23 de abr de 2009

Até Hoje Rebecca Me Persegue…

O TEXTO ABAIXO FOI ESCRITO SOB PERSPECTIVA ESTRITAMENTE BÍBLICA,
PARA O PÚBLICO QUE TEM NA BÍBLIA SUA REGRA DE FÉ E VIDA.

QUAISQUER OUTRAS OBRAS OU CITAÇÕES SERÃO APENAS CONSIDERADAS COMO "OBJETO A SER ANALISADO".
SE FOI EDIFICADO, COMPARTILHE!
EM QUAISQUER OUTRAS CONDIÇÕES: LEIA OBSERVAÇÕES NOS COMENTÁRIOS.
boozemanbig
   Boa tarde Excelentíssimo Senhor, meu nome é Irina e também sou ministra do Senhor Jesus Cristo.
   Sr. Teóphilo, gostaria de comentar o texto em relação ao livros da Rebeca Brown: lamento, mas não concordo com comentários acerca dos livros dela, só sei que os livros dela me ajudaram imensamente a ter mais temor ao Senhor, me ajudaram a vencer o pecado e a me santificar mais, me trouxeram mais sede da palavra de Deus, muita libertação na minha vida e da minha família e também a compaixão das vidas que precisam da salvação. Tive um grande empurrão para o evangelismo.

   Pode responder ou não, mas lembre da palavra: “ai daquele que tocar no ungido do Senhor”!
   Gostaria de de saber se já se sentou para conversar com Rebecca pessoalmente?
   Porque o senhor não descreve os seus próprios pecados e falhas? Ninguém tem o direito de julgar a ninguém!
   Obrigada por sua atenção Excelentíssimo Senhor Teóphilo. Deus abençoe a sua vida e o seu ministério.
   Atentamente, Irina
   Cara irmã Irina,
   A senhora se apresenta a mim como ministra do Senhor Jesus Cristo e, por isso, creio que devo respondê-la pelo menos na intenção de um melhor entendimento da mensagem que me enviou.
   Em primeiro lugar não sou o autor dos textos sobre Rebecca Brown, mas mesmo como mero tradutor tive meus olhos abertos em relação à teologia divulgada através dos livros dessa senhora.
   Não sei se a senhora tem origem judaica, mas eu sou um gentio brasileiro convertido pelo sangue de Jesus Cristo, ou seja, não estou submetido a lei judaica e qualquer tentativa nesse sentido seria me submeter à escravidão e, consequentemente, ao abandono da graça que obtive pelo sacrifício de Jesus Cristo na cruz do Calvário.
    Não entendi sua referência a “tocar no ungido do Senhor”, pois em primeiro lugar eu não toquei em ninguém: em todas as citações dessa frase na Bíblia as pessoas seriam espancadas ou mortas e eu não levantei minha mão ou ameacei a vida de ninguém. Da mesma forma eu sou, conforme Apocalipse 1:5-6, um ungido do Senhor… tal qual um rei ou um sacerdote do Antigo Testamento. Qualquer um que tenha verdadeiramente aceitado a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador é um ungido do Senhor… a irmã não é?
   Quanto a “sentar e conversar com Rebecca” pessoalmente, vejo que a irmã não tem compreensão que essa mulher escreveu e publicou deturpações bíblicas terríveis e não precisou sentar e conversar com ninguém para isso: simplesmente ganha rio$ para escravizar e rejudaizar aqueles que deveriam viver livres. Eu verdadeiramente não me importo com a vida privada dela, mas me incomodo profundamente com a teologia espúria que ela divulga, portanto não poderia traduzir apenas parte do material em inglês. A senhora chegou a ler na íntegra?
   Não compreendo seu interesse por meus pecados e falhas, já que meu objetivo é ser aperfeiçoado através do conhecimento da Palavra de Deus apenas… a irmã dá algum valor a pecados? O grande problema seria se eu estivesse enganando e submetendo cristãos a heresias, enganos, deturpações da Palavra… e isso não sou eu quem faz, mas a senhora Rebecca se mostra grande especialista no assunto.
   Me preocupa enormemente sua frase “ninguém tem o direito de julgar ninguém” no sentido de que eu deveria fechar meus olhos e calar minha boca sobre a podridão teológica de dona Rebecca... como pode a senhora se afirmar ministra de Cristo e não conhecer a Palavra?? Digo isto porque as recomendações bíblicas sobre julgamento são claras:
   “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça.” (João 7:24)
   “Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro?” (I Coríntios 5:9-12)
   Dessa forma, não julgo a pessoa, mas sim os atos cometidos que, no caso de dona Rebecca, são heresias e deturpações da Palavra que submetem gentios cristãos a uma rejudaízação e uma vida de escravidão a rituais, misticismo e superstição completamente desnecessários para aqueles que uma vez foram verdadeiramente libertos pelo sangue de Jesus Cristo.
   Espero que minhas palavras não sejam compreendidas como ataque, mas sim como exortação a compreensão do verdadeiro evangelho de Jesus Cristo. Ainda assim, caso a irmã deseje conhecer uma segunda opinião sobre a obra desta mulher, recomendo um estudo divulgado no site Fundamentalismo Bíblico.
   Peço que note que toda a minha resposta foi fundamentada na Palavra de Deus e espero que, caso responda, o faça com mais fundamentos bíblicos que justifiquem sua posição como ministra do evangelho e não com apenas opiniões pessoais, pois estas são qualidades que mais caracterizam os idólatras que os verdadeiros servos do Deus Altíssimo.
   Atenciosamente,

47 comentários:

Postar um comentário

                              ATENÇÃO!

   Fico feliz por você estar desejando registrar um comentário, porém peço que (principalmente caso vá praticar qualquer tipo de retaliação), pense bem antes de fazê-lo:.

   1. A partir de 22/07/2011 restringi (no intuito de impedir mesmo) os comentários neste formato (arcaico e nativo do blogger), pois estão relacionados às postagens antigas: o assunto pode até ser atual e pertinente, mas definitivamente não está no centro das atenções do autor.

   2. Este formulário só aparece para permitir a leitura dos comentários anteriores... já leu para ver se sua dúvida não foi respondida? Tem certeza que sua pergunta é inédita e exclusiva? Se for, então pode me enviar um e-mail:
teophilonoturno@gmail.com

   3. Provavelmente o que você leu foi baseado na Bíblia ou em fatos, NÃO em opiniões pessoais (busque referências bíblicas!!!). Se você "caiu de pára-quedas" aqui não comece a metralhar sem conhecer o posicionamento do autor através de seus outros textos, pois comentários descabidos e sem fundamentação serão desconsiderados!

   4. Sem dúvida o texto não contém ofensas pessoais e muito menos palavras torpes (não escreva ofensas, palavrões, bobagens...).

   5. Muito provavelmente você vai encontrar sérias dificuldades para apagar seus comentários daqui caso algum dia venha a se arrepender de tê-los feito: meu trabalho é registrar fatos e, depois que você pressionar o botão enviar, suas próprias palavras poderão testemunhar contra você.

   Obrigado pela atenção.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails