente fundamentada na Bíblia para algo que posso considerar, no mínimo, como uma séria ameaça de restrição ao direito de ser fiel à Palavra de Deus e aplicá-la no julgamento de fatos comprovadamente verídicos. Sem mais delongas:
Email do pastor Rui Raiol para Leonardo Gonçalves, no dia 24/05
   Que o Senhor julgue suas palavras. Mesmo não lendo o lixo que tanta gente imunda produz diariamente na internet, noto que você é uma das ferramentas mais ferrenhas contra tudo que Deus tem falado. Quem é você para julgar desse jeito, irmão? Não lhe causei nenhum mal. Porventura citei seu nome na rede, falei mal de A ou de B? Acusei você de algum crime ou algo parecido? Não sei se você é inteligente suficiente para notar que, com sua estupidez em difamar servos de Deus, cai em contradição. Afinal de contas, o Evangelho é amor. Quando você vem a público, sem conhecer uma pessoa, e age do jeito que tem agido, está condenado por suas próprias palavras e atitudes. Quem tem o Espírito de Deus, sabe que está diante de uma pessoa carnal e leviana. É isso que você é?
   Meu irmão, sou um homem de Deus. E você deveria ter pelo menos respeito ao falar tanta coisa. Como jurista, sei que poderia processá-lo por danos morais e, com isso, ia buscar até o último centavo de seu bolso pelo seu abuso. Porém, o sofrimento é por Jesus, e não vou revidar. Não vou pôr, promete-lho diante de Deus, uma só palavra na rede contra você. Basta o julgamento perfeito do Senhor entre mim e ti.
   Amigo, você tem cérebro suficiente para entender entre a visão de homem natural e a visão do Onisciente? Amigo, você acha que Jesus me diria "Venceu o pastor B", quando Ele sabe que não venceu? Você acha que Deus mentiria? Amigo, o que perguntei a Deus foi a essência, você entende? Não perguntei resultado oficial. Se você perguntasse a Deus quem venceu para ser o sucessor de Judas, será que Ele responderia "Matias", sabendo que Ele chamaria a Saulo?
   Irmão, você já esteve desenganado por 3 anos e foi curado por Jesus pessoalmente? Você é batizado com o Espírito Santo e com fogo? Você ora todos os dias? Você foge do pecado para seguir a Jesus? Você observa a Palavra? Você sabe ouvir a voz do Espírito Santo?
   Quem é você para julgar, irmão?
   Que o Senhor julgue entre mim e ti. Se profetizei da carne, venha o juízo de Deus sobre mim. Agora, se sou homem de Deus e você tem sido um instrumento de Satanás, que a mão do Senhor pese sobre ti terrivelmente, e só se retire quando você reconhecer que há um Deus no Céu.
   Em oração.
   Rui Raiol
Resposta do Leonardo ao pastor Rui Raiol:
   Caro pastor (e profeta) Rui Raiol,
   O Senhor está certo em afirmar que não me causou nenhum dano, não tendo eu nenhuma razão pessoal para revidar. Eu não tenho mesmo. Acontece que os meus artigos desmascarando a sua falsa profecia não são produto de uma motivação pessoal, e sim do zelo de Deus e da sua doutrina. Não foi contra mim que o senhor pecou quando proferiu aquela profecia apócrifa; foi contra Deus. Foi o nome do Senhor que ficou envergonhado quando o amado profetizou a vitória do pastor Samuel Câmara, e publicou a notícia em seu site no dia 16 de abril.
   Que bom seria se o prezado tivesse se arrependido da sua falsa profecia. Dizer que o resultado foi fraudado, como o senhor faz naqueles vídeos no Youtube, não melhora em nada a situação. Supõe-se que, ainda que as eleições tivessem sido fraudadas, o Onipotente saberia dizer com precisão o resultado final. Além do mais, em sua profetada, o irmão (fazendo-se passar pelo Senhor) diz claramente: “Chamei a Samuel Câmara e ninguém poderá derrubá-lo”. Que Deus é esse que fala e não cumpre?
   Ultimamente o senhor andou dizendo que o plano de Deus para a CGADB foi frustrado por culpa do pastor José Wellington. Isso é ridículo, pastor Rui! O que aconteceu com Números 23.19 que diz: “Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura, diria ele e não o faria? Ou falaria e não o confirmaria?”. Será que Deus mudou? Agora ele mente, se arrepende, fala e já não confirma? Como é fácil frustrar o plano de Deus, não é mesmo?! Não, pastor Rui: não foi Deus quem te revelou aquela profecia. Foi a sua soberba que falou naquele programa de rádio: “Quando o tal profeta falar em nome do Senhor, e tal palavra se não cumprir, nem suceder assim, esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou o tal profeta; não tenhas temor dele” (Dt 18.22).
   Com respeito às suas demais perguntas, respondo prontamente: Jamais estive desenganado pelos médicos, nem vi Jesus pessoalmente, e também não entendo qual a correlação disto com aquilo. Será que para ser um pregador do evangelho eu preciso ser ex-aidético, ex-canceroso ou ex-morto? Eu pensava que a qualificação para o ministério estava ligada à vocação, temor de Deus e o conhecimento bíblico do cidadão (risos). Errei de novo, né pastor?
   Sou batizado com o Espírito Santo apenas. O batismo com fogo como uma benção para o crente é produto de uma má exegese. Note que o fogo, em inúmeras passagens, aparece na Bíblia como símbolo do juízo de Deus [*]. Além disso, o contexto imediato de tal batismo deixa claro que o fogo é para a palha, ou seja, ímpios (Mt 3.10 e 12), e não para os servos de Deus. O batismo com fogo é o batismo com o qual serão batizados os falsos profetas que não se arrependerem de seus abomináveis presságios.
   Busco observar a Palavra, embora eu mesmo seja um transgressor dela. Não confessá-lo seria passar uma falsa aparência de santidade, e acusar a Deus de mentira (1Jo 1.10). Mas dou graças ao Senhor pela sua maravilhosa Graça, que me faz aceitável, no amado.
   Sim, pastor: Eu conheço a voz do Senhor (Jo 10.27). Tanto que posso afirmar sem medo de errar que sua profecia não vem de parte de Deus, senão da sua própria carne ensoberbecida (Dt 18.22). Segundo a bíblia, o que Deus determina, infalivelmente acontece (Is 43.13). As profecias de Deus são seguras, as dos homens são fraude.
   Finda a entrevista, deixe-me falar da sua mais nova profecia carnal:
   Pastor Rui... O senhor é um escritor de livros, um homem douto, não pega nem bem ficar invocando o juízo de Deus sobre a sua cabeça. A história de Nadabe e Abiú ficou no passado, e hoje em dia essas coisas não acontecem mais. Já pensou se isso fosse acontecer hoje em dia? O que ia ter de raio caindo na cabeça de pastor da Universal não está no gibi! Meu amigo: Deus não tem pressa em castigar ninguém; ele é longânimo e deseja o nosso arrependimento (2Pe 3.9). Embora a lei da semeadura seja uma verdade quase científica (Gl 6.7), o juízo de Deus virá sobre os ímpios no fim dos tempos (Jo 12.48). Portanto, aí vai um conselho do seu irmão e amigo: PARA COM ISSO, RUI! Ao invés de pedir juízo sobre a sua cabeça, o senhor devia pedir é perdão e misericórdia pelas coisas que anda dizendo. Todos nós erramos, pastor Rui: O senhor não foi o primeiro, nem será o último a entregar uma profetada, mas deve se arrepender enquanto é tempo.
   Pare também com essa história de dizer que eu sou servo de Satanás e de que a mão de Deus vai pesar terrivelmente sobre mim. Aliás, que gíria esdrúxula, pastor! Pense no tamanho da bobagem que o senhor está falando: Se Deus pesar a mão dele sobre mim, não vai sobrar nem o meu farelo pra contar a história. O “peso” da mão de Deus é incalculável, infinito como a sua própria essência, por assim dizer. Agora, imagine se ele decide pesar a mão TERRIVELMENTE, como o senhor faz questão de acrescentar: Não vai sobrar um só planeta no sistema solar! Será que o senhor deseja mesmo isso para mim? O senhor quer que Deus pese a mão TERRIVELMENTE sobre mim? Que pena, hein Ruizão?... Logo o senhor que falou tanto em amor, não compreendeu o que Jesus quis dizer em Mateus 5.44:
   “Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem”
  Se eu estou errado e o senhor certo, então seu dever seria: amar-me, abençoar-me, fazer o bem e orar pela minha vida. Ainda que, pelo menos da minha parte, não tenho nada contra a sua pessoa, pastor Rui, e sim contra a sua atitude. Não te tenho como inimigo, e sim como objeto das minhas orações. Mas parece que o senhor preferiu me amaldiçoar, né? Ok, vamos lá então. Pode jogar praga o quanto quiser. Ninguém pode amaldiçoar o que Deus abençoa. Simples assim... está na Bíblia, sabia? Lembra? Aquele livro de capa preta que os crentes carregam debaixo do braço? Então, tá lá.
   Concluo dizendo que, ao enviar-me este e-mail, o senhor deu mostra do tipo de cristianismo que abraçou. Não duvido que Deus tenha te usado, abençoado e curado algum dia, mas insisto que a tal profecia não é de Deus, pois não passa no crivo da Palavra. Mas fique à vontade, se quiser me processar, como ameaçou. Apenas te adianto que no momento tenho exatos 42 soles (aproximadamente 40 reais) no bolso, com os quais pretendo passar a última semana do mês. Se achar que vale à pena arrancar meu “último centavo”, vá em frente! Só acho que o senhor não vai conseguir comprar muita coisa com o que conseguir ganhar na justiça (risos).
   No mais, me despeço no amor do Senhor, e desejo que Ele te cubra com toda sorte de bênçãos, saúde, paz e prosperidade. Desejo que Deus derrame infinitas bênçãos sobre toda a sua família, e espero — sinceramente — que Deus jamais pese a mão sobre ti, e muito menos TERRIVELMENTE, pois isso equivaleria a adiantar o apocalipse! Muito pelo contrário: quero mesmo é que Deus, em sua infinita graça, lhe pague em bens, por todo mal que o senhor me desejou e vier a fazer-me.
   Em Cristo Jesus, meu Senhor e Mestre.
   Leonardo Gonçalves

   [*] - Quanto ao fogo como símbolo do juízo: Gn 19.24, Ex 9.23, Nm 3.4, Nm 11.1, Nm 16.34-35, Jó 15.34, Sl 97.3, 105.32,140.10, Is 66.16, Jr 15.4, Jl 2.3, Am 7.4, Ob 1.18, Na 1.6, Sf 3.8, Mt 3.10, 3.12, 5.22, 7.19, 13.10, 18.8-9, 25.41, Mc 9.43-48, Lc 3.9, 3.17, 9.54, 12.49, 17.29, Jo 15.6, 2Ts 1.18, Hb 10.27, 12.29, 2Pe 3.7, Jd 7, 23, Ap 8.5, 9.18, 20.9-10,20.14-15, 21.8. — Referências em HORTON, Stanley: A doutrina do Espírito Santo, CPAD.
   Eu, Teóphilo, quero apenas concluir tudo isso com uma pequena observação: pastor que amaldiçoa?? Rui Raiol… que vergonha!! Isso é o que os católicos chamariam, com razão, de “reza braba”!!
   É por essas e outras que não podemos parar de bater… sem dúvida!
   Que o Senhor nos proteja e abençoe… a TODOS, inclusive o Rui Raiol!

Categories: ,

8 comentários:

Postar um comentário

                              ATENÇÃO!

   Fico feliz por você estar desejando registrar um comentário, porém peço que (principalmente caso vá praticar qualquer tipo de retaliação), pense bem antes de fazê-lo:.

   1. A partir de 22/07/2011 restringi (no intuito de impedir mesmo) os comentários neste formato (arcaico e nativo do blogger), pois estão relacionados às postagens antigas: o assunto pode até ser atual e pertinente, mas definitivamente não está no centro das atenções do autor.

   2. Este formulário só aparece para permitir a leitura dos comentários anteriores... já leu para ver se sua dúvida não foi respondida? Tem certeza que sua pergunta é inédita e exclusiva? Se for, então pode me enviar um e-mail:
teophilonoturno@gmail.com

   3. Provavelmente o que você leu foi baseado na Bíblia ou em fatos, NÃO em opiniões pessoais (busque referências bíblicas!!!). Se você "caiu de pára-quedas" aqui não comece a metralhar sem conhecer o posicionamento do autor através de seus outros textos, pois comentários descabidos e sem fundamentação serão desconsiderados!

   4. Sem dúvida o texto não contém ofensas pessoais e muito menos palavras torpes (não escreva ofensas, palavrões, bobagens...).

   5. Muito provavelmente você vai encontrar sérias dificuldades para apagar seus comentários daqui caso algum dia venha a se arrepender de tê-los feito: meu trabalho é registrar fatos e, depois que você pressionar o botão enviar, suas próprias palavras poderão testemunhar contra você.

   Obrigado pela atenção.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails